Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

TRANFORMEI MEU HOMEM EM CORNO-VIADO



Eu sou a Meire, tenho 33 anos, morena clara, 1,70 m, 56 Kg, e me considero gostosa, meu marido chama-se Carlos, 35 anos, 1,80 e 80 kg e muito gostoso na cama. Vou contar como eu o transformei em viado e corno, porem bem mais feliz do que antes. Na cama sempre fizemos de tudo porem com o tempo percebi que ele adorava quando eu passava a língua e enfiava o dedo no seu cu e ele aguardava ansiosamente por isto, então comprei uma cinta com um pênis de borracha e comecei a comer sempre o seu cu.

Ele vinha sempre insinuando que para incrementar ainda mais a nossa vida sexual queria experimentar um ménage, porem sá aceitaria com outra mulher. Como eu via sua excitação quando era enrabado, aceitei fazer o ménage com outra mulher porem eu que ia escolher. Sempre fui leitora de contos eráticos e sabia que um travesti seria o ideal, procurei no site de acompanhantes e selecionei um que era bem feminina e bem dotada.

Marquei um encontro para primeiro contacto e fiquei impressionada, pois a Jude era maravilhosa, uma loira de 1,75 m, seios grandes e uma bunda de parar o transito.

- Você aceitaria uma noite de sacanagem com meu marido, é que ele gosta de um carinho no cu, eu sempre o faço sentir muito bem comido, mas parece que ele quer sempre mais e eu quero realizar esta vontade dele.

- Claro, adoro comer machos.

- Não me leve a mal, mas para me certificar se o material é de primeira quero uma amostra. Ela então levantou a saia e sacou o pau mole da calcinha. Eu que não sou boba nem nada peguei o equipamento na mão, comecei a punhetá-lo e senti todo o seu vigor, vendo-o enorme comecei a chupar, mal cabia na minha boca.

- Bom agora que você me deixou assim, preciso terminar. Ela deitou-me no sofá e com grande experiência me comeu, comeu até eu gozar. Na noite marcada eu e Carlos saímos para um bar para encontrar a minha amiga, ficamos bebendo e esperando e Carlos talvez pela ansiedade acabou bebendo um pouco mais. Passado algum tempo o meu celular tocou e avisei o Carlos que a nossa amiga teve um contratempo, mas que ela iria direto para o motel que já havíamos reservado. Quando chegamos Jude já estava esperando, apás as apresentações, fomos para a nossa suíte. Carlos estava muito impressionado com a beleza da Jude e partiu para o ataque, deixando ela sá de calcinha e Jude começou a mamar em seu pau, Carlos ficou alucinado.

- Porra como você mama legal. Ela não respondeu, apenas disse um aham e continuou explorando-o, ainda com a rola dele na boca, ela foi passando o dedo no rego e depois no cu do Carlos, sua excitação foi aumentando, até que ela começou a masturbá-lo e enfiou a língua no seu cu.

- Rose, você trouxe o consolo (o pênis de borracha)?

- Claro que sim, mas que já está com a Jude. Carlos então ficou de bruços, com os olhos fechados, ela então tirou a sua calcinha e me mostrou a sua pica grande e grossa (acima de 20cm), colocou uma camisinha, deu uma cuspida no cu do Carlos, deu uma piscada para mim e começou a penetrá-lo.

- Está muito grande.

- É que eu ontem comprei um maior, pois achei que era isto que você queria.

Apesar de desconfiado rebolava cada vez mais dando uns gritinhos de satisfação.

- Ai, que gostoso! Come como uma verdadeira putinha!

Enquanto a Jude o enrabava eu comecei mamar a sua pica, que não demorou a gozar como nunca e não consegui engolir toda a porra, ficando uma parte escorrendo meu rosto.

Ele como um ar de plenamente satisfeito continuava com a pica no cu, aí eu pedi a Jude que mostrasse para o Carlos, ela retirou do seu cu, tirou a camisinha e pôs junto ao rosto do Carlos. Ele ficou paralisado com o que via uma rola grande com a cabeça triangular e bem mais grossa que o corpo do pau, ficava retesada e apontada para cima e embaixo, duas enormes bolas enfeitavam tudo aquilo. Carlos não resistiu e segurou naquele poste, e punhetava, segurava com as duas mãos.

- Isto deve ter me rasgado todo!!!

- Pode mamar sei que você está querendo, o consolo era muito artifical, mas este é natural, quente cheio de veias e do tamanho do seu cu, talvez eu precise comprar outro maior, depois desta foda.

Carlos como um viado experimente mamou até que recebeu um mar de porra na boca e engoliu tudo.

- Bom agora que você já é um veadinho, vai ser também corno, pois eu também que experimentar esta pica.

Jude se transformou daquela mulherzinha meiga em um macho de verdade e enquanto eu mamava naquela pica maravilhosa ela falava para o Carlos.

- Olha seu corno viado como eu estou comendo sua mulher.

- Hummm! Que delicia de rola é bem grande mesmo, fode, enfia tudo nesta buceta, quero tudo dentro, como e mostre a este corno como eu adoro um pau enfiado em mim.

Depois eu também recebi aquele caralho em meu cu. O tesão da Jude foi tão grande ela ainda comeu de novo o Carlos. Agora estou querendo fazer um ménage com outro homem, porém, o trato é para o cara me comer antes, pois senão vai sobrar pouco para mim, pois se comer o Carlos antes, ele não vai tirar do rabo dele, até o cara gozar e eu vou ficar na mão. Quer participar?

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


na davela os homens nao tem frescura conto eroticoContos eróticos de Gay Fui Dormir na casa do meu Amigocontos eroticos dei pro meu inquilinocontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cão juntascontos chupei um pintaopornô mobili com coroa e vamos até gozarperdi os sentidos contos eróticospai quero atencao contos eroticoscotos erotocos piscina casadacoroas ensaboando cacete do jovenchortinho q deixa as magrasgostosasContos d uma menina estrupada por taxistachupando pintaoooconto homem casado dei o cu para o instalador de interntcontos eroticos entre irmaos machostraficante contos eróticosecontrei um pirocapalestra buceta divididamae de causinha melada quado da de mama profilhocontos eróticos fui na praia de nudismo e fudi gostosofui arrombada porvarios contosmenino bateno puheta pos amigo no riosinhoA chapeleta arronbou minha bucetinha contosver homens bem-dotados sendo castradosconto erotico trepei com meu primo engravideidoeu mas gostei contosconto.erotico.tia.sogra.cunhadaconto minha namorada greludaconto erotico fui arrombada depois de casadaconto chantageada suruba engolicontos eróticos com mãecontos eroticos arrombando a gordacontos verdadeiro de madrasta amantes do enteadocontos reais eroticos na formatura casaiscontos de putas casadas tramandaicontos eróticos de lésbicas tirando a virgindade das outrascomo fazer pra minha namorada veste shortinho curtoeroticosgamexzoofilia animal casaro casadacontos eroticos fui comida igual puta e chingadacontos meikilacontos minha netinha gostosacontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cão juntas analcontos de velhas dos seios bicudobate papo gay em Santarém ParáContos eroticos-Empregada se vingando da filha do patraocontos eróticos mãe e filho de araraqurasurpreendeu a esposa com consolo contosirmatezudacontos eroticos de maridos brochas    contos eroticos Gay de fui visitar meu tio e ele me comeucontos eroticos meu sogro me comeu feito puta e chingada de vadiacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteComi o cu da paulistinha contosconto erotici gay dano cu no dia da greves dos motoristo de onibus gay casadotravestis comeu o cu virgem da evangelica,contos eroticossogra humilha genro contos eroticoscontos o amigo do filho me errabou no tanque lavando roupaconto meu amigo comer minha esposaconto eróticos lábios românticosconto gaguei mas gostei de dar o cumulher passa muita margarina no proprio cucontos bdsm gosto de levar chutes na bucetacontos de coroa com novinhomulhe vais boguete em bebudoContos.encesto.relacha.maecomi meu aluno lercontos curtpsanal com negao contosConto erotica de mulher fuder a cagarcontos eróticos sou corno e gostocontos no orfanato gay