Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

MAIS UMA COM O BIG

Já fazia quatro meses que estive com um homem, meu tesão por um pau gostoso estava cada dia maior. Liguei para ele na sexta-feira tentando marcar algo para a práxima semana, pois ambos somos casados e nos finais de semana fica complicado sair sozinho. Ele também não esteve com ninguém nos últimos meses, o que me deixou excitado, pois o tesão de ambos devia estar no mesmo nível, ou na já estávamos na mesma altura da parede, hehe! Marcado para terça-feira o tão desejado encontro, no mesmo local da última vez a 4 meses, quando transamos pela primeira vez... e foi muito gostoso, gozei rápido cavalgando aquele macho de ébano, com todo o seu cacete enorme atolado em minha bunda gulosa... que sensação doida de prazer proibido! Na terça, 19 horas, apanhei meu amigo no local definido e fomos direto para o motel, discreto como queríamos. Não demoramos nada para nos livrarmos das roupas, ele já estava em riste quando eu ainda desamarrava os sapatos, que bom, nem precisei levantar da cama par abocanhar aquele mastro negro pulsante, arrancando longo gemido daquele grande homem.... que delícia de pau!! Enquanto chupava com vontade, lembrava dos dias anteriores em que pensava estar fazendo exatamente aquilo... ter aquele pauzão inteiro, ou quase, garganta adentro... que coisa doida! Mas ele queria mais, e me posicionou deitado com a bunda para cima, sobre travesseiros, para que ele pudesse deliciar-se no meu rabo lisinho bem aberto para suas lambidas molhadas, desta vez eu é que gemia sem vergonha, que língua quente lambendo e penetrando meu cuzinho doce, como ele dizia. A sensação era de estarmos em um grande play-groud quando crianças, sem saber bem qual brinquedo aproveitar mais... eu queria ficar o resto da vida naquela posição sendo bolinado, penetrado, usado por aquele negro gostoso, que estava melhor ainda do que na primeira vez. Fazíamos fotos em vários momentos da transa... gosto de registrar para depois aproveitar as fotos, relembrando, me excitando com tudo novamente e, também, para mostra à minha musa inspiradora sexual que lá do DF curte comigo essas aventuras. Ambos já estávamos querendo a tão esperada penetração... que começou com a deliciosa e necessária preparação com os dedos e gel... pois as dimensões do cara exigem isso mesmo... sempre gostei de big cocks... meu fetiche é o falo, e assim sendo, o volume é o que me dá prazer... mesmo que para isso tenha que rebolar muito, literalmente como já aconteceu, para agasalhar o cacete duro do macho dentro da minha bunda. A sensação de estar preenchido é me dá muito tesão e prazer.... e foi assim que senti quando ele iniciou a penetração... eu mexia o quadril para abocanhá-lo por inteiro... lentamente como sempre gosto de ser penetrado... na posição de quatro, indo e vindo para sentir mil vezes a invasão do meu cú, que já relaxava a cada nova e profunda investida, que delícia de trepada!!! Com nossa habilidade mútua de controlar o orgasmo, repetimos a penetração de várias maneiras... em pé, debruçado no encosto da poltrona ele meteu gostoso e eu rebolei muito deixando-o doido por um orgasmo... mas ainda queríamos mais, e mais... caminhamos engatados até a cama e ele deitado, eu de frente para ele, sentei lentamente até ver sumir o pau dentro de mim... esfreguei minha bunda nos seus pentelhos... subia até deixar apenas a cabeçona em mim e descia até o fim, várias vezes, podia ficar assim por horas... ele me puxava pelos quadris e metia fundo... eu já estava quase pulando em cima dele, espetado por seu mastro duro como pedra. Não se encontra um companheiro de sexo deste quilate em qualquer lugar... com certeza! Mas ele queria, e eu também (claro!!!) meter de lado... e apenas nos viramos, eu penetrado até o talo, e ele começou a meter freneticamente, eu mantinha as pernas fechadas para sentir mais a fricção do cacete entrando e saindo inúmeras vezes, para controlar a profundidade da penetração também... mas depois ergui a perna e escancarei o rabo para meu macho gostoso meter como queria, e ele gozou em seguida, forte como merecia, intenso como sempre é bom que seja. Desta vez ele gozou antes... mas o prazer foi muito grande... e meu orgasmo logo viria, depois de alguns minutos para recomposição, novamente de lado... que coisa doida gozar com penetração!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de sexo com velhos babõescontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos encoxada com o maridocontos bem quente de casada e sua intida lesbicaespiando a comadre tomar banho contos eróticoscontos eróticos gay cuidando do cachorrão do vizinhoconto erotico raquel morena deliciosacontos eroticos de pais esposa e filhas em praia de floripacontos eroticos marido pauzudo mulher e novinha trepando juntoscontos eróticos comi a bundinha da mulher do meu amigo com ele dormindo realmeu padrasto e meu.irmao me comeuera menina meu primo batia punheta pra mim olhargozei na buceta da maninha engravidoucontos enrrabadaacampamento com aluninhas 2 contos eroticoscontos eroticos me comeram no trabalhocomvidando e comendo amiga de sua mãeJamanta comeu meu cuzinho a forçacontos de coroa com novinhocolo do velho. contoabusando no metrocontos estuprada por um cavalocontos de gauderio arrancando cacaço de cu e bucetascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos de farmaciacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos com cavalocontos de comi um cuzinho de uma garotinha novinha crente que choroucontos eroticos comendo a neta da minha madrinhabucetuda goza ate travarcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto de corninhocontos eróticos vovó transando com jumentoEu, minha sogra e meu marido-contos-incestocontos eróticos eu e minha mãe na praiaContos erotico de exibi a bunda muito grande de fio dentalistorias de mulheres fudeno com dogyContos eroticos de esposa é abusada pela empregada coroaminha prima e uma jebaMeu vizinho tiro meu cabaço bebadaporno travesti rosadinha menininhacontos eróticos encoxandando minha madrastra gostosaConto erotico socando até as bolas no rabo da irmã e gozandocontoseroticosviolentadacontos eróticos de padrasto comendo enteada ainda bem pequenaconto erótico eu tentei resistirconto erotico nudismo com a sograminha mulher explorando meu cu contoconto herorico comendo enteada na força analcarro empuramdo estaca no cu da branqui.ha quostosa Contos Eróticos Caseiros: Menina perversa - 07historia porno gay, paguei boquete no amigo carloscontos eróticos gays a primeira vez com 24 anosIncesto com meu irmao casado eu confessoConto gay com cantocontos bundão arrebitadopau na boca da namorada dpcontos eróticos transando com o cara do carnavalContos eroticosdonana quarta feira de cinzas contos de sexofilme porno com gay aguentado dois punho no cu de uma vez mais grinta de dorcontos eroticos, venerava meus mamilosContos eroticos minha esposa e o estrangeiroconto gay o viuvo me fez sua femeadeitei com minha tia de sainhavizinho casado comeu minha buceta/contofudi gostoso no volleycontos eroticos travesti sem camisinhamulheres novinhas com peitinhos pequenos arrebitado inchados econtos eroticos eu e mamae humilhadaconto sexo coroa ricaço esposacontos porno chantagiando a cunhadaconto erotico quando era pequenafiz da minha esposa uma putacontos de incesto genro que comeu a sogra na area da praiaestiquei os peitos da gostosa contoscontos gay travesti apostacontos eroticos com coroa taradocontos eróticos gay putinha pedreiroscommini vidio porno so rabudas epitudasContoa erotico irmã casadacontos porno casada abusada no assalto no acampamentominha netinha contos eróticosler contos de sexo de mulheres sendo chantageada na estrada por dotadosconto erotico corno puta e paiIniciando uma virgem contos eroticosesposa safada fudendo na fazenda contos