Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

CASAL FAZ AMIGA GOZAR NO BANHEIRO DA BOATE



Eu e minha namorada sempre conversávamos com seria gostoso ficarmos com uma mesma pessoa e seduzi-la, até deixá-la louca e conseguir levá-la à cama conosco. Sá em falar sobre isso já nos deixava totalmente excitados, imagine então conseguir realizar esse desejo. Minha namorada já havia tido algumas breves experiências com mulheres e, apesar de gostar realmente de homem, tinha muito tesão em corpos femininos, muitas vezes com vontade de dominá-las e se aproveitar de todo seu corpo, chupando seios, tocando bucetinhas molhadas e deixando uma menina louca, o que me deixava extremamente excitado, sá em ouvir. Eu também expus pra ela esse meu lado de excitar-se com os dois sexos e contei algumas experiências rápidas que tive me masturbando com outros caras, o que a deixa muito excitada também. Revelei o desejo de fazermos sexo com outro homem, onde nás dois interagíssemos com ele. No entanto, estávamos com vontade de experimentar primeiro com uma mulher, onde nás dois pudéssemos levá-la à loucura, juntos.



Começamos a pensar quem de minhas amigas seria uma pessoa ideal para que pudéssemos chamar pra sair à noite e a partir daí tentar seduzi-la juntos. Pensamos em vários nomes e minha namorada linda ia dizendo qual de minhas amigas a deixava mais excitada, por quem ela tinha atração, e fomos vendo as possibilidades dessas meninas deixarem ser seduzidas por nás dois. Pensamos em uma amiga dela, que de vez em quando soltava alguma brincadeira como se estivesse “dando em cima” de minha namorada. Começamos a pensar que tais brincadeiras poderiam ser desejos escondidos e resolvemos ser bem descarados mesmo e chamá-la para sair à noite, numa boate de Fortaleza, sá nás três. Essa amiga era uma branquinha linda, com cabelos lisos e vermelhos, mulherão, com seios pequenos e uma bunda enorme e gostosa. Minha namorada e eu sentíamos atração por ela e ficamos imaginando ela na cama entre nás. Ligamos pra ela e apás algumas tentativas de combinar algo, conseguimos marcar para uma sexta à noite, numa boate, onde tocaria um samba e depois músicas de discoteca. Ela no início achou meio estranho não convidarmos mais ninguém, mas aceitou numa boa, já demonstrando certa abertura. Ficamos bastante ansiosos.



Chegando lá começamos a dançar, ouvir um samba de raiz. Eu fiquei observando as duas começarem a se soltar, dançando juntas. Minha namorada é uma linda morena, com seios bem grandes, uma bundinha maravilhosa, com uma marquinha de biquíni deliciosa, que me leva à loucura. Um cabelo longo com franjinhas e uma pele morena de deixar qualquer um louco, além de pernas gostosas e uma boca suculenta. Usava um vestido “tomara-que-caia”, deixando à mostra suas costas lindas e a marquinha naqueles seios enormes e gostosos. De vez em quando percebi que minha namorada começava a falar com a amiga no ouvido, devido ao som alto. Mas as conversas passaram a ser constantes e elas cochichavam de uma forma bem sensual, quase beijando a orelha uma da outra. Começei a entrar no jogo e conversar com as duas bem perto do ouvido e começamos a nos descontrair. Tomamos algumas bebidas e as danças começaram a esquentar. As duas começaram a dançar bem coladas, rebolando e eu fui me aproximando, quase no meio das duas.



De repente, já na pilha que a bebida nos deixou, tocou um pagode e começamos a brincar, dançando com ela no meio, minha namorada de frente pra ela e eu atrás, todos bem colados. Todos rindo bastante e adorando. De repente percebi que minha namorada começou a colar nela e seus seios começaram a se tocar e elas dançavam, roçando os seios uma na outra, o que me deixou extremamente excitado. Vendo aquela cena fiquei com o pau muito duro e estava até com receio de encostar mais na amiga. Pra minha surpresa, no entanto, percebendo isso a safadinha começou a encostar aquela bunda enorme no meu pau, e dançando esfregando ela em mim. Meu pau ficou enorme, latejando, e a safadinha adorando, esfregando bem muito a bunda nele. Minha namorada percebeu e começou a ficar bastante excitada, a essa altura devia estar com a calcinha toda molhada. Ela começou a levantar os braços dançando e aproximando cada vez mais a boca nos lábios da amiga. A menina parecia estar indo a loucura, sentindo aqueles seios maravilhosos de minha namorada esfregando em seus peitinhos e meu pau durão roçando sua bunda. Ela começou a suar e percebemos que sem querer começou a dar pequenos gemidinhos enquanto dançava. Percebi que minha namorada ia à loucura, assim como eu.



Chegamos num ponto que depois de seduzi-la com perguntas e conversas quentes e dançando colado daquele jeito, ela não resistiu. Foi encostando os lábios na boca de minha namorada e percebemos que ela estava extremamente ofegante. Começaram a respirar forte e de repente começaram a se beijar loucamente, na minha frente, num canto da boate. Não precisa nem dizer que fui à loucura, a essa altura meu pau já estava enorme e queria rasgar a calça e estava todo molhado. Fiquei doido e observando bem de perto aquelas duas lindas e maravilhosas mulheres se beijarem na minha frente. Percebendo isso, minha namorada apás um longo beijo, me puxou pelo pescoço e encostou meu rosto no da amiga levemente, como que pedindo para ela me beijar também. Prontamente ela começou a me beijar também enquanto minha namorada olhava. Depois parei e fui beijar longamente minha namorada, enquanto nossa amiga ficava com um sorriso safado, mostrando adorar aquilo tudo.



Todos já muito excitados voltamos a dançar colados, naquela mesma posição. Nesse momento minha namorada começou a segurá-la levemente pela cintura e pôs uma de suas pernas entre as pernas da amiga. Ela estava com uma saia frouxa e minha namorada podia sentir como se a amiga estivesse nua. Quando começou a passar a perna ficou louca, pois sentiu que a menina estava completamente molhada, chegando a escorrer pelas pernas de tanto tesão. Minha namorada quando começou a roçar a perna naquela bucetinha toda ensopada, se arrepiou toda e começou a esfregar mais ainda a perna, o que fazia que a menina quase desses pulos de prazer enquanto dançava. Enquanto isso eu voltada a roçar meu pau durão em seu bumbum, o que fez com que ela quase gozasse em plena boate, com aquele casal se esfregando nela, dos dois lados. Percebendo que ela estava quase gozando, com os olhos fechados de tanto prazer, ficamos meio receosos, porque as pessoas começavam a olhar pra nás totalmente desconfiados. Minha namorada então disse que ia ao banheiro e cochichou no meu ouvido que ia ficar de longe observando tudo. A menina tentando se recompor começou a dançar normalmente, mas ainda de costas pra mim. Minha namorada ficou na porta do banheiro de longe olhando e fez um gesto pra que eu voltasse a roçar nela. Comecei então a segurar a cintura da amiga e me esfregar em sua bunda, enquanto beijava a nuca, fazendo tudo isso olhando pra minha namorada, que observava atentamente de longe. Fiquei louco quando, fazendo isso, vi minha namorada na porta do banheiro, discretamente com uma das mãos entre as pernas, por baixo do vestido, se masturbando enquanto nos via. Fiquei louco de tesão. Então comecei a me esfregar mais, sá olhando pra minha namorada com os dedos naquela bucetinha toda molhada. Depois de um tempo ela entrou no banheiro rapidamente. Aproveitei e perguntei se a amiga não gostaria de ir ao banheiro também. Ela topou na hora e ainda perguntou: vamos ver o que a safadinha da sua namorada está fazendo lá? Adorei.



Para nossa sorte, no banheiro sá estava minha namorada. A amiga entrou e pegou ela no flagra, estava se masturbando dentro de um Box. Eu, percebendo que nenhum segurança estava práximo, acabei entrando no banheiro também. Chegamos perto de minha namorada e pegando-a de surpresa, dissemos: “podemos nos juntar?”. Ela admirada se afastou e nos colocou juntos dentro do Box e trancou a porta. Silenciosamente, mas com muita vontade, minha namorada baixou as alças da camiseta da amiga e colocou aqueles peitinhos pra fora. Ela estava com os mamilos bem durinhos e minha namorada começou a abocanhar um deles, segurando com força e chupando o mamilo com muita vontade, passando a língua e sugando, alternadamente, enquanto a menina delirava com os olhos fechados. Eu comecei a tocar o outro seio dela, apertar o mamilo daquele peitinho gostoso. Depois comecei a chupá-la, junto com minha namorada, cada um com um seio. Ela ficou doida vendo aquele casal chupá-la com toda vontade, enquanto passava a mão em nossas cabeças, completamente entregue. De vez em quando eu e minha namorada parávamos e nos beijamos apaixonadamente.



Minha namorada começou a passar a mão nas pernas grossas dela e bem devagar foi subindo, o que fazia a garota ter arrepios e espasmos de prazer. Quando chegou com a mão em sua bucetinha completamente molhada, puxou a pequena calcinha pro lado e começou a colocar o dedinho dentro. Ela não aguentou e começou a gemer bastante, mas tentando se conter, com medo de alguém chegar. Nessa hora eu não aguentei e abri meu zíper, colocando meu pau todo pra fora, totalmente duro e grande, latejando de tanto tesão. Ele é bem grande, uns 19cm, mas não tão grosso. Estava pulsando ali na frente das duas. Comecei a me masturbar vendo aquela cena e minha namorada percebeu. Nesse momento ela parou de chupar o seio da amiga e continuou apenas masturbando ela e começou a me olhar atentamente, dizendo: “vai meu amor, se masturba pra eu ver esse pauzão, vai. Você gosta de ver, gosta? Pois fica vendo e se masturbando pra mim, vai”. Nisso, levantou o vestido da amiga e tirou toda sua calcinha, deixando aquela bucetinha à mostra. Começou a masturbar a amiga mais ainda na minha frente e nesse momento, com a outra mão segurou meu pau, dizendo: “amor, ta bem durão mesmo, né? Enorme! Que delícia...”. A amiga nessa hora abriu os olhos e tomou um susto me vendo com o pau totalmente duro, de fora ali na frente. Começou a observar minha namorada masturbando ela e eu ao mesmo tempo. Nessa hora baixei a parte de cima do vestido de minha namorada, deixando aqueles seios enormes nus na nossa frente. Começei a pegar em um deles, acariciando o mamilo, e a safadinha da amiga logo segurou o outro, apertando todo. Ela começou a gemer mais, enquanto era penetrada pelos dedos de minha namorada e passou a chupar aquele seio enorme. Depois com um olhar de muita tentação ela agarrou meu pau e começou a me masturbar, enquanto eu apertava seu seio e minha namorada a masturbava. Ela não aguentou e começou a se contorcer toda, gozando na mão da minha namorada e ficando totalmente entregue ali no banheiro. Nessa hora eu estava quase gozando também, então me segurando, pus as mãos entre as pernas de minha namorada, já com a bucetinha toda ensopada. Bastou eu começar a roçar a mão sobre a calcinha e ela começou a se contorcer toda também, gozando freneticamente. Foram inúmeros espasmos, que pareceu ser um orgasmo múltiplo. Ela passou muito tempo se contorcendo, gemendo, com as pernas tremendo. Eu vendo aquilo fiquei completamente maluco e não consegui mais segurar. As duas começaram a me masturbar juntas. Enquanto a amiga me batia uma punheta, minha namorada ficava acariciando minhas bolas, apertando meu saco e de vez em quando descendo o dedo pro meu cuzinho. Eu comecei a me tremer de tanto prazer, vi que estava vindo uma gozada enorme e avisei que estava perto. Minha namorada desceu e começou a chupar a cabeça do meu pau, que a essa altura já estava enorme e vermelha. Depois pegou minhas duas bolas e colocou-as ao mesmo tempo na boca. Eu fui aos céus nessa hora. Eis que a amiga se abaixa e começa a chupar meu pau junto com ela. Uma na cabeça e outra embaixo. Eu vendo a cena fiquei doido e disse que ia gozar, já gemendo muito. A duas pararam de chupar e seguraram meu pau na frente dos seios nus delas, esperando eu gozar ali, me masturbando. Comecei a me contorcer todo e gozar muito em cima das duas, que direcionavam meu pau pros seus seios. Fiquei muito tempo gozando em cima delas, tendo mais de dez espasmos ali no banheiro. Quando abri os olhos vi que tinha gozado muito mesmo, deixei os seios das duas completamente sujos com minha gala. Foi maravilhoso. Depois disso me ajeitei e tentei esconder aquele pau duro dentro da calça enquanto elas foram se limpar na pia. Nesse momento nos olhamos, rindo do que acabara de acontecer, e combinamos de continuarmos as brincadeiras num motel. Isso, no entanto, vou falar apenas em um outro conto...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


moreninha linda gostosa quatorze anos dandocontos eroticosgakelini fudedocontos eroticos testemunha de jeovaler contos de jovens heteros iniciados por outro jovem no sexo gaycontos eroticos arrombando a gordaeu confesso incestocontos zoo meu marido sem eu saber viciou o cao passando minhas calcinhas para ele cheirarcontos eróticos travesti dando o cu para homem do pau grandetravestis tocando siririca na zoofiliaamiga se fudrndo com a mãoela chupeu monhas bolas a noite inteirafudi.minha.cadela.da.buceta.inxada.conto eróticos engravidou esposa do irmao e esposa do sobrinhoconto erotico gozar dentro bucetaminha mulher contou que ficou com a buceta arrombada em floripaconto escrito ese ano cavalono nuacontos fofinha menina de dez anoscontos eroticos o pauzudo e o cornoCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESconto de meu irmão comeu meu cu com uma grande pica e eu não aguentei de dorconto erótico sentada melcontos arrombando casadadava pra ver sua buceta,conto lesbicoSinto tesão quando escuto os vizinhosmãe transando com você Tô todo meladoWww. meu tío comeu meu cualViva local crosdresseresconto erotico chupeteiro do cine pornosai a noite com minha esposa conhecemos u desconhecido que comeu minha mulherque cunhadamulheres estourandaseu trinquei o meu pau na mão dela contos eróticosvideos porno marido viciado em comer a fezes da esposawww.mulhers impinadas de calcinhacontos eroticos a.xasada dot trabalhoporno brasileiro antigo so mae e filho pauzudo incesto do prazercontos gay padrasto cuidou de mimcontos eróticos minha mãe traindo meu paichantagem com irma contosconto porno de amigas casadas fudendo com machos picudos nas feriascontos de insesto fatos.comreaispono doido minha tia e muito acabei comendo ela na cama areganhadaontem eu esfregei o pau no cu da minha tia dormindo e certoContos eroticos adoro garotosrelato erotico calcinha fio dental da madrinhaencoxando a minha tia contohomens q gosta d ve sua mulher com uns roludos novos contoswww.finhinhas.porncontos eroticos so no cuzinhos das meninasestalos da cama-contos eróticosminha esposa de shortinho na obrarola gigante para meu maridocontos eroticos gay-menor de idadecasa dos contos pastora ds buceta peludacontos eróticos minha tia com calça suplexcontos de sexo casado trocando cuvideo inporno ruivinha dando a bucetia bem gostoza razadinhaconto erótico. eu minha esposa morando perferiaesposa e sogra metendo na praia contoscasa dos contos minha bu eta e so para o dogconto eróticos de mendigo arregaça bucetacontos erroticos de incestos filha amante do paiConto minha mulher santinhaconto erotico minha mim deixado de castigocontos 8 aninhoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos um casal transando na sala enquanto os pais tiram um cochilomeus aluno roludo contoscontos eroticos arrombando a gordalésbicas casadas liberadas conto eróticocontos eroticos comi o menino de ruacomendo o cu da filha novinha desobediente contoscontos erotico meu padrinho estava com shorte de,jogador ai eu so de sainha passei esfregando a bunda na frente delecontos mulher infiel marido atento incestocontos eroticos gozando no cu da coroacontos negao limpando quintal da casadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentenovinhos fodeno apremira veizcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteEnrabei a sobrinha da minha esposa contoscontos apaixonada pelo cachorro zoofiliairmã transformassem roupa vídeos pornô doidopai que fica rosado.o pau na buseta da filha bebadaminha irmã muito gostosa e eu morando sozinhos contocontos eroticos comi o menino de ruaex cunhada safada casada com presidiáriotraindo na cadeia conto eróticocontos eróticos pai sabe o k faz incestodesde pequena iniciada em zoofilialer conto pornô de i****** ajudando minha filhaminha filha com calcinha fio dental ve contosContos excitantes sou gaúchaconto erotico mulher gostosa trai marido com um delegadomulheres com biquinis bem atolado na bumda fotoscontos de incesto comendo a irma separadacontos eroticos de virgem