Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

O PEDREIRO ME "PEGOU" DE SAINHA ( AO SOM DO FUNK )

Sempre gostei de meninas e meninos, mas minha segunda opcão até hoje é um segredo pra quase todo mundo. Meu lado "putinha" sá aflora quando estou no meu quarto sozinho. Aí boto uma roupinha feminina e minha imaginação faz o resto... Ultimamente tenho colocado uma sainha branca rodada bem curtinha e uma blusinha e fico dançando aqueles funk's bem safados até ficar bem fogosa e sentar num pau de borracha que tenho, pensando em machos bem musculosos e pauzudos me fazendo de mulherzinha.

Dia desses meus pais sairam e eu não pensei duas vezes; tranquei as portas da casa, liguei o som, me transformei e começei a rebolar olhando pro espelho. O que eu não sabia é que eu não tava sozinha. Como parte da casa estava em reforma havia um pedreiro trabalhando em um dos cômodos. Quase morri de vergonha quando, depois de um tempo distraída, me virei e vi aquele homem me observando da porta do quarto. Fiquei muda e paralizada um tempo enquanto ele dizia bem disinibido que eu dançava muito bem e me pedia pra continuar que ele estava adorando me assistir. Claro que eu implorei pra ele não contar pra ninguém, muito menos para os meus pais, e ele então falou que não contaria desde que eu continuasse dançando enquanto ele se masturbava. Eu pensei um pouco e topei a brincadeira. Coloquei um funk que fica repetindo "vem no meu cuzinho..." e comecei a rebolar descendo e subindo de costas pro meu gato que arrancou o pauzão lindo e já duro pra fora e começou a se punhetar.

Quando a música acabou ele me puchou pra perto dele virando meu rosto e me dando um beijo na boca! Eu senti aquele corpo másculo e suado me agarrando com tesão e fiquei maluquinha. Me virei de frente e passei as mãos no seu peito definido e fui descendo até o seu brinquedão. Ele pediu sussurrando pra deixar ele gozar na minha boquinha. Rapidinho eu me ajoelhei e caí de boca no mastro. Não demorou pra ele encher minha boca com leitinho quente e eu engulir tudinho como uma boa menina.

Aí foi ele quem se ajoelhou e meteu a língua no meu rabinho que eu arrebitava - toda, toda. Em seguida ele foi pra minha cama e pediu pra eu sentar naquela picona. Eu coloquei uma camisinha nele e lubrifiquei um pouquinho mais com um condicionador pra cabelos. Fui me sentando devagar até sentir as bolas na minha bunda. Enguli tudinho com meu cu guloso! Então começei a rebolar no colo dele e gemer feito piranha no cio. Tudo isso ao som dos funks mais depravados que existem. Claro que a gente meteu nas mais variadas posições e ele encheu meu rabo e minha carinha de porra várias vezes naquela tarde. Quanta energia!

A obra demorou mais alguns dias e sempre que estávamos sozinhos eu trancava o portão, botava uma roupinha e ia "conversar" com meu pedreiro favorito, sempre sem camisa, suado e muito dedicado a reformar a casa e transformar o filho do patrão na putinha funkeira mais safada do mundo!



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


morena cabelos pretos seios durunhos e aureulas escuras deliciacontos pornos fudendo mamae irmasFábio chupou o pau de Sáviocontos eroticos incesto vovôcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentese eu deixar no seu sobrinho como é lá dentro da piscina e gozar na sua caracontos erótico participei da tranza quando minha prima perdeu o selinho com me namoradovoyeur de esposa conto eroticozueiras mais gostosas e fogosas da bunda grande e pernas grossascontos eroticos de incesto: viajando com a mamae popozudacontos er apaga a luzcontos eroticos casada estuprada na frente do maridosendo possuida pelo servente do colegio parte 1!!!contos eroticosContos herotico de lesbica entre mãe e filhinhascontos porno de incesto real pai filha e mae juntoscontos eróticos de vizinhas negras virgem e homes negrosconto evangelica.cabacinhodando pro genro. contos eróticoscontos de inxesto como o meu marido não me notava então eu fiquei dando mole para o meu irmão para ver o que ia acontecerporno com tio acorda subrimha pra fufet com elede conchinha sem calcinha (contos)Conto meu marido me devorou na madrugadadoutor esporreando muito no travedticonto minha mae chupando meu pau com meu pai ao ladocontos de mecânicos casadosComtos casadas fodidas na rua por camionistasconto enteando querendo da para o padrastoconto porno eu meu marido minha filha e o mendigoboquete gozada boca amiga contoscontos eróticos sadomasoquismo exttemocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteAmanda transando no carnavalcontos eróticos vc me acha bonitacontos eróticos meu sonho e da pro meu sobrinhocontos erotico o amigo do meu marido comeu minha bundacontos eróticos novinhaviajando com a sogra conto eroticoContos eroticos com foto eu era novinha nao tinha nem peitinho e meu padrasto tirou a virgindade da minha bucetinha e do meu cuzinhoContos eroticos comendo a policialContos mae anda nua na frente de amigos do marido e filhoslesbica conto professora fisicadiana sentindo pica pela primeira vezContos eroticos eu e minha familiacoroa dona de banca em teresina dando bucetaContos erodicos comi o cu de meu sogro corno vestido de mulherconto erotico de velhas chupando picas denegros dotadoscontos de homem que comeu a sogra e a esposaconto erotico gay no nordesteComtosrelatosreaisminha mulher já deu pra todo mundo contoszoofilia gay extraordinárias bizarroszofilia homem fodendo forte acadela ela chora sentido dorcomtos de incesto com subrinha na caxuera no carrotanguinha suja contos eroticoscontos eroticos sou a puta dos meus primos piçudosconto lesbico tia iniciando a sobrinhae Deus que cavalo inteiro transando ai ele tem pinando amolecer botar a mão na orelha Ela empinacontos eróticos o pai da minha amigaconto erotico gordacontos sentando no colo novelacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico de tanto eu insistir em engravidei a minha professora eu era um meninocontos eróticos esposa acampou com amigasminha filha com calcinha fio dental ve contosmulher gritando pulando no pau grande pedindo maisa esposa cavala do meu sobrinho conto erticosconto lesbico tia iniciando a sobrinhacontosputinhaspapai me comeu contos eróticossex da negahjcontos de mulher transando com negão p******contos-gays sou gay e fui arrombado pelo pauzao grosso e grande do meu patraocontos pediu uma massagem e acabei comendoengravidou a minha namorada contos eróticosfodido pelo pegador do bairro conto gaycojtos erotigos com fotos apimentantes isso me deica chupar sua buceta e rebola na minha caracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eróticos, ai tio, goza na minha mãoguarda noturno maduro conto gaygozando pelo cu contos eróticoscontos erotico vo netinhascontos de chorei com a pica grande do meu vizinhovidios novinhas dos mamilps diros pontudoscomi uma uma egua novinha contof***** contos eróticoswww.contos eroticos policiais.com.brconto erodico gay usando ropa de menina curtinha com o mendigoContos eroticos minhas irmas e minha mae fizeram um gang bang com muitos negoes no sitiodei o cu pra varios homens