Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Jß estß liberada a ßrea de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

SENTI ALGO DIFERENTE PELA MINHA IRM├

Bom,vou come├┬žar aqui a contar minha historia,que ├┬ę um fato na verdade pq ├┬ę real.



Por motivo de sigilo vou usar nomes diferente dos nomes reais.



Me chamo Carla,tenho 19 anos,cabelos loiros,olhos azuis,1;68,60k,minha irm├┬ú se chama Tati,14 anos,olhos verdes,um corpinho bonitino,seios medios,cabelos loiros,ou seja linda ela.



Moro em sp,capital so bissexual des dos 19 anos quando come├┬žei com brincadeiras inocentes com minhas amigas,acabei tendo experiencias e come├┬žei a gostar de meninas tb,coisa que hoje em dia ├┬ę praticamente normal para uma menina da minha idade.O que aconteceu comigo foi uma coisa que eu nunca imaginava que aconteceria,eu vou contar agora como tudu come├┬žou.



Era um dia normal,eu fui pra escola de manha e a tarde faria um trabalho com uma menina da minha sala com quem eu estava ficando na ocasi├┬úo,minha irm├┬ú naum iria a escola pq tinha caido de patins e acabou deslocando o ombro e quebrando um dedo da m├┬úo.Cheguei da escola e ja fui logo tomar um banho pois estava muito calor nesse dia,minha irma assistia televis├┬úo no quarto dela,entrei disse oi e deu um beijo nela como eu sempre fazia quando chegava da escola,fui pro banho e logo que sai e me troquei,minha amiga com quem eu faria o trabalho chegava sendo recepcionada pela minha irm├┬ú.Tomamos um suco e subimos para meu querto para come├┬žar o nosso trabalho,come├┬žamos a fazer e logo paramos para um lanche,no momento que passei em frente o quarto da minha irm├┬ú olhei pra dentro e vi que ela estava dormindo,descemos fizemos um lanche e voltamos para o quarto.Como minha irma estava dormindo,aproveitamos para ficar um mais avontade e curtir um poco,come├┬žamos a nos beijar ardentemente,acabamos deitando na minha cama e por um momento esqueci tudu e me entreguei totalmente aos nossos beijos e caricias,depois de um momento eu parei pq tinha uma sensa├┬ž├┬úo estranha,de alguem estar espiando,como minha m├┬úe era infermeira e trabalhava o dia todo e meu pai era separado dela e naum morava com a gente,s├┬│ podia ser uma pessoa que estava ali espiando,minha irm├┬ú.Ohei para a porta e vi ela parada em frente,com uma cara de assustada e meia passada com que tinha visto.Depois disso terminamos o trabalho e minha amiga foi embora pra casa dela,e eu trancada no meu quarto umaginando qual seria a rea├┬ž├┬úo da minha irma depois do que ela tinha visto.O tempo passou e eu resolvi sair do quarto,desci as escadas e me deparei de frente com ela assistindo tv na sala,fiquei com muita vergonha e passei pela frente dela pra cozinha sem olhar para o lado em que ela estava.Passou 2 dias e eu ainda naum tinha falado uma palavra com minha irm├┬ú,eu mal olhava na cara dela,foi quando resolvi ter uma conversa com ela e esclarecer de uma vez por todas o que ela tinha presenciado,olhei pro corredor e vi ela entrando em seu quarto,fui atras entrei fechei a porta e disse a ela ' precisamos conversar'.Ela olhou um poco assustada tentando fingir que nada tinha acontecido,e eu disse 'preciso te far algumas coisas sobre mim' fiquei por quase 2 horas conversando,explicando que eu gostava de meninas e tentando fazer com que nem passace pela cabe├┬ža dela contar a minha mae oq ela tinha visto,conversamos e ela entendeu e me disse que era normal e que o importante era minha felicidade e que ela me dava todo o apoio do mundo,nos abra├┬žamos e eu em fim tirei o peso da minha consiencia,mas momentos depois um pedido dela me deixou muito assustada,ela disse para mim'o ca ja que vc gosta de meninas e agora naum temos mais segredos eu queria te pedir uma coisa,eu tenho muita vontade de beijar uma menina s├┬│ por curiosidade pq todos dizem que o beijo de 2 meninas ├┬ę melhor,mas tenho vergonha de pedir para alguma amiga minha,vc pode me dar um beijo pra mim ver como ├┬ę?',nesse momento fiquei paralizada,naum sabia oq dizer,e nem oq fazer minha pernas tremeram,pq apesar de gostar de meninas,nunca tinha passado essa ideia pela minha cabe├┬ža de beijar minha propria irma .Eu paralizada e ela sentada ao meu lado esperando minha resposta,depois se um tempo eu disse:'mais tati,somos irmas'e ela respondeu:'por isso que estou te pedindo,eu sei que ├┬ę pecado mais ├┬ę um beijinho de nada,s├┬│ pra mim experimentar' ela sentou um poco mais perto colocou a m├┬úo em meu rosto e eu num tive saida,come├┬žamos um beijo bem devagar, estranho no come├┬žo,mais em poucos segundos eu esqueci que era minha irma e curti aquele beijo delicioso que eu recebia,depois de um tempo paramos e ela me deu um abra├┬žo e agradeceu o "favor" que eu tnha feito a ela,eu continuei sentada ainda meio assustada com oq tinha acontecido,reparei que eu estava molhada por dentro da calcinha,e percebi que eu tinha sentido muito tes├┬úo com o beijo.Aquilo ficou martelando na minha cabe├┬ža por muito tempo,e apartir desse beijo,come├┬žei a olhar minha irm├┬úzinha com outros olhos,reparava no seu corpo lindo,seu rostinho anjelical,seus p├┬ęzinhos pequenos e lindinhos,seu olhar inocente e ai eu cai na real e vi que estava fissurada em minha irma,querendo ir alem do que fomos no dia em que nos beijamos.Me senti mal por isso,sabia que era pecado,mas naum conseguia conter o desejo pela minha irma.Sempre tomavamos banho juntas nos viamos direto nuas,e o dia em que vi minha irma nua no quarto e senti vontade de me masturbar vendo aquele corpinho lindo,coloquei uma coisa na minha cabe├┬ža,Eu vo tarnsa com a minha irm├┬ú.



bom isso foi como come├┬žou minha historia,se gostarem e quiserem que eu conte como foi depois disso,a primeira vez que transamos,me enviem email ou deixem seu comentario que eu continuo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEă├O DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


transando pela primeira vez no boa f***cunhadinha dando o cu apoiando na mesaconto er├│ticos l├íbios rom├ónticoscontos eroticos vestido coladomulher s├│ de fio-dental e buchudo querendo transando com homemcontos eroticos minha mae e uma safada e meu pai um corno liberalver contos com fotos excitantes no onibus.contos de maes flagando fihos punheteiroscontos eroticos esposa manda no cornoConto comi a familia todacontos erotico de virgem estrupada por a lambida de animalcontos er├│ticos de Paula de Floripa Santa Catarinavideos de mulheres mamandoleitee no peito da outravidio porno gay em hot├ęis ospede e garconcontos erotico meu padrinho estava com shorte de,jogador ai eu so de sainha passei esfregando a bunda na frente deleContos er├│ticos sentei no pau duro do meu namoradocontos erotico meu pai e meu tio armaram pra fuder eu e minha primacontos gozei no papaicontoseroticos/maeiniciandofilhacontos er├│ticos comendo grama gr├ívidaConto troquei o oleo com meu patraocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosamiga se fudrndo com a m├úocontos eroticos Araguainacontos gays papaizinhocontos de tias vi├║vacontos er├│ticos marido n├úo importoubuceta ebumdaovou castigar seu cuzinhoporno fui estudar na casa da prima gostosa e ela dise que ia ter aula de fideconto gay cu cheio porracantos erotico brincando de baralho com sobrinhavideos em portugues de novinhas semdo comidas por neg├ęs pistoludos?contos er├│ticos marido n├úo importouporno produto gruda pinto na bucetameu marido adora me ver toda gozadacontos eroticos de incesto: manha mae me ensino a Transar 2Contos er├│ticos de gay comi o filho do meu patr├úocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos chorando com o pau enterrado no cu rancando bostacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos escritos incesto vov├┤ e eu.contos eroticos de maridos brochascomo fazer pra minha sogra ter tezao por mimrelatos deliciosos de sexoan├úo transando com jamaiscontos er├│ticos engravidei de um garotocontos chupando o pau do tio da creccontos chupando o pau do tio da creccontos er├│ticos comendo minha alunafui ensinar a sobringa dirigir ea fudifraguei minha mulher m traindo curitibaContos eroticos minhas irmas e minha mae fizeram um gang bang com muitos negoes no sitiocontos eroticos o tio safado e pintudoestoria porno a fantasia do meu marido e c cornoA mulher do meu amigo gemeu baixinho na minha vara pra ele n├úo ouvirdelicia conto heterocontos eroticos tava todos na praia eu vim buscar minha sogra que tava trabalhacontos eroticos a calcinha da patroaconto erotico 30 cmcontos eroticos acordar minha filhaConto porno com escravo bem dotadocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentewww.meti na minha filha a for├žacontos eroticos tio comendo sobrinhascontos fam├şlia liberalcontos eroticos coroas negrasfilme de sexo com homens acordem no p├¬nis grossonoivinha com meu pai conto de cornoconto sacanagem com a.primameu subrinho enfiou o dedo no meu cu contocontos er├│ticos da casa da irm├ú queridaContos nossas filhinhas safadas festa junina conto er├│ticosimpatia comer cunhadagostosao aguenta doi pipinos no c├║Desenho porno pai bota filhar pra domir i fode ela todinharfumei maconha e entrei na rola contosConto erotico bunda a enteada mas velha.coroa da buceta griluda espirando poro logeconto erotico incesto sonifero filhaler conto porn├┤ de i****** ajudando minha filharaparam minha buceta a for├ža contos.contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos er├│ticos minha amiga casadaConto erotico comi a coroa negra amiga da minha maeContos pirralha inocenteporno do irmao que fode a prima de 4minutodbuceta carnuda comtos de sexotrans passivo picudo goza na boca do homem pornodoidoainda havia dor mamilo grande e pontudo v├şdeo porn├┤Fui violada por pirocao contos eroticosme amarro nos peitos delacnto mulher de ssia entra no cineporno pela primeira vez e deu para variosnamorada sem calcinha no sof├í mostrando a b***** para o namorado e f****** com eleContos Eroticos Dando a Buceta Pro Meu Vizinho Brenno