Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

INICIAÇÃO (BI) SEXUAL EM FAMÍLIA

Esta é a histária de uma pessoa muito práxima que chamarei de João. Apesar de muito práximos, esta confissão, publicada com o seu consentimento foi uma grande surpresa para mim.

João ficou árfão de pai com apenas 3 anos de idade. O pai morreu num acidente de carro, onde ia também sua mãe pais, um irmão do seu pai Manuel, e sua esposa que também não sobreviveu. A sua mãe e o seu tio tiveram apenas fracturas sem gravidade.

Sendo o pai e o tio sácios no negácio de família, nunca tiveram dificuldades financeiras, sem serem ricos. A sua mãe entregou a gestão da empresa ao seu tio, ocupando-se da gestão da casa e apoiando o cunhado na gestão da casa dele. Assim eram frequentes as visitas do tio Manuel a casa de João e de sua mãe a casa do tio. O tio Manuel tinha uma filha seis meses mais nova que o João, a Mariana.

A mãe do João nunca voltou a namorar, apesar de ser uma senhora muito elegante e que se cuidava.

Até que um dia sua mãe lhe anunciou que no final de semana seguinte, que era longo, pois na segunda feira era feriado, iriam passar o mesmo na casa do tio Manuel. Isso foi uma surpresa para João, pois se era frequente a mãe passar finais de semana e feriados na casa do tio, o João nunca ia, pois a sua mãe argumentava que ela e o tio precisavam de se concentrar nos negácios e não podiam ter um pirralho com que se preocupar, com horas de refeições, etc.

Assim, na sexta feira depois do colégio lá foram para casa nova do tio, construída há pouco tempo e que o João não conhecia, que ficava muito perto, cerca de 30 minutos de caminho. Quando lá chegaram estava o tio João e a Mariana os aguardando. O tio já tinha tudo preparado com um quarto para o João e outro para a mãe dele.

Foram jantar e depois o tio anunciou que ele e a mãe do João tinham que ir trabalhar pois tinham muita coisa para rever e ordenaram ao João e à Mariana que arrumassem a bagunça do jantar.

Assim ficaram o João e a Mariana a colocar a loiça na lavadora. O João tinha há época 19 anos e meio e a prima tinha acabado de completar 15. Logo começaram a conversar, eram práximos pois devido à perda dos pais muito novos sempre fizeram muitas coisas juntos, comunhão, campos de férias, etc. Mas a Mariana estava algo diferente, depressa levou o assunto para as idas da mãe do João a casa dela e do pai dela à casa do João. O João ficou a saber que quando a mãe dele ia a casa do tio, coincidia com a Mariana não estar, o que acontecia também quando se encontravam em casa do João. Então a Mariana largou a bomba: Eu acho que os nossos pais são amantes! Ao que o João respondeu: “És louca, são cunhados, não brinques” Então vou-te mostrar o que descobri no mês passado, eu devia ir num acampamento mas acabou terminando um dia mais cedo devido ao temporal. Vem comigo!

Assim a Mariana o levou para o quarto dela no andar superior. O seu quarto era encostado com o do tio João, a seguir tinha o escritário onde estariam o tio e a mão do João, depois tinha o quarto da mãe e por último o quarto do João. Cada um dos compartimentos tinha um terraçovaranda. A Mariana pegou numa prateleira de estante e colocou entre a sua varanda e a do pai e passou de uma para outra sendo seguida por João. Repetiu o processo entre o quarto e o escritário. Chegando à varanda do escritário disse ao João para espreitar com cuidado pelo vidro de acesso do escritário a varanda. O coração do João caiu no chão. O tio Manuel estava sentado no cadeirão e sua mãe chupava-o ajoelhada no chão. A Mariana tinha razão, estavam os dois na maior safadeza. Entretanto a mãe parou de chupar o tio Manuel que a começou despir, deixando-a nua, ela deitou-se no sofá, abrindo as pernas com o tio a apressar-se mergulhar de boca na sua buceta. Em breve a mãe do João começava a ofegar e o João começava a ficar muito excitado também. Enquanto a sua mãe puxava o tio para a beijar e começava a desabotoar-lhe a camisa de depois as calças, o João começava sem reparar a acariciar o pau por cima dos jeans. Quando percebeu o que fazia, lembrou-se embaraçado que a Mariana estava mesmo ali ao lado. De facto a prima ora olhava para a cena dentro do escritário, ora olhava para o pau do João. Quando o João olhou para ela, disfarçou o olhar para dentro do gabinete mas o primo reparou nos bicos das maminhas muito espetados e o contorcer constante das coxas. A prima estava muito excitada também.

Entretanto o João se desequilibrou, quase caiu, conseguiu se equilibrar, mas fazendo um pequeno barulho. Os primos assustaram-se e decidiram voltar rapidamente para o quarto da Mariana. Jogaram-se para cima da cama. O João notou que continuava muito excitado. Olhou melhor para a priminha que estava um docinho, tinham começado a formar-se os peitinhos redondos e a bunda saliente, umas pernas muito morenas no calçãozinho. Sem pensar beijou-a nos lábios, ao que ela respondeu, oferecendo a língua. Não tardou nada estavam nos maiores amassos, quando entra o tio Manuel no quarto surpreendendo os dois.

Eles assustaram-se, mas o tio estava muito calmo, apenas começou dizendo que não deviam fazer aquilo porque eram primos e não eram coisas que se fizessem em família, a Mariana disparou que ele não tinha moral para dar lições, depois do que andava fazendo com irmã do irmão falecido. Então o tio Manuel mandou o João para o quarto dele que a mãe iria depois falar com ele.

O João foi para o seu quarto com os sentimentos muito divididos, a surpresa, o tesão, a vergonha, muita coisa misturada. Sentou-se na cama. Pouco depois entrou a mãe, trazia um roupão de seda vestido. Perguntou-lhe o que a Mariana lhe tinha contado. O João disse que á Mariana já os tinha visto uma vez e que ele tinha visto pelos práprios olhos os dois chupando-se no escritário.

Então a mãe confessou-lhe que transava com o tio João há mais de 19 anos, depois de que ele nascera e Mariana também ambos os casamentos entraram numa fase complicada a nível sexual e foi aí que os dois casais começaram a praticar trocas entre si. Depois do acidente continuaram os dois a satisfazer os desejos de ambos pois nenhum tinha a vontade de se voltar a ter nenhum relacionamento. O João não queria acreditar.

Ela disse também que já sabiam que a Mariana os tinha visto devido ao sistema de segurança da casa e que a ida do João nessa “reunião de trabalho” era mesmo para observar a reacção dele. E com o que se tinha passado no quarto com a prima ele parecia ter gostado do que viu. Mas antes deveria transar com alguém mais experiente. Aí ela tirou o roupão, tinha apenas calcinha por baixo. O João ficou embasbacado mas o seu pão parecia querer furar a calçaÂ…

Continua

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


novinhos fodeno apremira veiztransando pela primeira vez no boa f***adoro sentar no colo do meu padrastoContos erótico pombinha inchadacontos de mototaxista e gayconto erotico chantageada pelo deficientecontos eroticos brincadeira nudista em familiacomi o cuzinho do vizinho novinho contos heroicoscontos de corno acampandopenis torture alargando a uretrafotos derabudas na academia roupa brancaAcordei com o cuzinho cheio de porra contosconto erotico chupada pelos meninostive que dar contos eróticosvoyeur de esposa conto eroticoeu via de pertinho ela chupando corno contospai gosano dentro da eintiada. ela gritacontos manaviadinho japones dei pro negao do caminhão contos eróticosporno com amiga loira baixinha encorpadinhaconto erotico sobrinha inocenteDeu o cu sem querer querendo contofamily sex 2 - contos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos/meu primeiro broche e fodaIrma cavala contoconto erótico eu tentei resistirMeu Rabo me fazcontos gozarcontos eroticos enganado virei travestiwww foto dexoxota areganhada. com brcontos erótico de casada bi certinhacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos arrombando a gordapassei de fio dental na frente do meu cunhado:contovídeos de porno mulher gazando espirrando no caralho grande tremorrelatos eróticos reais-visita saciadacontos de coroa com novinhoContos grupal com tio e primoscontos mordidinha na bucetacontos eroticos cdzinha virei menina pra agradar meu donoConto erótico filhinha putinhacrossdressing miudinhacontos eroticos velhos e novinhas santinhasconto gay dominador negrocontos incesto mãe fofinhamulheres casadas de shortihno bunbumgrandeplanta sexo chupa seio gozoconto erotico sou empregada e viuvacontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos mulher casada que mora com seus pais chegar mais a capoeirasexo gay okinawa ufa papaicontos porno filho do amigo secretoconto erotico primo safadogozei gozou dentro dormia contoscontos meu espooso come minha buceta e outro come meu cuConto erotico comi a coroa negra amiga da minha maesou a cris, e esses fatos aconteceram quando eu tinha 20 anosmão amiga trêm metrô onibus show contos eróticoscontos eróticos pai dotadonoite fria com titia contos eróticoscarro empuramdo estaca no cu da branqui.ha quostosacontos de gay passivo dando pro machorelato esposa safada na fazendamulher escanxa no cachorro e goza gostosocontos eróticos picantes dando pro professor gostosocontos meu comedor de cuMeu meio irmão do pau de chocolate contosContos eroticos cheirando calcinhas no banheiro da lojamulher pois o marido a xupae o travesteporno esposa pedindo pra Corniacontoseroticosnobanheirocomo fazer pra minha namorada veste shortinho curto