Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

LOUCO DESEIJO

Era uma tarde fria, um fim de outono onde o vento soprava lento e gelado, o ceu azul e ensolarado mostrava falsamente um dia calido de verão, eu estava novamente ali sentado sozinho em casa, moro em um apartamento desses vagabundos construidos pelo governo no intuito de iludir os mais ignorantes. eu esperava anciosamente pela minha vizinha do 245, meu apartamento era o 244 logo ao lado.

Fatima no auge de seus 45 anos demonstrava um corpo ja fofinho e delicioso, com uma gordurinha se mostrando carinhosamente as vistas de um homem louco por gordinha. meu facinio por mulher gordinha e demais, ver seus enormes peitos, e sua bunda suculenta me deixa cada vez mais exitado a cada palavra que colocando aqui amigos,

fatima é demais uma branca 1,70 e fofinha, suas enormes nadegas me facina, suas tetas pulando a cada gargalhada, mãe de dois filhos. dois jovens em plena puberdade, andando com suas roupas esquisitas falando sobre jogos.

sentado na escada a unica coisa que consigo pensa e nos enormes peitos de Fatima, nome de minha sogra, exeto pelo Maria que vem a frente do Fatima, mas tal detalhe aqui e idiotice de mais fala.

e lá vem ela, chegando de seu cansativo trabalho, usa com maetria uma blusinha comum vermelha que exeto pelo enorme volume de seus peitos nada mais demonstra o que deixa minha pessoa ainda mais louca de tesão e curiosidade. o que penso agora é apenas me dedica firmemente ao delicioso mundo das fantasias. relembra a noite passada em que houvi com os ouvidos grudados sem vergonha alguma a parede os gemidos abafados de seu mais llouco tesão, seus urros de uma egua, Francisco nesta hora era um homem concerteza mais feliz que eu, consumia o que era dele por direito, e meu apenas na delciosa punheta dedicada a suas carnes tenras e dignas, imaginava com desejo os gemidos, a loucura de suas nadegas balançado a cada pulo na piroca de seu marido, o mesmo gemia com orgulho e prazer tinha a coroa mais deliciosa do predio sob seu corpo franzino e decrepito, eu dois dias antes houvira por sua boca o desejo que tinha por homens fortes, ela falava com audacia e sorridente avermelhando as vezes de vergonha com mais duas vizinhas e minha esposa na sala, enquanto a outra vendedora de cosmedicos ia rezando apenas para que elas comprassem tudo e mais um pouco...

eu olhava sentado na minha cama as pernas nuas até os joelhos de Fatima, uma perna nao muito branca e forte, umas coxas que se esparramava pelo espaçoso sofá de casa, fica deseijando, pensando que eu estava de pé na sua frente pelado, e ela chupando minha rola grossa e dura as vezes dando leves chupadinhas nas minhas bolas e sorrindo como uma vagabunda, pelada e de pernas bem aberdas demonstrando uma sena vintage acolhedora de sua deliciosa buceta com pelos pequenos, mas peluda uma deliciosa buceta carnuda e audaciosa louca de deseijo por um moreno tarado e tesudo, sua mao se deslizando pela nadega esquerda, e com as unhas arranhado minha bunda e com um apertão chupava estalando a boca em um delicioso gemido, e semi abaixado fazia com que minhas mãos se deslizasse por seus enormes e suculentos peitos, apertando o mamilo amarrom ja experientes de vida.

mas derrepente algo me acerta no rosto era um boneco, um palhaço, a frente meu pequeno garoto sorria alegremente, no meio das minhas pernas meu pau duro amolecia sem meu deseijo ser consentido...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos grávida do meu genrocontos safados purezaContos eroticos estuprada pelos mendigoseu quero ver anaconda chupando leite da mãecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevedio porno torcado pau no cu safado velhos dormindo novinhaComo ter pernas grossas e quadril largo em 1 mêscontos eróticos dominado pela sograContos reais de esposas fodendo com marido eo sobrinho delecontos eróticos sou mulher casada e vou contar como tirei cabaço da minha sobrinha de oito anoscontos: safadezas de um velhoconto gay "tem que implorar"encoxada em coroa em Jundiai conto realputinha desde de novinha cristine contos eroticoscontos eroticos cadtigando o cuporno com tio acorda subrimha pra fufet com elecontos eroticos incestos primeiro foi o meu irmão agora e meu paicontos eróticos gay lambendo o cu do macho heteroajudei o bêbado e ele comeu meu cuzinhoconto moreninha do cu largoEnage de busetaBoqueteirá contoseroticoscontos eróticos comendo minha sobrinha gostosaViadinho o Negão tarado comeu minha mae e eu contos eroticoscontos eróticos na plantaçãowww.flogdesexo.compauloelizabethconto erotico brincando com a priminha de bonecaconto ru e minhas filhasConto erótico gay caçamba de carro de madrugadaesposa bebada contos eroticosminha sobrinha pediu para mim gozar na calcinha dela contos eróticosuma coroa da bunda grande do cabelo liso e peidando a b***** para o cachorrocontos eroticos rex meu donoContos eroticos Fui estupra com meu tio negrobaixo forte troncudo e pau grosso gaycontos de maes flagando fihos punheteiroscomto erotico comeno mulher do meu filhoeu sentada na sofá sem calcinhas com pernas abertas pra o papa-contocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos vi minha esposa me traindocontos homem casado chupa picq homem casadocontos tia batendo sirica para o sobrinhoContos eroticos cunhada safada jeovacomendo a família toda contos eroticosVer contos de mulheres no ciowww XVídeo pornô o tio f****** a sobrinha foi bonita e de Menorcontos eroticos minha baba gostosa perdendo minha virgindadeConto erotico sozinho na casa com minha cunhada gordinha gostosacontos eróticos da esposacontos de mulheres ninfomaniaca por sexomeu filho meteu no meu cu ardeu muitocontos erotico dando pra nao passar fomecoroa gostosa se arrumando namorada em Pouso Alegreprimeiro conto de aline a loirinha mais puta e vadiahttp://contos hetero piscinacontos gay babydoll maeContos eroticos a minha mae da bunda gigantecontos eróticos gays irmãossovra manda o genro da taña na bunda delacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteeu quero ver anaconda chupando leite da mãegarotinha contosconto erótico de incesto de sobrinha e tio casa de contos sem querer me apaixoneiconto erotico com camionistaConto erotico comi minha aluna virgemvídeo pornô mulher casada fica cheia de tesão com a venda em Jarinucontos eroticos estava fudendo a empregada e meu pai pegouRealizei a fantasia do meu colega e eu virei cornomurhler.abusada.estrupradomeu chefe me chupoucontos primeira surubanao contar para ninguem da familia. Quando eu achei que o papo ia terminar ali, ela me fez a pergunta que levou a tudo: perguntou porque eu tinha tanta coisa sobre lésbicas incestuosas no pc? Quando ela me perguntou isso, confesso que pensei em desconversar, mas aí pensei também que ela não faria essa pergunta à toa. Aí comecei a falar que aquilo me excitava muito, que gostava de ler sobre aquilo. Sem brincadeira, acho que a gente deve ter ficado uns 10 segundos em silencio ali na cama, depois que eu falei isso. Uma olhando para a outra. Aí, ainda bem, ela tomou a iniciativa, colocou a mão na minha perna e perguntou: Você pensa em mim?