Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

PRIMEIRA VEZ QUE MEU NAMORADO ME ENRABOU

Vou me apresentar apenas com a inicial de meu nome, M. rnTenho 19 anos, sou morena, tenho um corpo definido, coxas grossas e seios fartos, que deixam F. doidinho de prazer...rnF. era um preto gostoso, não tem um corpo fortão porém é bem definido, tem uma pegada e uma coisa de dar inveja em qualquer marmanjo por aí...rnNa epoca que estavamos juntos, F. era doido para comer meu cuzinho, mas eu tinha muito receio pelo fato de todas dizerem que doi muito, até que um dia fomos á uma festa de amigos e já nas alturas da noite e depois de muita tequila e outras bebidas, ja estava rolando aquelas "mão bobas" de sempre, entrei no carro do meu namorado depois de muito custo, minha saia já estava quase toda levantada quando F. me olhou com aquela carinha dele que me deixava louca e percebeu que eu ja tinha dado sinal verde pra tudo que ele queria... Preferi que fosse em minha casa, pois F. tinha muitos amigos que poderiam interromper nossa noite na casa dele, fomos direto pra cozinha, pegamos umas garrafas e subimos pro meu quarto, ficamos bebendo e se tocando ali quando lembrei que tinha uns brinquedos em meu guarda roupa, então disse ao meu macho pra ficar sentado numa cadeira ali perto, ele então sacou que ja estava pra começar...rnEu estava deitada na cama, completamente arreganhada, e ha uns 1 metro e meio à minha frente, estava meu macho, sentado em uma cadeira, com a pica grossa na mão, fazendo movimentos leves pra cima e pra baixo, em minhas mao tinham bolinhas tailandesas, uma cordinha fina com 5 bolinhas presas a ela em fileira, eu chupava as bolinhas uma por uma, colocava todas em minha boca enquanto acariciava meu grelo, deixei as bolinhas bem molhadas e fui introduzinho uma poor uma na minha bct, a cada bolinha que entrava era um gemido que eu soltava, cada vez mais alto, depois de ter todas dentro de mim, eu puxei a cordinha bem devagar, meu macho ali na minha frente com a pica na mão gemia a cada bolinha que saia da minha bct . Introduzi todas novamente e ouvi ele dizer:"Deixa eu tirar.." me abri mais e chamei ele pra mais perto de mim, ele se aproximou e puxou a cordinha de uma vez sá, me fez estremesser e gemer alto, me mandou ficar de 4 e eu obedeci prontamente, fiquei de 4 na cama e me empinei, senti um tapa na minha bunda, soltei um gritinho, ele me bateu de novo, se abaixou e começou a chupar minha bct, eu sentia a lingua dele invadindo a entradinha da minha bct e eu gemia cada vez mais alto, ate que ele começou a chupar meu cuzinho, me arriei todinha ao sentir a lingua quente do meu macho me chupando, entao ele pegou a cordinha e forçou a primeira bolinha no meu cuzinho, gelei, soltei gritinhos de dor, mas deixei ele continuar, ele forçou a segunda, e na terceira bolinha a dor ja havia passado e deu lugar apenas ao tesao, ele terminou de enfiar as bolinhas tailandesas e mandou eu me empinar mais, obedeci, e de uma vez sá, ele puxou a cordinha me fazendo gritar alto de dor, ele ficou por cima de mim e foi enfiando um dedo no meu cuzinho, entrou com certa dificuldade, entao ele sussurrou em meu ouvido: "Geme pra mim, vadia..", e começou um vai e vem com o dedo no meu rabo ate que enfiou o segundo dedo, eu gemia, e rebolava nos dedos dele, ele saiu de cima de mim e tirou os dedos, senti falta de algo ali no meu rabinho, ate que senti a cabeça do pau dele forçando minha entradinha, ele parou, passou a cabeça da pica dele no melzinho da minha bct que a essa altura ja estava encharcada, voltou ao meu cu e forçou, senti entrar a cabeça grande e grossa, abaixei minha cabeça, me empinei mais, peguei um travesseiro e mordi o mesmo, pra abafar meus gritos de dor, enfiou mais alguns centimetros, nao aguentei e gritei alto, ele parou, segurou na minha cintura e disse:"Relaxa minha pretinha.." e entao socou tudo no meu cu, perdi o ar, cai na cama, fechei os olhos e senti ele suspendendo um pouco meu corpo e colocando um travesseiro por debaixo da minha bct, fazendo minha bunda ficar mais empinadinha, sem nenhuma dá de mim ele tirou o pau pela metade do meu cu e socou denovo com toda força, e começou um vai e vem mais lento, a dor passou pra um tesao imenso, redobrei as forças e fiquei de 4 pro meu macho, ele deu dois tapas na minha bunda e voltou a meter, comecei a rebolar bem gostoso no pau dele, e falei entre gemidos:"Isso gostoso, enraba sua safada vai aaaah", implorei por mais pica, e ele metia sem do em mim, me fazendo delirar de tesao, eu ja estava ofegante, levei minha mao ate minha bct e comecei a acariciar meu grelinho, gemendo mt alto, ele entao parou, deixou tudo socado e disse que ia deixar meu cuzinho cheio de porra, arrepiei, me empinei mais e pedi pra ele gozar, fiz uma voz mansa, virei meu rosto um pouco pro lado, o olhei, e fiz cara de safda, pedi:"goza vaai gostoso..", mal terminei a frase, e senti jatos de porra quente dentro de mim, fiquei loca, pressionei minha unha no meu grelho, soltei gritinhos de tesao, comecei a gozar tambem, me contorcendo na cama . quase enlouqueci..rnDesfaleci na cama, e o vi deitar do meu lado, as maos dele passavam por todo meu corpo, virei de ladinho e fiquei esfregando minha bunda no pau dele, levei minha mao pra tras, peguei aquela pica grossa e comecei a punhetar de leve, senti crescer na minha mao, mordi meus labios, senti ele levantar uma de minhas pernas e o ouvi sussurrar:"Gostosa.." arrepiei, ele colocou o pau na entradinha da minha bct e meteu, começou devagarsinho, me fudendo de ladinho e me fazendo gemer bem gostoso. Eu gemia cada vez mais alto, ate que ele saiu de tras de mim e me pegou no colo, me levou ate o banheiro, me encostou na parede e ligou o chuveiro, ele me beijava ardentemente, nao sei se era a agua quente caindo em nossos corpos ou se era o toque das maos dele por todo meu corpo, so sei que eu queria ele dentro de mim, eu precisava disso. Forcei meu corpo pra cima, ele pegou nas minhas coxas e posicionou seu pau entre minhas pernas, ele me prençou mais na parede e eu puxei o corpo dele pro meu, senti cada centimetro daquela pica me invadindo, gemi baixinho no ouvido dele, entao ele começou um vai e vem lento, e a medida que eu aumentava os gemidos, ele ia bombando mais rapido na minha bct. Colei meus labios nos dele e o beijei intensamente, chupei sua lingua enquanto ele metia mais, eu arranhava suas costas e senti meu corpo começar a tremer, fui rebolando, gemendo, delirado, ate que ouvi ele sussurrar:"Goza cachorra, goza.." senti um arrepio passar por todo meu corpo, entao ele socou forte na minha bct, soltei gemidos altos, fechei os olhos e comecei a gozar, ele continuava socando e eu arranhava as costas dele com mais vontade, ate que ele me pos no chao, segurou em meus cabelos, me fazendo ajoelhar na sua frente, entao o ouvi dizer:"Engole o pau do teu macho vai" nem pensei 2 vezes, abocanhei aquele pau, coloquei quase inteiro na minha boca, fiz um vai e vem rapido e fui diminuindo a velocidade, parei, lambi todo aquele membro, desde a base ate a cabecinha, passei a lingua peça cabeça enquanto olhava nos olhos dele, pedi:"Me dá leitinho mo..", sorri maliciosamente, e comecei a passar o pau dele nos meus labios, mordi, lambi, suguei, ate que senti ele me puxar pelos cabelos, abri a boca e bati com o pau dele na minha lingua, entao ele gozou, encheu minha boquinha de porra, abri a boca mostrando ela cheia do leite do meu macho, ele mordeu os labios e eu prontamente engoli tudinho, limpei o resto de gozo do pau dele e subi beijando a barriga, peitoral e o pescoço dele, parei em seus labios, mordi e puxei o labio inferior e falei:"Mais tarde eu quero mais amor.." pisquei e sai rebolando do box do banheiro pensando em todas as loucuras que eu faria com meu macho mais tarde....rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos picante de casada sem calcinha    contos eróticos transando com coroas separadascontos de coroa com novinhocontos flagrando a mãe cavalona traindo o pai minha namorada apertando meu pau com a sua bucetachantageada e humilhada pela empregada negracoroa de 40 carenteminha mulher para transar logo Ricardo que eu quero vercontos eroticos minha namorada virgemcoloquei tudo no cu da jovem contocontos erotico sou cazada beti punheta pro meu amigo pornoesposa exibicionista praia contoscontos eroticos meu primo mauricinhotravesti jhuly hillscontos eroticos incesto na infanciacontos porno ajudou marido comer sogracontos gay padrasto cuidou de mimcontos gays seu tiaoconto erotico amigas chupei cunhadaconto calcinha da maeConto de cadelinha depósito de porra dos machos no barcontos erodicos de cabrito macho fazendo sexo com gostosa zoolofiacontos eróticos de gay sendo comido pelo sobrinhocontos minha mãe me seduziu usando mini saiaa coroa bunduda negra é feriado pelo pelo banco dentro do ônibussou uma mulher casada mais adoro trai meu marido adoro da minha bucetinha meu cuzinho a outro homem e tambem adoro chupacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos buceta arrombadacomia mae contoscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscasadas video fletixe enteado cunhadocontos eroticos minha sobrinha meu amor part1contos eróticos de experiência bi de ninfetascontos eroticos esposa danadinhacontos menino lizinhoContos.Del.trabalho.mas.fudi.minha.enteada.bebada.contos eroticos pintinhozoofilia cavalo violentos o dedãoconto erotico piveteporno doido sumindo um emorme prinquedo na pusetacontos nascendo pelinhosmeus dois professores contos eróticoscasa dos contos o jegue de bigodesconto de botei a novinha pra chora com a pica grande no cuconto prima casada evangelivaContos eroticos cdzinha casal da minha tia mecontos eroticos delegadocontos erotico esposa ezibecontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosconto.de.cormotia gosta de ver pau enorme de sobrinanos 90ho classico gay doido por rola ..Quando ver uma ao delíriocontos eroticos arrombando a gordaSsssssss aaaaaaaiiiiiiiii gostoso gay transandocontos eroticos eu minha mulher e um travestisso sadomasoquismo com maridos e esposas contos eróticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos casal de coroa fazendo suruba com travecomeu cu engolidor de rola contosbundonas de30anos no cucontos de mecânicos casadosvamos a mulher Helena chupando sua filha com mulher mulher mulher mulher mulher mulher com mulher chupacontos de sexo no bus primeira vezContos eroticos com animaiscontos de zoofilia com varios caescontos eroticos de homens que vestem as calcinhas das esposas e saem com travesticonto novinha amigos do papaiconto tia peludacontos picante com sogropornô com cavalos mangalarga fazendo com mulheres no cavaletecontos eroticos fui comida na fazendaCU arrombado ABERTO madrasta contoconto erotico mamando nos peitos cheio de maninhacontos de traicao anal,postados no facebookContos minha esposa e uma morema muonto bumdida tem 1: 80 70 kl e foi enrrabada en casa num currasco meu amigo dormiu encasalésbicas esfregando pernas de rã veridico