Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

COMI MINHA SOGRA PEITUDA

Meu nome é Rafael e tenho 27 anos, tenho uma namorada de 25, todo fim de semana vou na casa dela. Sá moram ela e minha sogra (víuva há 5 anos).



Todo oacorreu num sabado, cheguei na casa da minha namorada e como sempre minha sogra me recebe me dando um beijinho no rosto e com um abraço, como é gostoso abraçar ela, ela tem uns peitos enormes e sempre usa blusinhas decotadas.



Neste dia não tinha muito o que fazermos, então fomos jogar banco imobiliário no tapete do chão da sala, minha sogra estava sentada de frente para mim com uma blusinha larga e decotada. Sempre que ela jogava o dado tinha que abaixar para mexer no pino, sempre que ela abaixava eu podia ver tudo, pois a blusinha ela larga, ela estava sem sutiã, dava para ver os bicos, algumas vezes ela me flagrou olhando, mas continuava jogando. Meu pau estava muito duro, louco de tesão por aqueles peitões.



Depois de quease uma hora e meia de jogo minha namorada disse que ia tomar banho pois estava quase na hora da janta, então ficamos sá eu e minha sogra jogando.



Cada abaixada dela para mexer no pino seus peitos pareciam que pulavam mais pra fora, os bicos estavam grandes e duros, eram bem morenos. Percebi que quando era a vez dela de jogar ela dava uma puxadinha da blusinha dela pra baixo, deixando os peitos mais a amostra, então me toquei que ela estava adorando me mostrar aqueles peitões.



Então na sua práxima jogada ela puxou tanto a blusinha p baixo na hora de mexer no pino que os bicos ficaram para fora, mas ela fingia que não sabia. Eu louco de vontade de pegar naqueles peitos mas eu estava morrendo de medo. Então enquanto ela jogava o dado dei uma puxada rápida e deixei o pau de lado na cueca, pra fora e puxei o shorts um pouco para cima para deixar a cabeça exposta, na hora ela viu, mas continuamos jogando, ela com os bicos dos peitos pra fora e eu com a cabeça do pau pra fora tb.



Foi então que ela jogou os dados entre as minhas pernas e ficou de 4 por cima do tabuleiro pra ver os dados, ela deu uma puxadinha na blusa e deixou os peitos todo pra fora, e ao invéz dela pegar os dalos ela pegou na cabeça do meu pau e disse: Nossa que pau gostoso, fazia tempo que eu não via um. Eu disse para ela: aproveita pra ver agora. Ela disse: temos que ser rapidos, daqui a pouco minha filha sai do banho, ela começou a bater uma punheta enquanto eu pegava naqueles peitos enormes e colocava na minha boca, nunca tinha visto um peito tão bicudo, que delicia, e que punheta gostosa, era a melhor punheta da minha vida.



Foi quando eu pedi pra ela chupar, ela sem dizer nada caiu de boca, mas que chupeta, ela sugava com vontade meu pau, passava a lingua por ele todo.



Depois de uns 3 minutos chupando ela me pediu pra come-la, então ela baixou a calça e se pos de 4 no sofá, nossa que visão, ela tem uma bucetona grande e peluda, que buceta gostosa, os pelos estavam molhados de tesão não exitei 1 minuto, peguei meu pau e enfiei com tudo na sua buceta, ela deu um gemido, e eu disse fica quietinha senão sua filha vai ouvir.



Ela empinava aquela bunda gostosa e dizia, me faz gozar, goza na sua sogra, me faz mulher, como aquela buceta estava molhada, nunca comi uma tão molhada e quente.



Comecei e meter bem rápido e ela disse: não para que vou gozar... ahhhh eu to gozando, não aguentei e gozei junto, e como gozei, parecia que meu pau não parava de jorrar porra.



Neste momento escutamos a porta do banheiro abrir, tirei rápido meu pau da buceta, vi aquela buceta grande e peluda escorrer porra no sofá, ela ergueu rápido as calças passou o dedo na porra que caiu do sofa e chupou o dedo, engolindo a porra, nossa que coroa safada.



Minha namorada foi para o quarto vestir as roupas e continuamos, ou ao menos tentamos continuar jogando, ela olhava pra mim com cara de safada e disse, gostoso, quero mais outro dia.



Então minha namorada voltou pra sala e ela chamou a sogra pra preparar a janta.



Depois disso jantamos e logo mais a noite comi minha namorada na sala enquanto minha sogra dormia no quarto dela.



Agora o que quero mesmo é comer novamente a sogra, ja estou até imaginando eu comendo a sogra e minha namorada ao mesmo tempo, mas acho que isto nunca vai acontecer.



Hj é domindo e foi ontem que comi a sogra, agora estou indo para a casa dela, se algo acontecer volto a escrever.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


primo de rendinha metade da bunda de fora em calcinha cabelo que sai para foratias envangelica dando a buceta ao sobrinho em historia realContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposaTenho uma tara incrível em ver mulheres lutando e foi com muito custo que consegui convencer minha então noiva a se atracar com mulheres semi nua, e em algumas lutas completamente nua, para o meu prazer. às vezes fico com peso na consciência pois ocontos minha cunhada e minha namoradacontos eróticos orgias biContos comcapataz ne  casada adora genro contoscomendo gordinho do rabao gordo contos eróticoscontos de incesto dando de mamartrepando pau sua p*** prepara para o sábadoestupro de casada porno relatofodidas no bar contorelatos deliciosos de sexocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos comendo a b***** da namorada novinhacontos vizinha loira meninacontos inserto fatos reais gayContos eróticos gay Comido pelo Amigo do meu paiCasadas safadas traindo em contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteleke comendo a casada contocontos o pau do enteadorelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninacontos eroticos arrombando a gordaminha cunhada casada estava sozinha na noite em casa contoshome subimisso bebi xixi da rainha contos erotico meninas dorfanatomorema gostosa na balada so esperando uma trepadacontos eróticos estupradaContos eroticos de estrupogatas angelicais a procura de um agarrao 4contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto herorico comendo enteada na força analminha cunhada r***** vou descer a pica nelacontos eroticos mullher carecavideos de motoristasbatendo punhetasConto comendo a gorda casadacontos felipe comeu minha mulhrerbunda redonda da coroa crente contos eroticoscontos gay menino hormonio virou mulhercontos eroticos mamando na novinha cheia de leite no riacho de biquininelma putinha rabudamamei as tetas da minha irmacontos eroticos de encoxadascontos eroticos arrombando a gordacolo conto gaycontos meu pai me seduziuconto erótico gay acordando com carinhosoconto erotico as pregas da empregadacontos casada se imaginando no filme pornoreais conto de incesto mamae mi deu pro pai e irmao mi comermulher de fio drntal dancando e abrindo bem as pernas con tirinha enfiada no bucetaocontos eroticos realizei meu sonho comi minha cunhada novinhacontos dei pro meu velho tiocontos eroticos de travesti bemdotadoComi minha mãe no meu colo contos eróticoscontos porno em quadrinhos de casais de amigosContos de idosas loiras com mais de 70 anos dando cu para negros bem dotadosler conto erótico f****** a minha tia numa festa fantasiaminha sogra perfeita na cama contos eróticostive que dar contos eróticoscontos eróticos, esposa safada, puta dos patrõeshttp://okinawa-ufa.ru/conto_77_papai-me-pegou-de-surpresa.htmlminha filha piranha foi me visitar contocontos de coroa com novinhoconto dopei ela e mamei o grelo e chupei o peitinho ela gozoucontos eroticos de homem chupando a buceta esperadaMamaes boqueteiras contoseroticosconto erótico rasgada pela turmamamando no genro contoscontos eróticos esposa de 60anos com farra na camaComi cu claradei o cuzinho meladinho contosnovinhas na seca se alivio se masturbandocontos tia coroa bunda tanajuracontos reais tia cuzudacontos eroticos menage femininodepois de brigar namoradas lesbika fodim na istradafotos de irmanzinhas gostosas mostrando a bucetinha pequena para seu irmãoconto erótico transei com senhora crente e filha juntasContos eroticos quero ver essas tetasgostosa da propaganda da TininhaRecém casadas traindo em contos