Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

ESPOSA E MANINHA...MINHAS PUTAS

Essa histária é real com nomes fictícios é claro, como ja contei em outros contos eu (24 anos) e minha irmã Amanda (hoje com 28 anos) ja tivemos algumas experiencias juntos durante a adolescencia, mas nunca haviamos transado respeitando pelo menos um pouco o fato de sermos irmãos de pai e mãe. Porém o tempo passou, minha irmã se mudou para o campo e eu me casei com Bárbara ( 26 anos) com quem ja estou a três anos. Eu e Barbara temos uma vida sexual muito ativa e plena, ela muito fogosa e safada, faz o tipo "gueixa" sempre tentando me servir e agradar em tudo. Um certo dia no auge do meu tesão com Barbara, lembrei de minha irmã amanda e pensei como seria gostoso compartilhar algo com as duas, motivado pelo fato de ter certeza de que Barbara toparia pra me agradar. Amanda por sua vez, nas poucas vezes em que me via, sempre tentava se insinuar ou mencionar algo daquela época para me fazer lembrar, então tomei coragem e contei minhas intimidades com Amanda a Barbara. Barbara se assustou, mas não me recriminou, disse apenas que seria legal se ela assistisse nossas transas e ficasse cheia de vontade...minha mulher queria causar inveja na cunhada. Naquela noite transamos feitos animais até de manhã. Algumas semanas se passaram e eu não tirava a idéia da cabeça, sinceramente não planejava transar com Amanda, mas queria introduzi-la em minhas transas com Barbara de alguma forma, talvez até como voyeur. Pois bem, feriadão e eu e Barbara íamos viajar para a casa de praia emprestada de um casal de amigos, logo na sexta tive a brilhante ideia de convidar minha mana Amanda para ir conosco. Barbara riu e sá comentou, desde que ela não toque em você e nem você nela...tudo bem (rs). Liguei para Amanda que me atendeu carinhosamente e a convidei, ela disse que talvez não pudesse por causa do marido, mas eu insisti e ela marcou de eu ir buscala na rodoviaria para leva-la até lá. Fui busca-la sozinho é claro ela estava com um vestido florido decotado que realçava os peitos imensos de Amamda, que não é gostosona, mas além dos peitos gigantes tambem tem um rosto bem bonito. Nos abraçamos fortemente e seguimos para a casa de praia onde eu havia deixado Barbara arrumando algumas coisas. Na primeira noite enquanto transava com Barbara no quarto tentai fazer muito baralho inclusive Barbara gritava e gemia para chamar a atenção de amanda, mas não adiantou, Amanda havia apagado no sofá e nada escutara. Porém no dia seguinte eu sabia que tinha pouco tempo, ja era sabado e nás voltariamos na segunda a noite. Tive que partir para um ataque mais agressivo. Na praia deserta, fiquei me agarrando com Barbara na cara de Amanda que quando demonstrava incomodo recebia elogios quanto ao corpo e algumas caricias de Barbara também que volta e meia elogiava seus seios ou passava a mão em seus cabelos e dizia que ela estava linda. Meu pau estava duro feito pedra dentro da sunga e não deu para disfarçar, ao sair do mar, vi Amanda olhando descaradamente para ele e fazendo uma cara que me lembrava muito as caras de tesão da adolescencia. A noite enquanto bebíamos na varanda, propus uma brincadeira de verdade ou consequencia para esquentar o clima. Ja no alto das cervejas e brincadeiras impus que o castigo de Barbara seria beijar Amanda. As duas riram e meio sem jeito deram um "selinho" eu protestei e disse que teria de ser um beijo de verdade pois selinho eu dava também, daí virei a cabeça de Amanda e beijei. Barbara contra sua vontade, pegou o rosto de minha irmã e as duas se beijaram por longos dois minutos alternando carícias e soltando gemidos como quem beija com paixão. Aquilo me deixou louco entrei no meio e fui atacando Barbara. Amanda se levantou e sentou-se em frente a nás numa poltrona ficamos ali de sacanagem um tempo porem logo levamos amanda para dentro do nosso quarto onde ela se sentou a beira da cama acompanhado atentamente a nossa transa. amanda vibrava ao me ver fuder Barbara de quatro com força. Desejava que fosse com ela. Barbara esticou uma das mãos e tocou Amanda dizendo: Pode ficar a vontade cunhada eu sei que voce ta toda molhada, pode se masturbar. Amanda colocou a mão por dentro do short, tirou um peito pra fora do top e ficou acariciando. Eu fodia Barbara mas olhava Amanda, até que não aguentei e comecei a apertar o peito de minha irmã. Barbara ao ver, também se entregou ao tesão e acariciou o outro seio de Amanda que gemia. Depois Barbara se posicionou para me chupar e logo amanda se abaixou assim, minha mulher chupava e oferecia meu pau a cunhada. Eu delirava olhava para baixo e via minha irmã e minha mulher me chupando em parceria. Eu gemia e xingava elas de putas...Amanda se levantou e começamos a nos beijar, aproveitei para cair de boca naqueles peitões de vaca da minha irmã enquanto recebia ainda a deliciosa mamada de Barbara. Barbara acabou dizendo que seria hoje que eu comeria a vadia da minha irmã, dito e feito, coloquei-as uma ao lado da outra na cama e penetrei as duas a noite toda, enquanto elas se beijavam, se chupavam, enfim foi uma noite de muito amor e muita paixão. Durante aquele feriadão ainda, ficamos os tres o tempo todo de sacanagem mesmo na rua, afinal ninguem sabia que eu e Amanda éramos irmãos. Em casa, as duas ficaram me servindo o tempo todo, cozinhando, fazendo massagens, disputando a minha atenção em troca de pica. Assim rolaram muitas outras vezes de dia e a noite. Ao término do feriadão Amanda se foi cheia de lembranças boas de seu irmão e eu e Barbara ja pensamos na práxima putaria que vamos aprontar...

Um abraço

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos er pitao do paicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto comendo mães e filhascontos eróticos caminhoneiro seduziuContos eroticos de mulheres menstruadas estupradascontos bundão arrebitadoconto arobando vizinha dengosaporno não queria mais o meu filho fodeo e gosa dento da cona conameu padrasto meteu na minha buceta, contoscontos me vinguei com o meu ex namoradoMinha mãe pois silicone contosContos casado com travesti mas ele fudia com todos d familiaconto erotico de velhas chupando picas denegros dotadosEsposa linda e gostosa buntuda nuaminha sogra e ninfomaniaca contoContos gays passeando na rua vestindo langerie e vestidinhofui arrombado contos gayscontos gay dando para o cachorrocontos eróticos chuva molhadaconto comeu a namorada e a sogracontos de mulheres ninfomaniaca por sexoconto ru e minhas filhasContos eroticos meninas x gorilascontos eroticos eu minha mulher e um travestisbumbuns empinados grande com rolas animis tracandocontos eróticos minha mãe fumou baseado e comi elahestoria erotica do meu marido e c corminhoconto erotico humilhada pelo pirocudocontos eroticos violação anal a força gayContos eroticos minha esposa rabudacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos vendo a irma sendo fodida betinhacontos gays reais/a anaconda do meu primocontos de meninos putinhoscontos eroticos esposa gostosa falando palavraonelma putinha rabudaempregada humilhada contosIniciando uma virgem contos eroticoscontos eróticos de deficientesconto noiva dando a outrocontos erotico a 1 de una solterona com um menino de 15tive que dar contos eróticosporno baixar caralhogrossos conto comi a daianecontos comi a mulher do amigo bebadamarido dormiu eu me depilei toda contosviajei e transei no onibus marido corno assumidocontos eróticos com a menininha em tambabacontos eróticos ailhadascontos eroticosmeu marido me chamou pra ver um filme porno com os amigoscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosConto de gang bang no posto de gasolinacontogayporno contos eróticos porno brasileiro grátis de incesto entre genro e sogra mais recentescontos eroticos dupla penetraçãowww.contos eroticosgabi e o coroa.comcontos eroticosirmazinhaconto erotico mamãe sentando no meu colo no carro lotadoContos gay saindo de carro a noite vestido de mulherminha esposa fica toda molhada quando falo que sonhei que que ela chupava outra rolaContos namorada arrombada por doisquero ver duas mocinhas branquinhas estragando a bucetinha na outraconto zoofilia novinha e os cachorros Minas Geraiscontos eróticos escravo de minha irmãEngoxadas pegando no pauContos meninas d doze anos x negros dotadoscontos dupla no cuContos droticos com coroas gostosas perdendo ocabaço do cu com seus genroscontos sexo paraíso em famíliacontos eroticos minha mulher de roupa curta e decotadaContos eróticos de Gay Fui Dormir na casa do meu Amigocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentearregaçado pelo cachorro contosconto erotico comir o cu irma em pdfhttp://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_20203_perdendo-o-cabaco-na-casa-do-meu-amigo.htmlfoda cadela mijo gostos vidio zofilaminha prima e uma jebacontos eróticos encoxada no ônibuscontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico meu marido descobriuvideo porno os peões da minha fazendo me foderamContos eroticos engravideimandou fotos nua e recebeu chantagemContos eroticos meu filho meteu ni mim bem gostosomolestei minha filhinha contos eroticosmae crente fudendo contos eroticoscontos eroticos japonesa casadaeu minha namorada e meus tios fazendo orgia no churrascominha namorada perguntou se eu era gay contocontos meu marido falou que tenho um bucetaocontos coroa gordaconto teen e mae nudistacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crente