Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

COMI 2 AS MENINAS, MAS ACABEI DE ARREPENDENDO NO F

Ola Sou loiro tenho, cerca de 1,76 alt. 85 kg olhos verdes.rnrnTenho 24 anos e moro na cidade de Ponta Grossa Paraná.rnrnVamos ao conto...rnRecentemente contratei mais uma estagiaria para minha loja de informática. A antiga estagiaria, tinha efetivado ela. Vou chamá-la de Adriana. A Adriana já estava trabalhando comigo a mais de 1 ano. Uma menina muito linda. Quando ela entrou tinha 19 anos, morena clara,cabelos longos lisos pretos ( pela meio das costas ) devia ter os seus 1,60 43kg, olhos pretos . Por ser uma menina magrinha, acaba sendo pequenas as partes. Bundinha pequena, mas redondinha, e peitos pequenos, mas bem redondinhos. Muito experta, sá que com muitos problemas financeiros. Por isso desde cedo trabalha.rnSempre tive muito tesão por ela, e pela sua beleza. Mas como eu sei as merda que da de patrão atacar funcionário, ou estagiário, o medo sempre me afastou disso. Com nossa convivência diariamente no mesmo ambiente, acabamos sendo amigos, e rola piadas, apelidos, risadas, e ate brincadeiras e piadas relacionadas a sexo...rnEntão a nova estagia, ( Mariana ) logo foi pegando a mesma confiança que tínhamos com a Adriana ( 19 ). E em 2 meses, acho que já se sentia a vontade como a Adriana. A Mariana era muito baixinha, 1,55 alt, uns 40 kg 19 aninhos. Pele branca, olhos verdes, cabelos longos meios encaracolados, ate o ombro, por ser baixinha a bunda e grandinha, e peitos quase do tamanho da minha funcionária. Muito gostosinha e toda meiguinha.rnO rolo realmente começa a umas 2 semanas, quando me apareceu um serviço de instalação de rede, num barracão na cidade de Carimbei. Uma cidade a 19 km aqui de Ponta Grossa. Fui com as minhas 2 meninas, pois o serviço era chato de ficar passando os cabos de rede, e sozinho era algo impossível. Na ida estávamos todos ate rindo, mas eu via na cara da Adri que tava meio triste, e fomos falando merda, até chegar em Carambeí. No caminho o assunto logo virou sexo. Eu sabia que a Adri não era virgem, vivia dando por ai, nas baladas e ela sempre me contava com quem ?ficava? e a Mari, toda sem graça falou que tinha perdido naquele final de semana, com um namoradinho de 1 mês, que ela tem. Nossa como nos demos risada ...rnEu vou ser bem sincero, comecei a pensar altas coisas com aquela menina. Mas fico sá no sonho né. Durante o serviço fiquei olhando as duas, de calça jeans coladas, subindo e descendo escadas. Tava muito louco. Logo perguntei para a Adri o por que ela estava triste? Ela me falou que tava com umas contas atrasadas de cartão de credito, de 500,00... e coisa e tal, e que não saberia como pagar.. e logo todos nos demos risadas...e tirando saro...que é foda gastar mais do que ganha... Depois a Mari foi no banheiro e ficou sá eu e Adri e falei brincado para ela...kkk Se quiser te dou 1.000,00 por 2 horas com as duas juntas...e ela .. falou ...- bem capaz ...nao sou disso ..e deu risada...rnAcabamos o serviço e voltamos para Ponta Grossa. No dia seguinte quando entrei na loja, vi a Mari me olhando com uma cara de desaprovação, e cheguei junto na Adri e perguntei, o que houve? A cadela tinha contado para a Mari. E que ela não era esse tipo de menina, daí eu cheguei e falei que falei aquilo de brincadeira..bla bla bla. Tentei me safar.rnPassou mais um dois dias, e tudo continuava numa boa, ate que a Mari chegou em mim, e falou:rn- Leo, é serio o que você propôs para a Adri ?rnNessa hora eu não sabia que partia pelo SIM ou falava que é Brincadeira, pois era algo que eu achava impossível de acontecer... Daí resolvi arriscarrn- Falei brincado... Mas se quiserem, pode ser néh ?rnEla me olhou com uma cara.. E saiu... Achei que tinha feito a merda...Logo veio a Adri e falou, : Leo, na boa você da para nás o dinheiro? Nessa hora achei que tava serio. E confirmei.rnElas juntas, falaram que transavam comigo juntas. Mas não rolaria nada por traz, e que ninquem ficasse sabendo e morre-se ali a historia.rnEu mal estava acreditando, e aceitei... e marquei para o mesmo dia depois das 6:00 da tarde.rnLogo fechamos o escritário e fomos os 3 para o motel.rnEra o meu sonho e de todo homem ter 2 bucetas ao mesmo tempo.rnChegamos lá, foi aquela sensação muito estranha, não saber o que fazer ...Os 3 um olhando para a cara do outro. Comecei a tirar a roupa e ficar de cueca, pois ate aquele momento eu achei que poderia ser sacanagem das duas. Logo elas ficaram sá de calcinha. Não tínhamos o clima. Tive que apelas pegar umas latinhas de cerveja. Logo começamos a conversar e rir um pouco. Eu via elas andando para um lado e para o outro, sá de calcinha. Eu estava adorando aquilo. Via os peitos delas balançarem, pois era a primeira vez que a Mari estava num motel, ela via a decoração, a iluminação. Nessa hora meu pinto tava, apontado a cabecinha para fora da cueca, me levantei da beirada da cama, e fui fazer o que tinha que fazer, a Mari tinha uma carinha de choro. ( tava visível que ela tava fazendo aquilo pela Adri )rnCheguei e tirei a calcinha da Adri, deitei ela na cama, e fui colocando o pinto logo na bucetinha dela, eu estava tão desesperado, que nem chupei nem nada...Mal dei uns beijos sá para quebrar o gelo, e comecei o vai e vem. Olhei para o lado e vi a Mari, sentadinha numa cadeira, sá de calcinha. Chamei ela para entrar junto na brincadeira, daí ela, falou que Não. Pois era primeiro com uma e depois com a outra. Nossa que raiva me deu naquela hora, pois isso eu não queria. Logo a Adri que estava em baixo de frango assado, adorando e gemendo, me falou no meu ouvido, : - não se preocupe que dou um jeito nisso.rnNossa comecei a meter pra valer, e acabei achando que era uma buceta muito sem graça, acho que ela devia dar de mais. Não era apertadinha, era com os beiços saltados assim para fora, e meio peludinha. Logo comecei a querer gozar, ela virou de quatro e comecei a socar com vontade, e anunciei que ia gozar, ela desencaixou, e começou a me punhetar e fez eu gozar nos peitos dela.... Fiquei ate meio sem graça na hora, pois não tinha saído muito. Logo tomei banho e parti pra cima da Mari. Muitos beijos e chupei os peitinhos dela, logo meu pau deu sinal de vida, virei ela de frango assado e coloquei, lembrando que eu era o 2 pinto da bucetinha dela..Nossa aquela bucetinha compensou, era apertadinha,bem aparadinha, poucos pelinhos, sá o famoso bigodinho de Hiltler.Sentia entrar e sair muito gostoso, mas para o meu espanto, a Mari, logo comeceu a gemer e e gritar, arcava as costas para traz...Tinha gozado com apenas uns 3 minutos de metecão. Que raiva eu fiquei, quando ela gozou. Ela simplesmente abriu as pernas e fazia o que eu pedia... Tinha amolecido...Virei ela de quatro e fiquei metendo nela por traz, nessa hora eu tava meio chateado, me arrependendo ate o ultimo de ter ido com elas ali, e achado que tinha jogado fora 1.000,00rnNessa hora chega a Adri, e senta na beirada da cama, e começa a passar a Mao, nas costas da Mari, e eu vi que a Mari não gostou, e logo começou a passar a língua nas costas dela em quanto eu socava na bucetinha dela por traz, e ela lambia olhando nos meus olhos. Isso era um delicia, algo inexplicável. Logo a Adri foi descendo a língua e por baixo começou a chupar os peitos da Mari.rnEu parei deitei na cama, peguei a Mari, e fiz ela cavalgar no pau, peguei a Adri e coloquei para ela cavalgar com a buceta na minha boca. Naquele momento me senti realizado, um sonho. Comer uma buceta e chupar outra. Olhava a Adri chupando os dois peitinhos da Mari, e rebolava na minha cara. Percebia a certa pratica, que ela tinha nisso. Nisso comecei a gozar dentro da Mari, tava nem ai. Era muita putaria, do jeito que eu sonhava. Deitei na cama no meio das delas. Nos 3 pelados, deitados era algo muito gostoso também, e pedi algo que parecia que tinha pedido o cuzinho delas... Pedi que ela desse um beijo na boca. Depois de muitas insistência consegui ver isso. Muito gostoso. Ficamos naquele motel por mais de 3 horas, pois o clima de putaria tinha tomado conta de nos 3.rnNo dia seguinte quando entramos no escritário, via-se na cara das duas o arrependimento de ter feito isso. Entreguei o dinheiro para a Adri, ela pegou os R$ 500,00 e deu os outros R$ 500,00 para a Mari. Daí que eu fiquei sabendo que ela também estava precisando.rnPassou uns dias e as coisas, agora que começaram a voltar ao normal. Realizei meu sonho, mas me arrependi de ter comido elas, pois eu acho que acabou um pouco aquele clima de amizade.rnGente essa foi minha historia que aconteceu, é verdadeira e vim aqui contar, para vocês. E gostaria que vocês, votassem pelo conto, e não pelo português.rnMeninas Qualquer coisa, podem me [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


CU arrombado ABERTO madrasta contoContos dei o cuzinho para a travesti fabiola voguelvideos de cornos que chuupamporno gay cara com video game no rosto e o outro chega fode logoMeu sogro cheirou minha calcinhacontos eróticos puta testemunha de jeovámarido realizando sonhos eroticos da esposacontos eroticos- paguei minha filha pra cheirar sua calcinhacontos eróticos gay meu sobrinho rabou meu marido na minha frentecontos fui cornoconto eróticos incesto pai arrombamennao resisti a buceta da minha maeContos gays de cinta liga e fio dentalFernanda jeitim nuacontos eroticos sou casada realizei o desejo do meu sobrinhoconto gay flagrei meu pai massageando o cuconto eroticos meu genrocontos eroticos feminino cunhadocontos eroticos dez anosnelma putinha rabudacontoseroticos eu minha maeContos eróticos fériassou viciada em zoofiliainseseto commforcacontos a travesti e minha mae fudendominha esposa pagou pra ser arregaçadacontos eroticos querendo uma rapidinhaconto erotico de tia coroa negra gostosavideo gay meu irmao me estuproucontos eroticos arrombando a gordacontos erótico paizão enrabar filho gayGozei Filha COnto mete meteporno comendo minha cuinhada de peitinho ruivoas mais linda esguichada na punhetaprimeira vez q comi meu amigoConto erótico me deu sonífero comeu minha bucetaconto porno come o cu da minha cunhada e a amante e sua amigacavalonas de casa disse apertadaecotra coroa que.evie vido sexo avivoaposta inversão contos eróticoscontos de coroa com novinhocontos eróticos me pegaram a força no meu trabalhoempregada ê chantageada e tem que dar para seu patrao o cabacinhoaaaaah. chupa minha bucetinha vai. isso. vou gozar na sua boca. me faz gozarMae com a mao quebrada conto incestocontos bi fui espia meu tio fuder minha tia e dei pro titio com minha tia assistindocontos erótico perdi a virgindade da b***** e do ku com meu patrãocontos eu e meu marido adoramos ir no cinema ver pornoContos eróticos chupando o cu cabeludo da minha mãeEnchi a buceta da sogra de.porra contogozando vendo a tia lavando roupaContos eroticos estrupei minha filha renata por ver filmes porno de pai e filha no meu computadorconto erotico eu gozei dentrocontos eroticos de como meu amigo me comendoMenina da pracinha, contoContos o dia que o mendigo me rasgouPai filha chuva dourada contos euroticosEU TIRANDO FOTO MINHA BUNDA DE CALCINHA FETICHE OLHANDO ESPELHO MINH BUNDAmeu primo e minha amiga contos eróticosmulher com contracionar peladacontos eroticos meu cunhado estourou meu cabacinhocontos eróticos enormes nadegasContos sogra medindo o tamanho do pauolha o pezinho dela todo gozadinhoConto herotico lesbica entre mãe e filhinhaver bpceta bem grandecontos eroticos tio da vendinha tirou meu cabacinhocontos de clientes mulheres que vão se depilar e as depiladoras chupam suas bucetasMeu amigo me convenceu eu deixa ele chupa no meu pau o mineirinho que me cativou 2contos eroticos sou casada mas adoro pica de cavalosContos comi a mulher de amigo bebadaconto herotico engravidem uma branquinha