Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

A FILHA DA MINHA NAMORADA 2

Depois da foda maravilhosa que tive com Marcinha naquela noite, dormi pensando que teria um problemão com aquela menina que mais queria chupar uma rola do que qualquer outra coisa, logo no dia seguinte acordei de pau duro e com ela me chupando. Ela chupava com gosto minha rola e quando disse que ia gosar ela chupou mais ainda, gosei em sua boca e ela correu pro banheiro pra poder se limpar e cuspir minha porra, voltou já de banho tomado e me deu um beijo delicioso na boca me desejando um bom dia.rnTomei meu banho de porta aberta mesmo e via que Marcinha não tirava os olhos do meu pau, bati uma punheta e gosei no chão mesmo, ela olhou e apenas disse: QUE DESPERDICIO! Terminei o banho, arrumei minha malinha basica, com poucas roupas, pois a maioria ja tinha ido de carro junto com a Marcia. Marcinha colocou um bikini fio dental e uma calça de ginastica por cima, um top sem sutien e uma jaqueta, colocou na minha mochila algumas roupas pois como sua irmã tinha o corpo parecido com o dela não levaria muitas roupas, mesmo sem levar muitas roupas acabou lotando minha mochila com as roupas dela. Saímos da casa dela eram por volta das 6 da manhã a viagem ia ser tranquila, iriamos demorar no maximo 2 horas pra chegar lá contando com a parada de uma hora pra tomar café na estrada, colo que paramos no posto da estrada, ela disse que iria no banheiro e foi na frente, eu fui pra lanchonete e esperei, quase 20 minutos e nada dela aparecer, fui então até a moto e de lá pude ver ela conversando com um rapaz que estava em um carro não consegui ver o rosto pois o vidro era fume, ela se despediu dele e voltou pra mim dizendo que era um amigo. Montou na garupa da moto pegou a mochila e retomamos a viagem, ela me abraçou e colocou sua mão dentro da minha calça e fomos pra praia com ela batendo uma pra mim bem devagar, logo que estavamos chegando na rua da casa eu gosei em sua mão e ela tirou a mão e limpou em sua calça mesmo na coxa do lado de tras da perna esquerda. Chegamos, comprimentei, Rogerio e sua namorada, comprimentei NIQUE, e fui pro quarto onda MARCIA ainda dormia, lhe dei um beijo delicioso e acabamos fodendo feito loucos até as 19 da manhã. Ela estava muito cansada e me pediu pra levar as crianças para a praia pra ela descançar e fazer o almoço, eu m etroquei, peguei o carro e fui, chegando lá Rogerio e NANDA sua namorada desceram junto com Marcinha e a NIQUE que estava no banco da frente ficou no carro pra ir comigo achar um luar pra estacionar e ajudar e levar as o resto das coisas. Achei um lugar bom em baixo de uma arvore em uma ruazinha pouco movimentada e que era sem saida, mas que ficava no alto, de onde dava para ver a praia toda, eu me afastei pra me espreguiçar e quando olhei em direção ao carro ví NIQUE abaixana sobre o porta malas com aquele bikini minusculo não pude parar de olhar e viajei com a visão meu pau endureceu na hora e ela percebeu pois me pegou olhando pra sua bunda e com o voluma indisfarsavel na sunga. Fiquei sem graça, peguei as coisas dei a chave pra ela do carro e fui meio que na frente pra não ter outra ereção, chegando no local onde eles estavam me deitei um pouco com meus áculos de sol e fiquei tomando sol, rogério me chamou pra ir pro mar com sua namorada e ele, acabei indo estavamos lá conversando de boa quando rogério me diz algo que me deixou ate sem folego na hora.rn-Sabe, a Nanda e eu conversamos muito sobre algums coisas e concordamos em algo, se você aceitar queriamos que você fosse o primeiro homem a realizar a fantasia dela de transar com mais de um cara, você aceita?rnFiquei sem saber oque fazer e o que dizer, e ele percebendo a minha reação, ou melhor a minha falta de reação me tranquilizou me falando que sua mãe nunca ficaria sabendo se eu aceitasse, nesse momento, senti um pé relando em minha virilha, como estavamos com agua pelo peito ngm percebia, mas Nanda tocava minha rola com o pé tentando me fazer aceitar a proposta, eu disse que iria pensar, Nanda se aproximou de mim e segurou firme o meu pau por cima da sunga que endureceu na hora, estava segurando ele e firme, olhou pra Rogerio e disse que eu tinha uma rola grande, quando ela ia abaixar minha sunga pra pegar nela por baixo da sunga, Marcinha vinha chegando onde estavamos e ela teve que parar. Ficamos os quatro alí na água até que por mais uns 20 minutos, até que Rogério falou que estava afim de comer alguma coisa e que iria pra casa comer, Marcinha disse para ele ir de carro e levar as coisas e depois voltar para nos buscar, ele aceitou e assim saiu do mar com Nanda, de onde estavamos vimos quando ele saiu com o carro, mas Nique ficou por lá.rnMarcinha disse que ia dar uma caminhada com a Nique para elas poderem ver os gatos, e assim saiu do mar, eu continuei onde estava e ví quando Nique e Marcinha foram em direção as uns rochedos que ficava alí perto, não estranhei a principio, pois achei que elas queriam fazer xixi, vi tbm dois negros e um loiro irem pelo mesmo caminho que o delas e resolvi então ir atrás pra segurança delas, demorei aproximadamente uns 20 minutos pra chegar até o começo do rochedo e comecei a ir entrando pelo meio das pedras sem avistar nem ela nem os rapazes, eu ia com cuidado para não fazer barulho, pois se elas me vissem falaria que havia sá ido mijar.rnQuando estava subindo uma pedra comecei ouvir a voz de Nique dizendo pra parar, achei que ela pudesse estar em perigo, mas mesmo assim fui devagar, ouvi tbm Marcinha gemendo, me acomodei em um lugarde onde eu poderia vez eles de cima sem ser visto e de lá eu ví que Marcinha chupava uma rola enorme de um dos negros enquanto o rapaz loiro comia o cu de Nique com força, não demorou muito e o rapaz loiro tirou a rola do cu da Nique e gosou em sua cara, logo em seguida o negro que Marcinha chupava tratou de assumir o lugar e meteu sem dá no cu de Nique, ficou por mais ou menos uns 20 minutos metendo enquanto Marcinha chupava o outro rapaz negro preparando sua rola para entrar no cu de sua irmã, eu a essas alturas batia uma punheta vendo aquela imagem linda.rnO negro gosou dentro do cu dela e o outro ja assumiu o seu lugar imediatamente metendo também sem dá em Nique, esse demorou mais, aproximadamente uns 30 minutos e acabou gosando na boca de Nique, chamando ela de loirinha vagabunda. Assim que ela gosou eu tratei de voltar para a praia, e quando ia descendo das pedras dei de frente com Rogerio que ja havia voltado para nos buscar, perguntou de suas irmãs e eu disse que estavam ali nas pedras fazendo xixi, nos afastamos um pouco e vimos elas sairem das pedras, elas ficaram meio com cara de assustadas de nos ver alí e mais ainda quando Rogerio lhes entregou a chave do carro dizendo pra elas irem na frente que ele iria nas pedras pra mijar, ele me chamou pra ir junto e quando entramos vimos os tres rapazes saindo de lá e comentando sobre as duas.rn-Rapaz essa loirinha é uma puta mesmo sá quer dar o cu e chupar rola, e a outra é uma chupetera de primeira, bem que eu desconfiei lá no posto de gasolina quando ela me disse que estaria aqui hoje com sua irmã que ela queria era rola!rnMijamos e voltamos pro carro, eu tentei explicar para Rogerio que os rapazes falavam de outras garotas, mas ele fez questão de me cortar dizendo que ja sabia que suas irmãs eram duas putas e que davam pra qualquer um e que tinha estranhado que nenhuma delas tivesse dado em cima de mim ainda!rnNo caminho até o carro ele foi me explicando o plano pra eu poder sair com ele e a namorada, logo que fomos entrar no carro, ele foi na frente e suas irmãs no banco de trás, chegamos cada um foi tomar banho no banheiro coletivo e eu fui pro banheiro do quarto de Marcia, estava tomando banho com Marcia quando começamos a nos beijar e o clima esquentou, ela se abaixou e começou a chupar minha rola de uma forma que eu jamais havia visto ela chupar antes até estranhei um pouco sua atitude e sua furia nas chupadas, mas como estava gostoso deixei rolar, ligamos a ducha e deichamos a banheira encher de agua quante enquanto transavamos gostoso, ela sentou em cima de minha rola e começou a rebolar me chamando de cachorro de filho da puta, estava quase gosando quando ela parou e ordenou.rn-Come meu cu seu filho da puta! Arromba essa sua vaca, como esse rabão que é sá seu com essa sua rola deliciosa vai, me rasga no meio!rnEu então metí sem dá nem piedade naquele cusão guloso que mais parecia um forno de tão quente, quando ia gosar ela parou, se ajoelhou na minha frente e começou a bater uma pra mim com a boca aberta, a porta do banheiro estava entreaberta e eu percebi um vulto na porta, ao olhar mais fixamente, percebi que eram NIQUE e MARCINHA que estavam alí, olhei pras duas, segurei Marcia com furia pelos cabelos e disse:rn-Você quer é porra ne sua vaca? Vai beber toda minha porra até a ultima gota pra aprender. Sua puta gostosa, sua vaca...rnGosei em sua boca olhando pras duas na porta, depois nos lavamos e fomos dormir um pouco, eu dormi sem roupa assim como Marcia e sá acordei cerca de uma hora depois com um barulho no banheiro, olhei pro lado e ví que Marcia não estava ao meu lado, acordei de pau duro e fui de pau duro mesmo pro banheiro certo de que acharia Marcia lá, mas tive uma grande surpresa ao chegar lá ver que NANDA a namorada de Rogerio quem estava na banheira, ela me olhou com olhar de desejo diretamente pra minha rola dura me chamando pra me aproximar mais dela...rnrnMAS ISSO FICA PRA PRÓXIMA HISTÓRIA!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


filme pornô com gordinhas empadãocontos travesti no acampamentocontos forçada a ser a puta da empresaxontos erotios menino com roupa de meninaCONTOSPORNO.sapecacontos eroticos travestis fudendo frentistas do posto de gasolina gayscontos enrabada no trabalhadoaaaaah. chupa minha bucetinha vai. isso. vou gozar na sua boca. me faz gozarpono doido minha tia e muito acabei comendo ela na cama areganhadacont erot recem casada um velho mecontos eroticos me comeram feito puta e chingada de vadia e cadelaconto erotico namoradinhos de infanciao bundão de minha mãe . parte 2. contostia peruca gosta de chupar pau e a buceta sai muita gozasexo em okinawa casada flagacontos eróticos ensinando à casada gostosa à gozarcontos de mulheres que tomaram ativador sexualcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteboduda na acadminha fode com o alunoas meninas brincaram com meu pau contoscuzinho de entiada contos veridicocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteA mulher do meu amigo gemeu baixinho na minha vara pra ele não ouvirtravestis novinha do corpo do corpo bonito transandominha sogra e ninfomaniaca contocontos: puto dando ao ar livrecontos eróticos meu erromeninas piranhas de calcinha fio dentalcontos eroticos de pijaminha provocandoContos moro no interios até que enfim cumi o cu da minha irmã gordaMinha sobrinha ligia conto eroticovem putinha vou te esfolar vadiazinha contocontos Minha esposa rabuda provocando de shortinho contos swingEu, minha sogra e meu marido-contos-incestocantos erótico só dei do Forró Bombadocontos eróticos Simone só dorme si chupar o pau do papaicontos eroticos de pai e filhavídeos de lésbicas com grandes mentes se massageandoxvidio.esfregando o pau so no short vermelinhocunhadinha dando o cu apoiando na mesalesbicascoroascontoscontos erotico comi minha namorada sei camizinhaContoseroticos novinha magrinha virgem estupradas pelo tiovideos dos cara que tem ho pau enorme arrebentando bucetas de branquinhasNayara chupando contocontos eroticos traindo marido no futebolcontos eroticos garotinhaContos eroticos minha mulher dormindo e eu louco pra fudelaComtos erotecos de imcesto minha mae sentou no meu colocontos eroticos incerto dotado comeu cu da propria mae e irma juntascontos de sexo depilei minha bucetaseios redondinho e bicudos trepano videosConto erotico contando minhas tranzas para meu pai e acabou me comendocontos gay dando para o cachorrocalcinha ate joelhos contos eroticosdei para um negão desconhecidocontos eroticos de incesto inversão com mãe e filhinhocnto mulher de ssia entra no cineporno pela primeira vez e deu para varioscomendo a família toda contos eroticoscontos eroticos traiçaoamiga foi tomsr um cafezinho na cozinha peguei pir tras e comi o rabo dela gratusconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontoseroticoscommaridoconto amante montou no meu cuzinho virgemcontos de velhos taradoscontos sadomasoquismo extremoContos eróticos mães com a buceta peluda e cheiro fortevi minha esposa dando mole contosmete até o talo tio contocoMendo amigadaminha irmã ruivapornodoidoconto esposa ajudou dar banho no bebadohomen em purra seus ovos no cu de brunaconto erótico Gabriela Cravo e Canelatira a roupa vadia q vou te comer sua buceta gostosacontoas filha foi pescar com pai e ele atolou no cu dela a geba groossa sem docasa do conto chantagem para esposaconto lesbico tia iniciando a sobrinhabeliche conto heterobate papo gay em Santarém Paráhistorias de afilhdas trepano com padrinhoprimeira vez que comi meu amigogarota da buceta grande cetado nado negãohistoria porno gay, paguei boquete no amigo carloscontos eróticos minha tia de baby dollcontos viciada em analcontos de coroa com novinhocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html