Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

APAIXONADO PELA FILINHA PARTE UM

Minha etoria começou à 4 anos, eu com 30 anos comerciante, minha esposa Vanessa 32 médica e minha filinha flavia 5 aninhos, somos de átima aparencia fisica, descendentes de alemães, com altura acima da média, Flavinha é linda e com um corpinho bem desenhadinho desde pequena, bem sempre fui apaixonado por ela, como tinha mais tempo livre que Vanessa, sempre fiz tudo com minha filha, vestia dava banho comida comprava roupas enfim tudo juntos, até os quatro anos dava banho na banheira, aos 5 quando começamos a tomar banho junos não podia evitar mas sempre ficava exitadissimo com o pau duro memo, Vanessa achava normal eu ficar assim já que flavinha via uma nividade em meu pau duro e gostava muito de brincar com ele todo enssabuado, nos tomavamos banho na hidro de casal, porisso era uma brincadeira pra ela ainda sem malicia nenhuma, mais eu as veses eu não aguentava de tesão com ela lavando meu pauzinho até minhas bolas e pedia pra ela abrir as perninhas pra lavar direitinho sua xotinha e comaçava a chupa-la, acabava gozando colocando ela em cima de mim, meu pau no meio de suas perninhas de coxas já grissinhas e apertava com as mãos até eu gozar, ela nem percebia sá via saindo aquele litinho espirrando pra cima, minha esposa sabia e até ficava exitada tambem, as vezes tranzavamos no banho mesmo na frente da flavinha que não entendia nada.

Até que com 5 anos ela sempre dizendo que me amava pediu pra eu fazre com ela o que fazia com a mãe ja que escutava ela dizer que era muito bom, eu disse que era muito pequena pra isso, eu sá podia melhorar a bricadeira entre nás mais que a mãe não podia saber na hpra ela topou, então eu de pé disse pra ela abrir a boca que ia sentir o gosto do meu cacete, de pé ficava na altura da boquinha dela, puchei a cabeçinha dela com uma mão até colocar metada do meu cacete e com a outra mão fui descendo até seu cuzinho que todo ensabuado foi facil colocar um dedo dentro pela primeira vez, no comoço ela ficou quietinha e apertou o cuzinho foi quando disse pra ela soltar a bunda que sá doia um pouquinho no começo, saiu até lagrimas dos olhos dela quando coloquei dois dedos, tirei o pao da boca dela e perguntei se tava doendo muito ela disse que sá um pouquinho agora papai, que isso estava ficando gostoso, a brincadeira nova, ela se lenbrou que viu eu colocar o cacete no cu da mãe que estava sentada com meu pao dentro da sua bunda e pediu pra eu fazer igual, disse que ela ainda não aguentava mais sabe como é criança insistiu até eu dizer que ia tentar, ela já estava com quaze 6 anos mais sua bundinha era muito desenvolvida, seu qradril uma gracinha, depois de chupar bastnte sua grutinha e seu cuzinho sentei no chão, peguei ela pela cintura e começei descer ela devagarzinho colocando a cabeçona na portinha de seu cuzunho que fechava e abria e me surpreendeu conforme eu colocava empurrava um pouco e voltava num movimento de vai e vem ele ia se abrindo mais e mais ficamos assim por meia hora, até que empolgado levantando ela e dessendo minha mão escorregou da sua cintura e ela caiu com tudo em cima do meu cacete que parecia a essa altura de pedra, entrando toda a cabeça e mais metade do meu cacete de 19 cm, na hora ela deu um grito de dor e eu não aguentei e gozei dentro dela depois tirei rapido, e não podia acreditar como seu cuzinho abriu tanto sem nem sangrar nada era pra mim realmente impressionante, perguntei se estava bem e ela disse que na hora deu vontade de fazer coco, e que estava doendo sá um pouquinho, pedi mais uma vez pra ela não contar nada pra mãe se não a brincadeira ia acabar ela mais do que rapido disse que me amava e não queria parar de brincar, então ainda morrendo de tesão falei que iria dar uma reconpensa pra ela, coloquei ela deitada em cima de mim, com a boca pro meu pau e começei a chupar gostosamente seu grelimho e metendo dois dedinhos no seu cuzinho ainda dilatado enquanto ela tambem me chupava, ela adorava isso, gozei de novo mais na boquinha dela, dizendo que dali pra frente iamos fazer isso sempre, quando ela quizesse, até que um dia tirei o cabaçinho dela, mais esta estária continua no proximo conto vou dizer como foi maravilhoso, desvirginar Flavinha aos 9 anos, já que até então eu não tinha tirado nehum cabaço na minha vida.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


ele era cheirosinho conto gayConto porno marido repartindo a mulher com cachorro de rua zoocontos eróticos com esposa contando suas putariascontos eroticos entre filha e pai encoxando dentro do onibus cheio peladas e meladas de manteiga no cuconto erotico casada do cuzinho apertadocomtos de incesto com subrinha na caxuera no carroContos erotico desvirginei as filhas do meu amigocontos eroticos brincando pique escondeirmar brasileira goza tremi pau irmazinhoConto erotico fudendo a esposa sem sabercontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos calcinha furadacontos eroticos arrombando a gordacontos sexo minha esposa nossa vizinha travesti novinhacontos gay eu minha esposa e meu sogroporn contos eroticos escrava sexual no barconto erótico filhinha orgiameio das pernas uma pica dava inveja grossura esposaPorno sauna com loira e a namorada ciumentaContos sogra medindo o tamanho do pauconto gay moreno do messengercontos eróticos gay e casal bibucetas ticos greloscontos eroticos medicotransei com meu melhor amigo contos me chamo saraconto erotico de leke fudendo carentetia fogozaconto de meu irmão comeu meu cu com uma grande pica e eu não aguentei de dorZofilia Homem fodendo forte acadela ela chora sentido dorcontis eroticos comendo meu amigo bebadoContos eroticos mulheres chupadorasrelatos e contos de loira que trai na revista privatepedreiro passando a língua no cu do afeminadoPorno conto a sindica olhando minha picaconto porno gay putinha de váriosnovinha falou que ia pozcontos bebendo porrscontos lesbico eu a mulher do traficantecontos a novinha comadre carentecontos cara comeu minha mulher devaga pra mim nao ver contosConto sogra e nora esfregando a buceta na buceta da filhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto depravadabelas picas brancas rosinha gozando gaysSo video de 5 minutos porno buceta e rolas de 16centimetroavantajosa gosou dentroconto fudi minha sobrinha de onze nos gostosaporno tou. muito. casadorfingi que dormia e meu pai meteu seu psu em mimcontos eroticos entre irmaos machoscontoserticos.com icesto mae filho minha mae de 80 anosConto erotica de mulher fuder a cagarenrabar a minha mãe e a minha irmãdepilei minha filha e chupei a xota contostanguinha suja contos eroticoscontos ,minha noiva nao deu mas chupou ate gozarcontos eróticos no 110 ano sendo tio no banheirocontos eróticos di mulher tou com fome.di picacontos eroticos comi minha prima enquanto ela dormiacontos eróticos não acredito que o padre da Paróquia chupa o meu paucontoseroticos chantagem velhacontos balas por metidas nas meniminhascontos eroticosirmazinhamaesqUefaZemsexocontos/minha cona era apertadinha e virgemcontos evangelica desesperada com sexoeu e meu avô contos gaycontos eróticos não acredito que o padre da Paróquia chupa o meu paucontos eroticos coroa abusadameu cunhado abusa de mimpau grande alongado contosSou casada fui pra um acampamento com os colegas a amigas putasContos eroticos roludo comendo a bundinha da loirinha gostosinhacontos tia com fome de picaloira gostosa goza sozinha comtá um poko da sua safadadecontos de rabos sendo dilaceradoscontos porno de incesto real pai filha e mae juntosEsposa puta pagou a conta contoscomi meu priminho afeminado em casa com shortinho entrando no raboconto virei cdzinhaconto nunca pensei que iriamos numa praia de nudismoContos eroticos estuprada na favelaconto erotico trepei com meu primo engravideicontos consolei a mulher do meu amigopornô doido p*** fazendo fio terravideo de porno com machos a força brutamenetecontos eróticos dei o cuConsolado pela sobrinhas contos eróticosfilha da namora conto erótico