Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

ADORO QUANDO ANA REBOLA NO MEU PAU

Olá, meu nome é Augusto, moro em SP, tenho 1,84 de altura, 75kg, moreno, cabelo bom, e bem atlético, 21,5cm.







eu namorava na epoca do ocorrido mas sempre tinha umas recaídas.







um dia, conheci uma garota, que vou chamá-la de Ana, loira, bem alta, linda, seios na medida, e o principal: um bumbum mais empinado da cidade.







Quando a conheci, ela me veio dizendo q ja me conhecia mas eu nao sabia. que ela me conhecia desde novo, quando brincavamos juntos, mas eu nao me lembrava. sei que eu e muitos amigos cobiçavamos ela, pois eh a maior delicia da cidade. e papo vai papo vem, começamos a conversar, e ela foi ficando fluentemente alegre e feliz, e entao fui atropelando a conversa com palavras mais quentes e excitantes. foi sá, e fomos embora.







no mesmo dia a noite, conversamos pela internet, e ai sim falei muito mais do q teria coragem naquele primeiro momento, e nao sei como, ela descobriu que, pra me deixar louco, basta me chupar e rebolar no meu pau.







ela começou a aceitar o q eu dizia, entao chamei-a para sair, numa terça-feira a noite. Foi ai que tudo começou.







Peguei-a, e fomos de carro andando pelas ruas, conversando até que paramos e nos beijamos. so que a coisa foi esquentando.. cada vez mais.. até que decidimos ir ao motel.. Lembro que ela me disse q estava menstruada, e eu disse q nao importava pois era mais gostoso. quando eu menos esperei, ela tirou parte de sua roupa, e ficou so de cinta liga, vermelha, delicioosa com aquele bumbum maravilhoso.







ela disse: AGora meu cachorro, vc vai ficar quietinho e deixa q eu coloco vc do meu jeito. Assim ela me deitou na cama, ja sem camisa, somente de calça, ficou de 4 em cima de mim e começou a me lamber..







foi tirando meu cinto, bem devagar, mordendo-me enquanto abaixava iminha calça... hmmmmmm.. até que so de cueca, ela se levantou e começou a fazer um stripp com aquela cinta..







eu delirei.. meu pau latejava de tão duro... quase gosei so de ver.. ate que então, ela tirou 2 tiras de pano e 2 algemas, que eu nao sabia q estavam na bolsa dela, pois se soubesse, nunca deixaria ela colocar aqui, mas de tanto tesao, ela me algemou com minhas maos nos lados da cama, e os pes também com as tiras, quando ela somente abaixou minha cueca



e começou....











lambia como nunca... chupava meu saco, ate meu cuzinho ela lambeu.. de repente ela começou a me bater, e me chupar... e eu fiquei doido.. quando ela viu q eu tava quase gozando, ela parou....







tirou a calcinha q so lhe restava no corpo, e começou a esfregar aquela xana na minha cara, no meu nariz, bem forte, quase me deixando sem ar.. e eu lambend todo aquele melado, ate q ficou de costas e fizemos um 69.







quando menos esperava, ela ficou de costas, colocou meu pau na entadinha de sua buceta e começou a rebolar... ahhhhhhh foi explendido, ela subia e descia vagarozamente depois bem rápido, e eu delirava... ahh... ate que gozei, ela saiu e chupou tudo... depois disso ela me desamarrou e prontamente, já estava todo duro de novo, corri, joguei-a de lado, e comecei a descontar tudo, catracando bem forte em sua bucetinha, que ja estava toda molhada... foi delicioso.. ela so sabia me chamar de cachorro gostoso, e pedia pra eu gozar no fundo de sua bucetinha...







ahh, fiz como pedido, depois disso tomamos um bom banho para tirar o sangue de sua menstruação do corpo, e voltamos..







temos mais relatos, este foi o primeiro..

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Me arrumei para meter com.outro e o corno sabendocoroa mulata conto eróticoo lubrificante feminino é melado e pegajosoContos eroticos de estrupocontos eróticos comi so o cu da aluna do vôleisou branca e sempre quis da aum mulato mas sou casada contos contos meu primo novinho foi dormir comigo e eu comi o cu delecontos eroticos congresso medicocasadas video fletixe enteado cunhadocontos eroticos do R.G.do Sulcontos pornos mae e irmaEnsinando a maninha a foder contos eroticoscontos eroticos eu aluguei minha mulhercontos lesbicos visita ao ginecologistaContos mulher coloca silicone no peito e marido vira cornotravesti dotadu no rncontoseroticosobrinhanovinhacontos eroticos dando pro camioneirocontos de cunhadas tesudasConto enteada nao aguentou tudocontos eróticos brincadeira do leitegostosa fas enema profundoproctologista me comeu gaymeu lobo gostosocontos eróticos de minha esposa bêbadabunda grandíssima contos eroticos de homens que vestem as calcinhas das esposas e saem com travesticontos eróticos quando tentou por a cabeça senti que não ia cabercontos eroticos minha mae e uma safada e meu pai um corno liberalcontos eroticos arrombando a gordacontos pornos fudendo mamae irmascontos reais eroticos na formatura casaiscontos eroticos esposa em uma orgiagozei gozou dentro dormia contoscontos lesbic de patroas seduz secretaria para um transa lesbdesfilado de calcinha por dinhero contos eroticoteta gostosa contos eroticoscontos eroticos arrombando a gordacontos centadas no colo do titio no incestopono gay. de homens taxetacontos eroticos pai mae e ucontos eróticos leite incestocontos de hetero casado a bichinha assumudapornô com cavalos mangalarga fazendo com mulheres no cavaletecontos eroticos de pais esposa e filhas em praia de floripameu padrasto meteu na minha buceta, contosconto com teens fudrndo as duas sobrinhas de dez e doze anosconto erotico sou uma coroa gosto de novinhopai gosano dentro da eintiada. ela gritacontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos minha esposa trouxe sua sobrinha para morar com a genteconto inseto mamãe eu quero te estuprar analquero ver menininho dançando com shortinho dando molecontos sexo dividindo o casamento e a camacontos eroticos fui comida feito puta e chingada de vadia pelo meu chefecomendo minha irmazinhano escuro.com/videoconto esposa se transforma na casa de swingcontos comiminha primaconto o cachorro me comeu no celeiro da vovóeu confesso encoxeicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos gay pau com paucontos eroticos depois de muito tempo dei pro sobrinhoeu confesso incestoContos eroticos estupro selvagem mae e esposapono doido minha tia e muito acabei comendo ela na cama areganhadaver travesti de shortinho bem curtinho e bem dotadacontos eroticos arrombando a gordaconto meus priminhos chantagistastias envangelica dando a buceta ao sobrinho em historia realevy kethyn istinto ativoConto gay papai bebadoContos eroticos cu da negra madantacontos minha tia viuva sua amiguinha