Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

A TURMA DO FUTSAL E MINHA ESPOSA

Sábado a tarde e minha esposa resolveu me fazer uma surpresa, vestiu uma calcinha bem pequena na frente e fio dental na parte de traz, nos seios ela colocou prendedores de mamilos daqueles ligados por uma correntinha que ela passou por trás do pescoço, deixando os seios meio puxados para cima. Em uma das mãos ela trazia dois vibradores enormes que eu tinha comprado pra ela e ela nunca tinha tido coragem de usar, pois, eram muito grossos. Chegou bem perto de mim me mostrou os vibradores e disse no meu ouvido, hoje vou deixar você fazer o que quiser comigo.

Eu então falei, tudo bem, mas vai ter que fazer tudo que eu quiser mesmo, vai para a cozinha e se deita na mesa que eu já vou pra lá. Fui no quarto da bagunça e peguei algumas cordas e fui para a cozinha, chegando lá ela estava deitada na mesa me esperando, a mesa era uma mesa de pedra bem grande e muito forte, mostrei as cordas pra ela e disse que ia amarra-la na mesa pra que, se ela não mudasse de ideia, não pudesse fazer nada para me impedir de fazer o que eu quisesse. Ela adorou a ideia e eu comecei a amarra-la. Com uma corda amarrei ela com as pernas bem abertas, com outra corda amarrei os braços dela pra cima a outra corda enrolei nos seios dela, dando umas cinco voltas em cada um e amarrei passando a corda por baixo da mesa. Ela ficou completamente imobilizada.

Comecei a beijar todo o corpo dela, beijei o pescoço, os seios e a barriginha, notei então que não tinha tirado a calcinha e que amarrada como ela estava não tinha como tirar mais, fui ate o armário, peguei uma tesoura e cortei a calcinha bem no meio das pernas dela deixando presa sá na cintura, me posicionei entre as pernas dela e comecei a beijar a parte de dentro das coxas e a virilha dela, fiquei um bom tempo beijando e lambendo os lábios da buceta dela, mas, sem tocar no clitáris, quando notei que ela tava com tanto tesão que sua buceta já escorria o melzinho, comecei a chupar e a morder seu clitáris, não demorou muito e ela estava gozando. Peguei então o maior dos consolos, com uma das mãos abri os lábios da buceta dela e encostei a cabeça do consolo na entrada da buceta dela e fui empurrando bem de vagar, ele era muito grosso e pude ver a buceta dela se esticando toda pra receber aquele monstro, ela gemia alto e reclamava que sua buceta estava sendo rasgada, mas, eu não parei e continuei empurrando até a cabeça do consolo entrar toda, parei um pouco de enfiar e deixei a bucetinha dela se acostumar com a grossura, e voltei a brincar com o clitáris dela, quando ela já estava louca de tesão novamente, parei de brincar com o clitáris e voltei a empurrar o consolo pra dentro dela, como notei que estava entrando com mais facilidade, tirei ele de dentro da buceta dela e fiquei enfiando e tirando sá a cabeça do consolo, enfiava a cabeça do consolo inteira e tirava de novo, cada vez mais rápido, até que notei que a cabeça do consolo entrava com facilidade, coloquei a cabeça do consolo na entradinha da buceta dela e enfiei ele todo de uma vez, e aquele monstro de consolo sumiu inteiro dentro da bucetinha da minha esposa. Segurei o consolo todo enfiado na minha esposa e voltei a lamber e morder o clitáris dela até ela ter a gozada mais forte e longa que já tinha tido na vida e ficar toda mole largada na mesa.

Enquanto eu esperava ela se recuperar a campainha toca, como eu ainda estava vestido, resolvi deixar minha esposa na mesa com o consolo monstro enfiado na buceta e fui pra sala ver o que era. Pra minha surpresa quando abri a porta era a galera do time de futsal no qual eu jogava, como eles tinha muita liberdade lá em casa, foram entrando e perguntando porque eu ainda não tava pronto, que daqui a pouco o pessoal do outro time estaria chegando e eu não tava pronto. A brincadeira com minha esposa tava tão boa que eu não tinha lembrado que tinha marcado de ir jogar com a galera, quando percebi o goleiro estava quase na porta da cozinha, dizendo que ia tomar água, tomei o maior susto, mas, era tarde demais, ele estava parado na porta da cozinha com cara de bobo e com os olhos vidrados na minha mulher, tentando falar alguma coisa, mas não conseguia, sá saiu um puta-que-pariu, os outros três correram pra lá pra ver o que era e ficaram os quatro parados na porta com a boca aberta, quando minha esposa viu o pessoal parado na porta com os olhos fixos na buceta dela deu um grito “agora fudeu”, o grito dela tirou eles do estado que estavam e todos os quatro foram pra cima dela, dois deles começaram a chupar os seios dela, um em cada seio, um subiu na mesa e tirou o pau pra fora e meteu boca dela que amarrada como estava não teve outra opção senão chupá-lo o outro se colocou no meio das pernas dela e começou a chupar o clitáris dela, fui para o lado dela e disse ter esquecido que tinha combinado uma pelada com a galera e que agora não tinha jeito, a pelada ali era ela e que agora era tarde demais pra parar e que ela teria que dar conta de todos, mesmo porque, amarrada como ela estava sá quem poderia para-los era eu e eu não tinha a menor intenção de fazê-lo. Como ela estava com uma pica enfiada na boca nem conseguiu dizer nada. Pedi pro cara que tava dando um trato no clitáris dela se afastar um pouco e puxei o consolo que tava na buceta dela pra fora de uma vez, quando o cara que tinha se afastado viu que a buceta dela tava livre, arrancou a roupa e foi pra cima dela e socou o pau sem do na buceta dela, em pouco tempo ela estava gozando de novo, e ele gozou junto com ela, um dos que estava chupando o seio dela arrancou a roupa se posicionou e mandou vara na buceta dela, nisso o cara que estava sendo chupado por ela também gozou, o que estava chupando o outro seio dela tirou a roupa e deu o pau pra ela chupar também. De repente a campainha toca de novo, o que tinha gozado primeiro, falou que devia ser o pessoal do outro time que ia vestir a roupa, ia atender a porta e despacharia o pessoal do outro time, eu então disse pra ele, vai pelado mesmo e convida a galera pra nossa festinha. O pessoal do outro time entrou aceitou participar do bacanal e foi logo tirando a roupa e indo pra cozinha, o cara que tava fudendo e o que tava sendo chupado gozaram juntos. Antes do pessoal do outro time começar participar da brincadeira eu desamarrei a minha esposa e eles partiram pra cima dela, o goleiro do outro time era um negro enorme e o pau dele era maior que o consolo enorme que eu tinha enfiado nela a pouco com certa dificuldade. Minha esposa ficou de quatro no chão e o negão deu o pau pra ela chupar, ela tentava enfiar aquele caralho monstruoso na boca más não conseguia e lambia do jeito que dava, um dos caras do outro time aproveitando a posição dela se posicionou atrás dela e socou o pau no cuzinho dela, quando o negão percebeu que ela não ia conseguir chupar o cacetão dele disse que iria tentar na buceta pois na boca não cabia de jeito nenhum, puxou o cara que tava fudendo o cu dela e tomou o lugar dele, encostou o cacetão na entrada da buceta da minha esposa e foi empurrando, com muita dificuldade a cabeça que mais parecia uma pera preta foi entrando aos poucos enquanto minha esposa reclamava que estava sendo rasgada ao meio, quando ele percebeu que a cabeçona tinha entrado toda, deu uma parada pra minha esposa se acostumar com o volume, minha esposa ficou rebolando com a cabeçona tuchada na buceta pra ir se acostumando, assim que ela se acostumou falou pro negão tentar enfiar o resto, ele tirou o cabeçona da buceta dela e enfiou de novo, dessa vez entrou com um pouco mais de facilidade, ele ficou enfiando e tirando a cabeçona na buceta dela e quando notou que ela estava bem relachada posicionou a cabeçona na entradinha da buceta da minha esposa, segurou ela pela cintura e cravou tudo de um vez, minha esposa deu um berro, agora rasgou toda minha buceta, mas, já era, aquele caralho monstruoso tinha entrado inteiro, ficando sá as bolas pro lado de fora, o negão tirou tudo pra fora e socou de novo e começou um vai e vem com vontade, quando ele puxava o pau pra traz a pele da buceta da minha mulher vinha quase toda pra fora junto com a pica dele, e quando ele enfiava a pele entrava de novo, a essa altura minha esposa já estava louca de tesão e ficava pedindo pra ele enfiar tudo com vontade que ela queria ser rasgada ao meio que nunca tinha sentido uma pica tão gostosa dentro da buceta, em pouco tempo ela começou a gozar feito louca, nunca tinha visto ela gozar tanto, ela chegou a ficar mole e meio que apagada, tivemos que segurar ela pra que não caísse. Levamos ela pra sala e a colocamos de bruços no sofá com os joelhos apoiados no chão de pernas abertas, como o negão não tinha gozado ainda ele se posicionou atrás dela pra terminar o serviço, enfiou o pau na buceta dela umas três ou quatro vezes e quando o pau dele tava totalmente melado ele tirou o pau da buceta dela e como ela tava meio apagada ele se aproveitou da situação, abriu a bunda dela com as mãos e foi enfiando aquele caralho enorme no cuzinho dela que não esboçou nenhuma resistência, quando eu percebi o que estava acontecendo o cacetão dele já tinha entrado inteiro no cuzinho dela e ele bombava com gosto, não demorou muito ele encheu o cuzinho dela de porra. Deitamos ela no sofá e deixamos ela descansar. Como quatro caras do outro time não tinha conseguido participar da festinha marcamos a continuação pro sábado seguinte. Todos se vestiram e foram embora. Fui até a área de serviço peguei um balde e fui para o banheiro do quarto, abri o chuveiro e deixei o balde enchendo com água bem quentinha, fui no guarda-roupas e peguei uma toalha de rosto e uma de banho, peguei no banheiro o balde, que já estava quase cheio, e voltei para o sofá, molhei a toalha de rosto no balde e dei um banho de gato na minha esposa, dei especial atenção a buceta e ao cuzinho, ambos estavam totalmente abertos e muito judiados, a buceta tava bem arreganhada e o cuzinho tava o maior buracão, sequei ela com a toalha de rosto, lavei a toalha de rosto na água do balde e torci bem, fui ate a geladeira e encharquei a toalha de rosto com água bem gelada dei uma espremida e voltei para o sofá, dobrei a toalha que estava bem gelada e a coloquei sobre sua buceta e seu cuzinho, fechei as pernas da minha esposa para que segurasse a toalha no lugar, peguei minha esposa no colo e a levei pra cama. Ajeitei ela na cama e fui tomar um banho. Quando sai do banho fui verificar se a toalha estava bem colocada e notei que a mesma já não estava mais gelada, fui até a cozinha peguei um punhado de gelo voltei para o quarto, arreganhei bem as pernas da minha esposa tirei a toalha e abri sobre a cama, coloquei o gelo na toalha e a dobrei novamente de maneira que o gelo ficou bem preso na parte de dentro da toalha, deixando sobrar uma pedra de gelo, peguei essa pedra de gelo que havia sobrado e passei na buceta da minha esposa, quando a pedra de gelo começou a derreter enfiei ela dentro da buceta da minha esposa, peguei a toalha que já estava bem gelada de novo e coloquei de volta dobre a buceta e o cuzinho da minha esposa, fechei as pernas dela pra prender a toalha fui até o guarda-roupas, peguei uma calcinha e coloquei na minha esposa para que a toalha ficasse bem presa sobre sua buceta e seu cuzinho, a cobri com o lençol e a deixei na cama. Voltei para a sala e fiquei assistindo TV. Lá pelas vinte e uma horas minha esposa acorda e me chama, desligo a TV e vou para o quarto, quando chego no quarto minha já tinha tirado a calcinha e a toalha e tinha ido no banheiro e pegado um espelhinho e estava deitada na cama com as pernas arreganhadas olhando pelo espelhinho o estrago feito em sua buceta e seu cuzinho, quando me vê ela comenta que o negão tinha feito o maior estrago nela, que ela tinha ficado toda erreganhada, mas que tinha sido uma delicia, que nunca tinha gozado tanto, mas não lembrava dele ter fudido o cuzinho dela, então eu expliquei que ela tinha gozado tanto com o negão fudendo a sua buceta que tinha apagado, e que tínhamos levado ela para o sofá, e como o negão ainda não tinha gosado, colocamos ela de quarto com o corpo no sofá e ajoelhada no chão para que ele pudesse terminar o serviço, ele tinha voltado a fuder a buceta dela para terminar o serviço, que eu tinha me distraído um pouco e quando eu notei ele já estava fudendo o cuzinho dela sem dá, e como ele já tinha enfiado aquele caralho enorme inteiro no cuzinho dela acabei deixando ele terminar o serviço no cuzinho dela mesmo, e que como ela estava apagada e os outro quatro não tinham conseguido fuder ela eu tinha marcado uma reprise pro sábado seguinte, e que os nove viriam para fuder muito ela, e que ela teria que dar conta de todos e que se ela apagasse eles continuariam fudendo ela mesmo apagada. Ela adorou a ideia e disse que esperaria o práximo sábado ansiosamente, se levantou da cama ajoelhou na minha frente, abaixou minha bermuda, abocanhou meu pau e ficou chupando até eu gozar na boca dela, depois de tomar até a ultima gotinha da minha porra ela disse que durante a semana a buceta e o cuzinho dela ficariam descansando pra festinha do fim de semana.



Continua!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos gay cuzinho frouxocontos eroticos de macho casado dando o rabo na pousadafilme pornô minha prima gravata preta para mimcontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cão juntasrapas casado efiamdo a banana no vuvarios me comero s calsinha contos gaymeu pai me ensinou a fodercontos eróticos pai dotadocontos eroticos japonesa casadamae fode com filho contos eroticosContos erticos trouserao meu marido bebado pra casaContos eroticos seduzi a mae do meu amigo uma coroa bem recatada e dona de casacontos eroticos fiz amor c minha mae na primeira vez que fui pra cama c elaContoseroticosjogadoraconto humilhadaMenina da pracinha, contocontos torei o cucda minga vizinha de treze aninhoa e ela viciouduas loirinhas e rude conchinha sem calcinha (contos)velho tarado contos eroticos de incestocontos eroticos punhetascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentenoite de nupcias:conto pornoCU arrombado ABERTO madrasta contovideos porno marido viciado em comer a fezes da esposaconto erotico praia em familiacontos eroticos possuida por uma estranha gostosaconto erotico orgias okinawa.ufa.ruconto cutuquei pai na bundia delacontos dei sonifero e comi o cu pornoFamília contos eróticosconto porno eu meu marido minha filha e o mendigocontos sogra chupou genrro traindo no carro na ruaConto filha mete ai ai aicontos eróticos Simone só dorme si chupar o pau do papaicomi minha cunhadinha contos eroticosfui cagar gostoso mulher contos eroticoscontos eroticos dormindo incestocontos de velhos mamando seios bicudoscontos eroticos colo do filhoocomeno a vacacontos eroticos tres homens uma mulherMinha esposa saiu de shortinho socado no rabo contosconto erotico liberei minha mae pro meu amigotirou as pregas dela contosvideo porno brasileiro caseiro dei a minha buceta para o meu sogro fome gostosoCONTO GOZO NA BOCA NO TESTE DO COLEGIO MILITARcontos erotivos mamar no pau infanviasadina levano rola na bucetaGozei dentro da gorda dopada de vestido contojovem mostrando os pelinhis fino ds bucetaconto erotico meu cunhado fez meu cu sair sangueEmcoxando a novinha emteiMeu sogro me seduziu contoContos viagem casal praia toplesscontos esposa deu pro sobrinhocontos meu vizinho taradotravesti gozando no próprio sutiãmulher fazebdo conids dr shortinho e marido psu durovideo safadecacontos/como descabacei minhas filhassai do nordeste e virei puta pra dar o troco no meu maridocontoseroticospapaicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto eroticos amigos comeram mamaeEncoxei.um crente no onibus contocontos eróticos pai sabe o k faz incestocontos no cu da coroacontos eroticos mae desnaturada 2porno espiando a cunhada se peegadomulher dominando casaldesejos de machos que adora safadeza com outros macho experiências vividascontos eroticos filha novinha da empregadacoroas peladas com o corpo melado de margarinaViva local crosdresserescontos eroticos traindo na Lua de Melminha namorada sendo encoxada no onibus mesmo eu estando ao seu lado contoscontos massagem na tiacasa do conto sendo chantageado por 2Ufa de vídeo caseiro chupando a rola do namorado dentro do carroxoxotas di quatro impinadas fotoscontos eroticos de pai e filhaComtos casadas fodidas pelo filho novinho do vizinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotico meu padrinho estava com shorte de,jogador ai eu so de sainha passei esfregando a bunda na frente deleporno mulheris con a perna meia canbotaconto erotico 30 cmcontos erotico subrinha novinha mais muito safadinhxxx conto Incesto+Minha mae saiu comigo