Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

ARROMBANDO A GORDA

Meu nome é *João tenho 43anos(Não muito alto, corpo normal e barbudo), eu vou contar um fato que aconteceu numa boate no Rio de janeiro. Era uma sexta quando 2 amigos meus me chamaram para tomar umas em uma boate do centro apás sair do trabalho, um de 42(solteiro, alto, branco e tinha um problema na perna que mancava desde novo) e outro de 45( careca, alto, moreno e magro).

Estavamos cansados do trabalho e queriamos descançar, sou divorciado, 1 é solteiro e o outro é casado, mas sua mulher estava viajando. Bom, apás muitas cervejas, já estavamos falando alto e muita sacanagem, foi quando notamos um grupinho de mulheres dançando chamando muita atenção, sá mulher do corpão, eram 3, elas chamavam a atenção da boate, mas notamos depois uma menina que estava com elas, sá que esta não tinha corpão, era bem gorda, gorda mesmo, com uma cara de safada, cabelo grande preto e liso, seios grandes e uma bundona branca, ela nás olhava, meu amigo *Sergio(45 - casado) ja muito alterado, viu e falou, putzzz, a gordinha ta olhando pra gente, tinha um rostinho de criança,deveria ter seus 25 a 26 aninhos e as outras não estavam nem ai pra gente, afinal, não temos também um padrão de beleza física para chamar atenção e nem mais tão pouca idade. O *Osvaldo(42 - solteiro) completou, eu errabava essa gordinha de jeito. A gordinha, não parava de olhar, e suas amigas já estava flertando com outros caras sarados e mais novos, foi quando o Osvaldo já tonto também resolveu ir dançar com ela, ela percebeu e virou-se dando as costas para a nossa mesa, ela usava um vestido preto +- até o joelho, que tinha uma saia rodada mais era bem justo na frente com um decote V que mostrava o tamando de seus peitos. O Osvaldo foi encostando na bunda dela como se a encoxasse, ficamos olhando de longe, até que para nossa surpresa ele levantou o vestido dela atrás mostrando sua bundona branca e rindo, ela deixava, paracia fingir que não percebia... rimos muito da cena, mas percebia que a excitação tomava conta dos 3... o Osvaldo não satisfeito deu uma dedada tão forte no rabão dela que ela chegou da um pulinho indo pra frente, ela olhou para trás e fez uma cara de quem não gostou, parecia está muito tomada também, mas continuou perto do Osvaldo que logo depois falou alguma coisa em seu ouvido e veio sentar na mesa, quando chegou disse que tinha chamado ela para dar umas voltinhas e que iria nás deixar em casa primeiro e depois sair com ela, a gordinha estava falando com as amigas que iria dar uma saida mas que voltava e veio em nossa direção, então saimos da boate os 4. Estavamos todos no carro do Sergio, que ficara de emprestar o carro para o Osvaldo sair com a gorda. Sergio foi dirigindo, eu no banco do carona e a Gorda atrás com o Osvaldo que no carro mesmo já começou a putaria, a menina parecia ter um pouco de vergonha da gente mas parecia estar gostando, minha pica estava latejando por causa da menina e vi que a do Sergio tb. O Osvaldo havia metido a mão dentro do vestido dela e puxado os peitões dela pra fora do vertido pelo decote e mamava, eu olhava e resolvi tirar proveito, pedi ela para ficar no meio dos bancos e abrir as pernas, a vaca logo o fez suspirando, usava uma calcinha que mal cobria seu bucetão, eu cheguei um pouco a sua calcinha pro lado e soquei 2 dedos de uma vez na sua bucetona e dei 2 estocadas, tive dificuldades por causa da grossura das pernas mas isso me deixava mais exitado ainda, ela suspirou, o Sergio tomado pela situação e com o cheiro de Sexo disse que queria um pouco daquela carne macia tb e disse que agora ela ia ter que se virar com 3... para minha surpresa ela parecia não se importar muito e disse, é sá não me machucar, quando falou isso de forma bem embolada notei o tanto que estava tonta... Osvaldo abriu a calça e colocou a pica pra fora puxando a cabeça dela forçando ir de encontro ao seu pau, ela foi abocanhando, foi quando o Sergio falou para parar pq não queria que gozassem em seu carro novo... então ela parou de chupar a pica do Osvaldo, que continuava dura. Osvaldo pediu para que o sergio parasse em qualquer lugar, pois ele queria fuder a boca da gorda que estava com os peitos de fora e balançando no movimento do carro, eu ja estava alisando minha pica por dentro da calça, estava muito tonto também e tomado por um desejo incontrolável, queria socar minha picona em qualquer lugar daquela mulher gostosa... foi quando o sergio parou em um lugar deserto, e colocou o carro tipo entrando em um mato. A menina saiu do carro meio desequilibrando e encostou na porta, o Osvaldo com a pica pra fora ainda, abraçou-a por tras e fazia um movimento rápido e muito engraçado paracendo um cachorro, mal conseguia andar tentando enfiar o pau em qualquer lugar do traseiro dela, por cima da roupa e tudo... Osvaldo foi tentando engatalá até a frente do carro que ficou com o farol aceso, ele encostou no capul e a colodou de joelho posicionada na frente dele e com muita força socava sua pica em sua boca, ela tentava amenizar segurando contra sua coxa, mas ele estava feroz e muito exitado, e não teve dá, socou, socou socou ate gogar na boca dela que cuspiu e caiu sentada no chão por causa da pressão do corpo do Osvaldo, eu e o Sergio já estavamos com a pau pra fora... a gordona se levantou cambaleando e limpando o rosto e o Sergio pediu para que ela tirasse a calcinha e ficasse de 4, com muita dificuldade ela o fez, ele suspendeu o vestido dela deixando aquela bundona branca enorme a vista e como se montasse em uma égua, tolou sua rola toda em sua bocetona que tava toda molhada (a vadia tava gostando), ela deu um gritinho de prazer e dor ao mesmo tempo, eu me posicionei em direção a sua boa, segurei-a pelo cabelo e soquei minha piroca na boca da vadia, fodia aquela boca como se quisesse arrombar a garganta, estava tomado por um desejo animal jamais sentido antes, ela engasgou e tentou sair, mas o Sergio a segurou pelas ancas onde fodia desesperadoramente sua vagina num movimento frenetico e eu continuei bombando pica até gozar em sua boca também... Que boca gostosa a vadia tinha... nossa!!!

E Sergio acabou gozando na sua boceta arrombada... e satisfeito deu um tapa em sua bunda bem forte agradecendo pela "cavalgada" e rindo. O Osvaldo vendo aquilo tudo já tava de pau duro novamente, levantou -a pelos cabelos e a colocou deitada com os peitos colodos no capul do carro, levantou seu vestido atrás e dando tapas em sua bunda com força falando que era para ela aprender a não ser tão safada e que tava preparando para socar no cuzão, afastou com as mão as nadegas da gostosona procurando ver o anel, cospiu e posicionou a cabeça da pica e socou com tudo, a gorda parecia estar anestesiada já de tanta pica e sá deu um suspiro e rebolou... ele fudeu tanto aquele rabão que fiquei ate com pena dela no final, o Osvaldo deveria ter uns 20 cm de pica grossa, a maior de nás 3, toda tolada no rabo da gorda...apás gozar muito o Osvaldo saiu e eu quis também... já encontrei um buração no cu facilitando a penetração... nossa, como eu fodia rapido aquele rabão, quanto desejo eu tinha...soquei muito, muito mesmo e quando fui gozar dei uma estocada bem forte, parecia que ia entrar com bola e tudo e segurei a puxando pelos ombros sentindo meu pau esporrar bem no fundo de sua bundona...nossa, fantastoco!!!! Arrumamos o vestido dela, pois a bebida parecia estar no maximo do seu efeito e antes dela entrar no carro o Sergio fez a vaca pagar um boquete no bando da frente mesmo, ele sentado e ela de joelhos na porta do carro com o caralho na boca até que o Sergio gozou e a colocamos dentro do carro novamente e o Osvaldo guardou a calcinha dela rindo e falando que era a lembrança dele,e que como ela estava tão tonta ele ia deixar um lembrete para quando ela acordar saber o que tinha feito... escreveu um bilhete, embolou e deixou dentro do seu vestido, entre os peitos que não saiu da boca do Osvaldo até a hora de deixa-la no lugar onde a pegamos, que dizia, não tem mulher de corpo algum nem no mundo todo que nos proporcionou um sexo tão gostoso e animal assim, Obrigada!!!

Deixamos-a sentada na frente da boate e fomos embora... desse dia em diante eu não posso ver uma gordona novinha que já fico doido de tesão e tenho certeza que o Sergio e o Osvaldo também...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos de solteiras rabudascontos eroticos apanhandocontos eróticos se esfregando em coisascamiseta e sem calcinha contosvidios de zoofilias mostra homem acariciando uma jumenta com a mão na buceta delachortinho q deixa as magrasgostosascontos eroticos me comeram feito puta e chingada de vadia e cadelaporno amador em festinhasparticularespaguei para fuder minha tia contosconto senhora safadasua amiga eu vou pegar de tras pra frenrecontos forçada a ser a puta da empresacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos de choronascontos eroticos arrombando a gordaContos eroticos campingcontos eroticos punhetaspica de cavalo nu cuconto eroticome mamaram muito no cine gaymulher gostosa arrumando biquini em um deckeu curto cunhada casada fica excitada a dançar com cunhadocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos fui faser a obra du meu tio arobei sua mulherContos erodicos comi o cu de meu sogro corno vestido de mulhercontos eroticos arrombando a gordaContos casado com travesti mas ele fudia com todos d familiatravesti coroa enroladinho Pretoaí mano chega pra praia e faz sexo com irmãocontos erotico com irmaoContos de viadinho de shortinho socado querendo dar o cucontos de fetiches mamaecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteso mulheres escravas de seus maridos contos eroticosConto herotico lesbica entre mãe e filhinhacontos eróticos engravidei de um garotocontos eróticos enteadospunheten o rabo da minha esposacontos eroticos arrombando a gordaconto erotico sentei no colo com o carro lotadodormindo ao lado conto eróticorasguei a camisinha sem ela perce er e gozei dentro/contosa filhinha do meu amigo contos pornocontos eróticos com minha cunhadinha ainda bbteta gostosa contos eroticostracei minha irmã contoscontos cu da minha prima escondido no paiolchantagei minha mae com meu amigo contos eroticosele ela conto erotico japonesa casada e a reforma da casavirei cadela contos gayscontos eroticos minha tia tomando banho de solcontos gay mamando coroaContos eroticoss adoro trepar sem camisinhacontos de mulher insatisfeita com maridocontos mãe puta filha putaporno nao aguentei resistir contosContos rebolo na cacetecontos eroticos gay papai com vinte e cinco anos me comeu com nove anoscontos paguei pelo cuzinhocasada lesbica com sobrinha contocontos eroticos sou casada mas adoro pica de cavaloscontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos mulhersibha do papaisadina levano rola na bucetaxvidio minha mina sai para tranpa e eu como Minha sogra xvidioComtos casada puta dos vizinhosacampamento com aluninhas 2 contos eroticoscontos sado marido violentosmeti o pau todo sem ela aguenta mas entrou parte1meu corninho deixou fuder com outro ainda me ajudou chupar a picona do meu machocontos prima novinha dando cuzinho de surpresavivos magras de peitospequenos deixando gozar no peitocontos eroticos de oncesto de sogra com derrocontos meu primo malvado me comeuconto erotico com crenteminha bunda grande contocontos eroticos traindo o corno cdp ele assistindoconto com sete anos dei gostoso pro meu tio caralhudocalcinhas usadas da minha tia,safada contosdia dos namorados incesto contocontos erotico com minha familiacontos eroticos apanhando p abrircontos hot festa no iatecomo botar o travesseirona buceta e sozinhaCegonhas com rola muito grande e bem grossa no pornô doidoconto erotico transei com uma velha deficiente especialcontos sofrendo na piconacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos com fotos mae puta