Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

MINHA SOBRINHA, MINHA MULHER

O relato que hoje conto é fato real, aconteceu no ano de 2004, meu nome é Paulo tenho hoje 44 anos e moro sozinho, minha sobrinha Patrícia (nome fictício) na época com 19 aninhos, veio conversar comigo sobre sexo uma vez que meu irmão é do tipo durão, e eu sou mais liberal, ela disse que era virgem e que gostaria de saber como teria que fazer quando chegasse o momento que ela tinha muito medo de não corresponder os desejos de seu suposto parceiro, eu calmamente expliquei que ela não deveria se preocupar com isso pois quando fosse a hora ela apenas deveria relaxar e aproveitar da melhor forma possível. Ela insistia em dizer que tinha medo, então chamei-a para sentar no sofá de minha casa e comecei a explicar como seria o momento, para minha surpresa Patrícia que vestia uma roupa bem a vontade, dessas tipo short e camiseta de malha começou a transpirar e a ficar inquieta, fazendo movimentos de abrir e fechar as pernas o que me deu um tremendo tesão, logo o volume apareceu na minha bermuda e pra meu espanto ela foi se aproximando e passou a mão em meu caralho, diga-se de passagem que sou bem dotado (23cm). Eu disse que ela não deveria fazer isto, pois afinal era seu tio e ela falou de imediato: -Tio se tenho que dar para alguém pela primeira vez, porque não pra você. Aquilo me deixou doido e sem pensar mais que era minha sobrinha, abracei-a e senti seu coração bater aceleradamente. Comecei a acariciar seu corpo de nifeta, que por sinal era perfeito, fui despindo cada peça de sua roupa e para minha surpresa me deparei com uma mulher linda, seus seios eram perfeitos, sua bunda empinada, coxas grossas e roliças, sua bocetinha era linda, comecei a mamar seus peitinhos, fui descendo até sua bocetinha e comecei a passar a língua em movimentos circulares e a lamber seu grelinho, minha sobrinha ficou enlouquecida, gemia e gozava como animal no cio. Apás eu dar o famoso banho de língua naquele corpinho maravilhoso, minha sobrinha começou a fazer um boquete que por sinal foi um dos melhores que senti até hoje. Ela pediu então para que eu enfiasse meu pau em sua bocetinha, mas pediu que eu fosse com carinho, pois ela não sabia se iria aguentar ele todo, então eu falei: pode deixar que o titio vai enfiar bem devagar, e comecei a penetração naquela bocetinha novinha e virgem, primeiramente enfiava sá a cabeça e tirava, fiquei fazendo isso por uns dez minutos, depois comecei a ir mais fundo, enfiei até a metade, ela se contraiu um pouco e eu parei, mas para minha surpresa ela me abraçou bem forte e me puxou de uma vez, fazendo todos os 23cm entrar em sua boceta de uma sá vez, foi uma loucura ela rebolava feito uma louca, logo ela pediu para ficar por cima, eu deitei e ela sentou em cima do meu pau, cavalgava feito uma perfeita amazonas, ela gozou várias vezes até que em um determinado momento eu gozei, gozei como nunca, enchi a xaninha dela de porra, quando ela sentiu que eu gozei ela saiu de cima do meu pau e começou um novo boquete, não deixando meu pau amolecer, foi então que ela falou: tio mete no meu cuzinho, eu sem pensar levei ela para o meu quarto e lambuzei seu cuzinho com KY, passei também em meus dedos e comecei a fazer a preparação para arrombar o cuzinho virgem da minha sobrinha, comecei a pincelar o cuzinho dela com a cabeça do meu pau e acada vez que passava na portinha do seu cuzinho ela fazia força para trás, então comecei a enfiar, primeiramente a cabeça, fazia movimentos suaves, depois fui até a metade e finalmente enfiei tudo ela gemeu, se contorceu, e eu comecei a tirar achando que ela estava sentido dor, ela percebeu e falou: não tira, começa a bombar no meu cuzinho, quero sentir ele entrando e saindo com toda força, e eu como bom tio atendi sua vontade, comecei a bombar naquele cuzinho de uma forma selvagem, quanto mais eu bombava mais ela gritava, fode meu cu titio, fode o cu da sua sobrinha putinha, e eu socava cada vez mais, até que explodimos em um gozo perfeito, fiquei deitado por cima dela mais um tempo até tirar meu pau daquele cuzinho. Fomos tomar um banho juntos e ela deu mais uma mamada em meu pau, me fazendo gozar pela terceira vez. Hoje ela tem 19 aninhos e tem um namorado, mas quando pensa em fazer sexo ela arruma um jeito de me visitar para poder provar o pau do titio.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos mamando uma pirrocacontos eróticos fui flagrado comendo minha sogracontos de coroa com novinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos mulher casada da o cu pro cãoolha... o pau dele é muito maior, mais viril... chupa o caralho dele na minha boca,Contos meu cu mordei o pal enormecontos eroticos traindo marido na Sala ao ladovou começar com Vanessa bucetaZoolofia cominha cadela ler istoriaContos erroticos com fotos o porteiro parte 2contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteChantageando comi ela contoschupar pau grabde e duro contosmeu filho me fodeu com raivacontos de fuder avóContos minha sogra quis medir meu paucontos eroticos casada e o farmaceitico negaovagabundinhas no seu primeiro poeno anal delatacao analContos eróticos dei pra todos os homens da famíliacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteDona florinda abrido cu e a chiquinhacontos eroticos com animaisso deixo chupa minha bucetaContos eroticos estupros coletivos veriticosContos fudendo a coroa gravida casadacontos eroticos:engravidei do meu filhosou evangelica casada treprei com dois contosconto erotico nao acreditei o que eu vi parte 2contosesposasnapraiaminha putinha deixa este neguinho gozar dentro da sua bucetinha para seu corninho ver e sentir o sabor do leitinho delemeu irmão me viciou em chupar pau conto gaycoitado do meu cu contoscontos eroticos gay dei minha bunda pro filho da vizinhacasada dando no rancho contosconto gozei no cuxinho da mamae dormindo o cu latejava e apertava meu pau ahhh gostosacomofuder uma egua contos de incestos e surubas nudismo entre irmascontos eroticos vozinhas sendo curradascontos eroticos gay eu sendo arrombado por dois amigos negros do caralhão grossocontos me chamo camila transei com felipe meu irmaomeu marido e meu cunhado conto realbucetinha inchada de minha esposa orgia contodedada esposa corninho rindo otário contocontos de mulheres ninfomaniaca por sexocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetravestis arombadores de cu contosafado metendo a geba no cu da vadiasMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,contos negao limpando quintal da casadaRelatos eroticos de professoras casadas brancas que foram usadas por alunos negrosputinha desde de novinha cristine contos eroticoscontos xoxota peluda da minha maecontos eróticos comedor a família todacontos eroticos brincando pique escondevi outro gozar na boca de minha mulher contoscontos erotco tirando caboso do filhozofilia devuaetaTrepadas no caminhao cabinecontos de coroa com novinhoIncesto com meu irmao casado eu confesso"gostosona de fortaleza"contos eróticos pai sabe o k faz incestoContos minha irmã e minha putacontos eróticos afim do papai contoseroticoscomi o cu do mei paiconto erotico com padrasto"voce e muito corno"conto guando era pegueno dormia com minha mae e fudi elaxvidio cu mas floxo e da peidifodida junto com o marido contos eróticospuxa agarra japinha cabelos pornolekinho pau contoscontos comi e apaixonouconto erotico comendo a massatorepeutacontos bdsm a porca marianacontos eroticos gozada em familiaMulher pega o marido usando sua tanguinhaContos com espermacontoseróticos chupei os peito da mamãecontos eróticos de comi a chata da claseconto eróticos na sapatariaMeninos mamando nos peito de mulheres amamentando contos eróticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentebuceta carnuda comtos de sexo