Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

TE AMO MANA 1

Tudo começou quando eu tinha 21 anos e ela 19. Nás não éramos muito íntimos e vivíamos brigando. Eu já morava na capital fazia três anos e estava na faculdade de psicologia, quando ela veio morar comigo para fazer cursinho. Com o tempo a gente foi se entendendo. Até porque ajudei-a muito no cursinho. Depois que ela entrou na faculdade, perdeu contato com todos seus ex-colegas e passava todos os finais de semana trancada no apê.

Uma vez acordei e pensei que não tinha ninguém em casa e fui ver filme pornô. Acabei ficando peladão na sala com o pau duríssimo. Fiquei ali vendo o filme e alisando o bicho até a hora que ele começa a pulsar. Então fui me erguendo devagarzinho pra não perder nenhuma cena e sai correndo pro banheiro terminar. Quando vou para o meu quarto, vejo que a porta do quarto da minha irmã está aberto e ela tava na cama deitada. Dai perguntei: faz tempo que vc estava ai? - faz sim - ela responde com um sorriso. Dai caiu a ficha que ela tava me espionando. Segurei a vergonha e fiz de conta que nada aconteceu.

A gente usava o mesmo computador. E acabei descobrindo que ela passava horas lendo contos eráticos. Inclusive nunca tinha lido relatos sobre zoofilia e incesto. Achei-os muito excitantes.

Certa noite, estava chovendo muito, com ventos fortes e trovoadas e minha irmã perguntou se ela não podia ficar ali comigo ouvindo rádio. Falei que sim, dai colocamos o colchào dela do lado da minha cama. Papo vem papo vai e ela me perguntou o que será que aconteceria se todo mundo morresse naquela tempestade e sá sobrasse nás dois. Falei que ficaríamos num dilema. Ela perguntou qual. Ai eu disse, o dilema de repovoar a Terra ou não. Ela disse: - é mesmo. Dai chegamos a conclusáo que nesse caso era possível e rimos mto. Dai ela começou a perguntar como será que é transar e tals. Respondi que era muito bom, mas tinha ser com alguém que a gente gostasse de verdade. Perguntou se já tinham chupado meu pau. Falei que já, que era muito gostoso ser chupado e tinha mulher que gostava e outras que náo gostavam. Ela ficou interessadissima nesse assunto. Perguntando até o sabor do esperma. Sacaneei ela perguntando se queria experimentar mas ela se negou.

Dai perguntou se era verdade que o homem sentia muita necessidade de fazer sexo. Respondi que sim e ela me questionou se eu estava fazendo. Falei que náo e ela insistiu em me perguntar entáo como eu tava aguentando. Ai respondi. Me masturbo quase todo dia. Ela fez cara de espanto, e comentou: - nossa qta vontadade! Ai retruquei, e vc? nunca fez náo? Ela ficou muda. Dai insisti: - ah, conta ai vai... vc faz né? Sabia que esse papo me deixou excitado? Ai ela resolveu falar: - é mesmo? Tá com ele duro? ah, deixa eu ver vai....

Acabei deixando. Ela achou o meu bem bonito ao vivo. Fiquei bem orgulhoso. Dai ela quis saber se eu não tinha que soltar o leitinho, entáo expliquei que ele estando sá ereto não sai nada, tem que mexer. Sem cerimônia ela se propôs a me ajudar e eu consenti. Logo senti suas mãos delicadas segurando meu pau durissimo. Nisso ele ficou mais duro ainda. Rijo como uma pedra. Ela tinha medo de machucar e mexia devagar até que ensinei ela que pode apertar bem e puxar até em baixo. Ai ela começou a fazer gostoso e olhando com bastante interesse a cabecinha que ficava melada e brilhando. Entáo ela passou o dedo e pos na boca e disse: - hummm.. é salgadinho! Pode lamber?

É claro que deixei né... no começo era sá lambidinhas timidas... e sem falar nada, vi ela abocanhando toda a cabeçona.. bem gulosa... e chupando gostoso ainda por cima! A hora que ela olhou pra cima fui ao delírio!!!! Ela viu que eu estava gostando e voltou com tudo com a boca deslizando meu pau adentro igual a uma buceta gulosa por pika.Tentei manter os gemidos de todas as formas.. me segurei mesmo... senti uma onda de calor tomar conta de mim... meus músculos todos se contraiam, minha coluna se dobrava.... ficamos ali quase uma hora... até que falei que ia gozar...

Mas ela nem ai... e continuou chupando gostoso até que não aguentei e senti meu pênis pulsando.. pulsando.. pulsando... até sair um jato fortíssimo... e mais um e outro... e mais outros... e me surpreendi vendo minha mana bebendo tudinho sem fazer careta..... ai que amor!

No final ela ainda lambeu toda a cabecinha e deu vários beijinhos como que agradecendo....



Depois dormimos os dois juntos abraçadinhos.



Te amo mana!!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos porno os amigos de papai fuderam mamaemullher careca fetichefui acordar o sogro pauzudocontos eroticos arrombando a gordaConto erotico minhas filhas lindas do papaiEstuprada pelos cachorros contos eroticoscontos eróticos irmã calcinha dormindocontos eróticos curiosidade novinhacontoseroticosmacolo do velho. contoconto minha tia fica pelada na minha frentecomendo a vendedora contos eróticosContos Eróticos Contados Por Veraconto de meu avô rasgou meu cuhomem rasga cu de garotinho contosContos eroticos de comi a bunda do vizinhobrinquedos eróticos para estender o buraco do anusconto erotico estuprada na escolaMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,contos erótico de estupro em boatesConto erotico despedida de solteira da amiga rabudafingi que tava possuido e comi minha sogracontos sado marido violentoscontos da casa eroticos de mulheres tendos os cachorros ou lobos lambendo suas calcinhas e fodendo elascontos eroticos arrombando a gordafoda gostosa com amigos contos Agostozas trazano contos eróticos de Pouela me contou que estava toda assada de fuder a noite todao tempo em que ele para e diz"essa buceta é minha"contos ex namoradaContos eroticos fui a putinha desde pequeninhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos corno bebe leitecontos de incestos e surubas nudismo entre irmascontos eroticos sou casada meu sobrinho gosta de ver filmes pornoConto erotc gay e um abobinhacontos eroticos dando pra o jumentoconto erotico casada com dupla penetraçãomulher chama homem pra chupar sua b***** dela já foi gozar e alguns amigos queridoscontos erotico chantageada no metroContos eróticos teens boys jogando video game com o amiguinhoCONTO DEPRAVADAconto erotico minha prima dedando meu pruquito a noiteNo motel os dois cabaços das duas amigas da minha filha conto eroticocontos depois de 30 anos de casado pede a minha mulher para ser cornocantos eroticos em quanto ele dormia chupei o pau delecontos duas gostosas dando o cu para um cara pausudocontos fodi menininha por docescontos gays abusadoContos eu nao sabia bate punhetaContos eróticos eu e meu bemzinhocontos eroticos brecheicoroa mulata conto eróticoconto erotico gordacontos eróticos no meu aniversario da sograContos minha esposa e uma morema muonto bumdida tem 1: 80 70 kl e foi enrrabada en casa num currasco meu amigo dormiu encasacontos eróticos eposa e amigoContos gozou dentro e engravideibuceta esticada aberta gozandocontos eróticos com senhor de idade com rapazconto minha tia de calcinha andandocontos erotico papai vai cabercontos gays a goiabamulher gritando pulando no pau grande pedindo maisComtos heroticos da cunhadinha viviane dando pro cunhado reinaldocontos eroticos de menina de nove anos dando o cubia cadela contoshomem alisando penis hetero ate gozargostosa fas enema profundoContos eroticos... Minha sogra ouviu os gemidos da filhacontos eroticos de comi a bunda da mae da minha amiga