Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

MINHA FILHA, MEU PECADO 4 - FAZENDO ELA GOZAR

Conforme contei no relato anterior, minha filha me surpreendeu, deixando que eu matasse a saudade de sexo com ela, o que para mim foi a melhor coisa do mundo.

No dia seguinte a sua primeira vez sem ser à força, eu estava sá carinho com ela. Andávamos pela casa com ela sá de calcinha e eu de cueca e ela sentava o tempo todo no meu colo, me deixando duro em segundos. Ela ria daquele fato, toda sapeca, o que me deixava ainda mais duro. à tarde, ela quis assistir Shrek, e colocou o dvd na sala, pedindo para que eu assistisse com ela. Concordei e deitamos no sofá juntos, abraçados, mas eu não estava nem aí para o filme. Sá queria saber da minha menina. Nem tinha passado quinze minutos de filme e eu comecei a tocá-la, sentido seus pelinhos arrepiando quando eu tocava seus peitos miúdos. Enquanto ela repetia as falas do filme que já tinha assistido milhares de vezes, eu desci a mão para a sua calcinha, por dentro dela, tocando seu grelinho diretamente. Ela ficou sequinha por alguns minutos, mas quando eu achei o ponto certo para tocá-la, sua xaninha começou a ficar molhada, do jeito que eu queria. Continuei tocando-a, friccionando seu botãozinho cada vez mais rápido e meu pau parecia querer rasgar a cueca de tão duro, sentindo ela começando a tremer de prazer. Rebeca arfava ao meu lado, já nem assistindo mais o filme, seus olhinhos fechados com força.

“Tira a calcinha”, pedi e ela, trêmula, fez o que eu queria, ficando nua ali na sala. Desci direto com a boca para a sua entradinha molhadinha e chupei com ainda mais gosto que na noite anterior, levando uma mão ao meu pau que a essa altura já estava livre da cueca. Rebeca continuava tremendo e em determinado momento suas pernas se fecharam ao redor da minha cabeça com um pouco de força e seu quadril saiu do sofá, enquanto ela gritava baixinho, gozando pela primeira vez.

Chupei todo mel que saiu dela, quase gozando de tanta força com que eu me masturbava, mas consegui me segurar um pouco mais, nem esperando ela se recuperar e já entrava nela devagar, dessa vez ainda mais facilmente por ela ter acabado de gozar e estar toda relaxada.

Respirei fundo para não acabar gozando antes da hora de tão apertadinha que ela era e comecei a fazer os movimentos de entrar e sair devagar, ao mesmo tempo em que masturbava seu grelinho e chupava seus seios pequenos, sentindo ela voltar a tremer depois de pouco tempo.

“Goza para o papai” pedi, beijando sua boca e seu pescoço, aumentando as estocadas. “Faz o papai muito feliz e goza pra mim, vai meu amor”. Senti ela relaxando ainda mais, seus gemidos ficando cada vez mais naturais, e estava quase esfolando seu grelinho de tanta pressa que eu tinha em fazê-la gozar, quando finalmente a senti apertando meu pau com força, e sá então explodi dentro dela, gozando junto, soltando um palavrão de tanto prazer que estava sentindo. Era algo inigualável. Ela era apertadinha demais, quente demais. Eu sabia que agora que tinha começado, nunca mais iria conseguir parar.

Eu precisava do corpo da minha filha. E mulher alguma seria capaz de superar o prazer que eu sentia com ela.

E foi assim que começou a nossa vida de incesto. Eu me apaixonei pela minha filha e a cada dia que passava eu tinha mais certeza de que era sá a ela que eu amava de verdade. Nem mesmo a mãe dela me satisfazia mais, mas eu fingia que estava tudo bem para ela não desconfiar, sá torcendo para que Luciana pegasse logo um novo vôo e saísse da cidade para me deixar sozinho com a minha filha.

Logo mais eu conto mais coisas que aconteceram nesses últimos três anos. Inclusive como ensinei minha filha a chupar com maestria e como, recentemente tirei sua virgindade anal. E o melhor de tudo foi quando Rebeca começou a ficar com fogo para sexo e queria fazer em todo lugar, o tempo todo.

Mas isso fica para depois.



Continua...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


xvidio tinho berbado asubrinha fica taradaContos titia iniciando meu sobrinho novinhocontos de insesto fatos.comreaisconto meti no cu da mae e ela chupou o pau do cao Contos erotico como minha cuinhada mais velha de 45anos.contos eróticos apanhado chorei muito e fiqueicom a buceta toda vermelhadei carona pra vizinha casada vadias reaisrelatos de novinhas que fuderam com o cunhadocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos minha filha chorou no meu paudilataram minha buceta contosconto erotico gay meu amigo rasgou meu cucontos eróticos trai com consentimento do meu maridoconto de sexo velho taradocontos eroticos de mulheres que aprotaram dos seus caseirosEstourei o cu da crente na viagem contoscontos de coroa com novinhoContos grupal com tio e primosNo motel minha sobrinha ela chupou meu pau eu chupei sua buceta e fudi ela contos eroticos contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto titio me fudendoe o marido viajando no meu tio meu tio meditando contos eróticos transei com elecomendo a tia de pois de beber um vinhominha cunhada casada estava sozinha na noite em casa contosconto erotico rabuda cintura fina peituda casada visitaconto dei minha bucetinha muito novinhaesposa e filha dando cu pra um mendigo/conto eroticoembebedei minha irma e a comi conto eroticovideos para deixar o namoradoexitadodeflorando bucetinhas com pepinoscontos centadas no colo do titio no incestoler contos de jovens heteros iniciados por outro jovem no sexo gaycontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevídeo de gorda lavando o rabo ensaboadoconto gay metemos.o dia todopone encaxa tudo na morenaContos pornôs buceta virgemfoi sentar no colo do tio sem calcinha e levou ferrotia sozinha e sobrinho contoscontos eróticos comi minha tia e minha prima minha prima tinha um colchão e uma buceta molhadinha e apertadinha com perdi minha virgindade com um policial contocontos eróticos mulheres p****tesao em apanhar de havaianas contoscontos: exibindo a mulher para o cafetãomeu marido viu os amigos dele me comerem contossou loira engravidei gozoi dentro favela contos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentefamily sex 2 - contos eroticoscontos eroticos menage femininoporno aspanteras foi supeendido por minha titiagarotinhas da bunda grandecache:CR2s6nKZoKEJ:mozhaiskiy-mos.ru/conto_17928_iniciacao-bi-sexual-em-familia.html eu e minha filha no baile funk contos eroticosa esposa mija no pau do cunhadocontos eroticos de negros na praia de nudismoenquanto eu dormia ele botava o cao pra me chupar incesto e zoofiluaconto pai ai meu cuconto dono da minha mulhercontos eroticos vi minha esposa me traindoeu sei que ele quer um pau, contosmae leva gozada na boca de fio travesticonto meu pai descabacou minha irmaporno amador em festinhasparticularesVideo porno safada sendo fudida homem rolaque so jeguegostosa da propaganda da Tininhacontos genropono gay. de homens taxetacorno mijado contosfilha Pare contos eroticosmina santinha foi estudar e deu o cu pornodoidmeu filho tem um pausao contosbosque conto heterohistória erotica garotada enrabada surubacache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html pornô mobili com coroa e vamos até gozarcasada e o negrinho tarado contospeguei no pau duro e acabei chupandoEm casa somo em número de 4, minha mãe (43), meu pai (47), meu irmão (22) e eu (15). Nós não temos muita grana, pois apenas papai trabalha. Meu irmão está fazendo cursinho para o vestibular (pela terceira vez) e isso aumenta as despesas da casa.abusada com vibrador contoseu e minha mae somos viciadas em esperma caninacontos selvagens arregacei o rabo da minha esposacontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos comiminha primacontoseroticosviolentadacontos eróticos gay pai e filho no banheiroContos Eróticos De. Comendo A Minha Vizinha Coroacontos eroticos abusando do garoto da ruaEnsinando a maninha a foder contos eroticostroca troca de homens adultos contoscomi o a cunhadinha na minha casa sozinhos contomamei até os bicoes dela incharem contos