Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

ESCRAVA LÉSBICA

ESCRAVA LÉSBICA



Sou uma mulher, lésbica, solteira de 23 anos e sempre gostei de práticas SM. A seguir, relato uma das melhores fantasias que já realizei.

Em um começo de noite de uma sexta-feira, uma amiga minha me ligou dizendo que iria me pegar para jantarmos juntas na casa dela. Mais tarde ela chegou e fomos ao seu apartamento. Sentada na sala, a minha amiga (que vou chamar de Julia) foi até o quarto, quando ela voltou, para minha surpresa ela estava acompanhada com mais 3 amigas (Mariana, Laura e Amanda). Não entendi a surpresa, mas de repente a Júlia diz:

- Você vai ser a festa hoje... levante e tire a roupa.

Não entendendo nada, eu fiz que iria embora. Neste momento elas todas me pegam e já tapam minha boca com uma fita tape e colocam um capuz em mim, fazendo com que não possa ver nem falar. Me imobilizaram usando a força e acabaram me deixando nua. Neste momento fiquei com medo, sem saber o que iria acontecer. Me levaram para o quarto e me amarram na cama em forma de X. Fiquei ali, exposta, nua e indefesa. Comecei a me debater e a tentar gritar... foi em vão, logo em seguida começaram as chicotadas pelos corpo:

- Esta vendo Carol (eu), eu disse que você seria festa, agora vai pagar por isso. Disse Júlia.

Começaram a passar as mãos por mim e começaram a me chupar, chuparam meus pés, coxas, barriga, seios pescoço... fizeram uma pausa e começaram a chupar minha bucetinha, chuparam muito... neste momento eu já sentia uma mistura de medo e prazer. Colocaram um consolo na minha bucetinha e ficaram me fodendo por horas. Pararam novamente e senti um calor perto do meu rosto... em seguida senti as gotas de uma vela pingarem sobre meus seios, depois barriga, coxas e pés... tiraram a cera com as unhas me deixando toda dolorida e marcada.

- Esta na hora de virar o nosso brinquedo, disse Laura.

E assim fizeram, me viraram e colocaram uma almofada na minha barriga me deixando na posição de 4 com a bunda bastante empinada. Fiquei nervosa, pois até então meu cuzinho era virgem. Senti elas começarem a passar um gel na minha bunda. Me desesperei. Neste momento Júlia resolveu tirar o capuz e a fita.

- Tirei sua fita, mas se você incomodar terei que coloca-la novamente, disse Júlia.

- Por favor Júlia, sou virgem atrás e não gostaria que fizesse nada. Neste momento senti que não foi bom ter dito isso. Elas se olharam sentindo ainda mais prazer em penetrar pela primeira vez em um verdadeiro cuzinho... Passaram mais gel e começaram enfiando os dedos...

- Parem, por favor... faço o que quiserem, menos isso...

Em vão, para mim ficar quieta, botaram a fita na minha boca novamente e começaram a foder meu cuzinho com os dedos... em seguida veio um vibrador que entrou rasgando a minha virgindade. Comecei a chorar e ela cada vez mais forte... Elas riam muito e realmente me trataram como seu brinquedo... Depois que todas brincaram elas saíram do quarto e me deixaram lá... nua, dolorida e amarrada.... Mais tarde voltaram e disseram que agora elas queriam rir um pouco da minha humilhação. Me levaram até o corredor do prédio e me amarraram ao corrimão do corredor (totalmente nua e com a boca tapada), deixaram uma mão solta e disseram que uma cápia da chave da casa estava no outro andar que eu teria que me soltar, buscar a chave para sá depois poder entrar... Fiquei nervosa pois sabia que a qualquer momento poderia aparecer alguém no prédio... Elas fecharam a porta, ficou tudo escuro no corredor. Desesperada comecei a tentar me soltar, apás alguns minutos eu consegui, subi no outro andar para procurar a chave, mas para isso precisei acender a luz, achei em cima de um tapete e votei... Com sorte consegui entrar no apartamento antes que alguém me visse. Ao entrar todas estavam nuas sentadas no sofá.

- Muito bem Carol, você agora terá que chupar os pés de cada uma senão será castigada. E assim foi, nua pelo chão chupei os pés de uma por uma. No final disseram que teria que chupar as bucetinhas de cada uma e depois de olhos vendados teria que adivinhar cada uma. Na penúltima eu tive o azar de errar, foi aí então que veio o outro castigo...

Se você é uma mulher, escrava ou Rainha e gostou da minha histária ou quer saber o final, me escreva, estou a procura de novos relacionamentos.

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Menina q ta tezao encosta no irmao ddespistadocontos de maecontos eroticos minha tia tomando banho de solporno caseiros com negras do Busetaocontos sexo meu marido rebolou na pistolaContos tia de saia curtafilho da ola grande fudendo abuceta da eguacontos eróticos mulher vai ate afazenda trepar com capatazcontos erotico o amigo do meu marido comeu minha bundaContos gay fazendo a barbaconto meu pai sai e eu como a minha maecontos eróticos dei o troco na minha mulhercontos eróticos gay dei o cú sem quererlora baixinha de fildental cpm a buceta rasspadinhahonme infinando a rola na bumda da molecontos eroticos arrombando a gordaPutinha do papai contocontos eróticos eposa e amigovideos porno meninas da buceta inchada dando para o cachorro emgatar o no na sua buceta inchadaas duas bundinha para o macho contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crente home pelado com nome ketlyncontos eroticos de vovonegao marido de aluguel com casadas contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos rola babonaconto eonico de sexo analnoite de nupcias:conto pornoandreia baixinha tranzando e tamiriscontos de conchinha com a irmameu amigo me deu a sua esposa contoscontos eroticos glaucia cdcontos erotcos minha sogracontos verdadeiro aventura das melheres com mendigos roludosassistir porno comendo gostosa dopando mulher na casa delvideos insesto no cusinho nao engravifacontos eroticos negaocontos eroticos gays de todas as idadescontos eróticos de sobrinhas postado recentementecontos evangelica desesperada com sexoeu de shortinho socado em casa contosconto erotico gay colo tiocontos erotico dando pra nao passar fomeconto titia e eu no banhocontos traindoContos eroticos tira a camisinhacontos eróticos casada crente e o sindococontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos implando porra na bocaeu e minha mulher fudemos com nosso caseiro e suas filhas juntos contoscontos eroticos delicia de infancia com meus vizinhosfidendo uma nnda gigabte carnudasurra de chinelo contoscontos menina do papaimenina no colo do velho contos eroticocontos de rabos sendo dilaceradosconto erotico de sogro fudendo a noragozando pelo cu contos eróticosgordinho do rabao contos eróticosContos eróticos tetas gigantescontos eroticoscomendo aenpregada novinha e sua filinhacontos eroticos surubascontos eroticos chamei a policia e cvídeos pornô Santa Rita taxistacontos erotico fui concertar s torneira da vizinhadar conto heteroesposa safada. contosporno doido em cabines chupando e dando a buceta por buracos de paredescoloquei a madame pra gritar no meu pau contoscontos eroticos minha mae e uma safada e meu pai um corno liberalconto eróticos mãe p*** e baunilhatransei com meu sobrinhofui comida feito uma vadia vacabunda e chingada de puta contos eroticoscontos eroticos encontro com coroa do chatcontos sexo estorando cu de velhacontos eroticos velhos com meninasvideos de sexo selvagem com mulheres que leva palmadas chineladas na buceta e no anoschantageada e humilhada pela empregada negraconto erótico Amor proibido!!!! Amor Materno!!! contos eróticos com mulher deficienteConto xupei atraz da casacontos eroticos traindo marido ao ladoesposa fode com doze homensno colinho contos eróticoswww.contopadrinho.comcontos eroticos.os velhos meterao gostoso em mimconto meti no cu da mae e ela chupou o pau do cao aguentei o pau groso. conto