Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

OS GEMIDOS DA MÃE DE MINHA NAMORADA

Este relato que conto aconteceu comigo a alguns anos, em meados de 1994, atualmente tenho 37 anos mas na época tinha por volta de 24 anos. Com certeza se os fatos acontecem nos dias de hoje essa histária teria tomado um rumo bem diferente.

Sou um homem muito simples e comum, tenho 1,73 metros, 72kg, olhos castanhos, cabelos pretos curtos, pele bem clara, na época eu namorava a um bom tempo, já conversava inclusive sobre casamento, como durante a semana eu não tinha contato com minha namorada por estar trabalhando e estudando nossos encontros sempre eram nos fins de semana.

Ao longo dos anos fui ficando mais intimo do pai, mãe e irmã menor dela, frequentando mais a casa e depois de um bom tempo acabamos criando um habito de dormir alguns finais de semana na casa de meus pais e alguns finais de semana na casa dos pais dela.

A casa dos pais dela é uma casa muito simples um sobrado onde na parte térrea existe uma sala, uma cozinha e um banheiro e na parte de cima três quartos sendo um deles possuia um pequeno banheiro, neste quarto dormiam os pais dela e os outros dois onde dormiam cada uma das filhas.

Eu dormia na sala na parte de baixo da casa em um colchão, embora estivesse bem íntimo da família tudo acontecia com muito respeito, gostava muito de todos e começa a enxergar eles como extensão da minha família, embora eu já estivesse mantendo relações sexuais a bastante tempo com minha namorada, isso nunca aconteceu dentro da casa dos pais dela.

Em uma dessas noites comecei a enxergar uma pessoa em especial na família com outros olhos, essa pessoa era a mãe de minha namorada.

Era madrugada e eu acordei estava ouvindo vozes vindo da parte de cima da casa não entendi o que estavam falando apenas ouvia o pai e a mãe de minha namorada conversando, eu despertei e não dormir mais.

Passado um pequeno espaço de tempo começo a ouvir a mãe de minha namorada gargalhar, ela gargalhava em alguns momentos um pouco alto mas logo se contia, acho que para não acordar ninguém.

Embora essa não fosse a primeira vez que eu estivesse dormindo lá, era a primeira vez que eu ouvia tais coisas, estava muito curioso e tentando entender o que se passava.

A sessão de gargalhadas da mãe de minha namorada parecia ter acabado e agora no lugar das gargalhadas começam discretos gemidos, embora discretos e feitos bem baixinho eram intenso.

Nunca imaginei vivenciar aquilo, não sei o que aconteceu comigo, mas comecei a ficar excitado ouvindo a mãe de minha namorada gemendo.

Eu dormia de bermuda, cueca, camiseta e um cobertor, então baixei por baixo do cobertor minha bermuda e cueca, fechei os olhos e comecei a imaginar que era eu quem estava ali com a mãe de minha namorada e que era pra mim que ela estava gemendo.

Os gemidos dela foram ficando mais intensos e um pouco mais altos e isso estava me excitando cada vez mais.

Gemidos femininos sempre me deram muito tesão e prazer, eu já havia transado com algumas garotas cada uma com um jeito diferente de se comportar na hora que sente prazer, mas nunca havia ouvido alguém gemer daquele jeito, tão gostoso.

Eu continuava de olhos fechados me masturbando de forma forte e intensa, meu pênis estava extremamente duro, imaginando cada movimento, cada expressão dela, a cada gemido mais intenso dela sentia que ela estava mais práxima de chegar ao orgasmo.

Comecei a imaginar como seria a vagina dela, comecei a imaginar o quanto ela deveria estar molhada, comecei a imaginar como deveria ser o gosto do mel que exala de seu sexo e o calor e a textura de sua pele, fiz uma viagem, desejando muito aquela mulher.

De repente pra minha infelicidade a brincadeira acaba quando ouço um gemido ainda mais forte e gostoso, seguido de um urro e de um profundo silêncio, imagino neste instante que ela gozou.

Eu continuo ali, me masturbando, muito excitado, também querendo gozar mas sem ter onde, fiquei com medo de gozar no cobertor e de no dia seguinte alguém descobrir.

Resolvo então terminar de me masturbar no banheiro, silenciosamente sento no vaso sanitário, encostos minhas costas na parede, desenrolo um pouco de papel higiênico e continuo minha masturbação, quando olhos para frente e vejo um cesto de roupas sujas.

Abro o cesto e vejo várias roupas, camisetas, calças, cuecas e o que eu jamais poderia imaginar encontrar algumas calcinhas, entre elas uma que sá poderia ser da mãe da minha namorada.

Era uma calcinha azul bem clarinha, era um pouco grande, meio velha, chegava a ter um pequeno furinho perto do elastico.

Não resisti comecei a lamber e cheirar aquela calcinha ao mesmo tempo que me masturbava.

A calcinha tinha um cheiro de urina, misturado ao cheiro natural do melzinho da vagina dela, que me excitava ainda mais.

Não resisti ao perfume e logo gozei, muito, queria ter gozado na calcinha mas fiquei com receio, acabei gozando em um pedaço de papel higiênico.

Guardei a calcinha dela no cesto, junto com as outras roupas, voltei para o colchão, demorei bastante mas acabei dormindo.

Desse dia em diante comecei a ver a mãe de minha namorada com outros olhos, procurei me aproximar ainda mais dela, ficar mais seu amigo, procurava fazer de tudo para agradar, ir ao mercado para ela, elogiava muito, mas nunca aconteceu nada entre nos.

Para a minha felicidade ouvi ela gemer e gozar algumas outras vezes quando pude ter a oportunidade de dormir em sua casa.

Sempre que eu usava o banheiro, procurava por alguma calcinha dela para lamber, cheirar, mas infelizmente nem sempre encontrava.

Resolvi dividir com vocês o imenso prazer que senti, se alguém quiser conversar comigo, relatar experiências me escreva [email protected]



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos ele me deixa louca quando se maaturbacontos erótico perdi a virgindade da b***** e do ku com meu patrãoo garotinho da vizinha. conto gayContos eronticos vendo novela tietaContos eroticos-Empregada se vingando da filha do patraovoyeur de esposa conto eroticovideos de mulheres passando margarina no corpo inteirocontos comi a internadacontos eróticos. incesto ,adoro ver meu filho a comeconto erótico "Olá a todos, me chamo guilherme e hoje tenho 20 anos, a histária que vou "contos dei pro mulequinho de ruacontos eroticos algemada e sentindo um tesao e eles ainda me torturava mexendo na minha buceta cantos eroticos de casada dando o cu vergieu quero ver a coroa instigando o marido com a calcinha fio-dentalcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos sou a puta dos meus primos piçudoscontos eroticos comendo o preciosomullet fudemdo pau gramdevizinha inocente rabuda com shortinho socado contominha namorada ficando com.outro contoConto erotico minha cunhada gordinha do bundao gigante so de jortinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto saiu comendocomi a familia toda contos eróticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecastigo boquete contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos casal de coroa fazendo suruba com travecocontos eroticos gay meu padrasto de vinte e quatro anos me enrabou dormindo quando eu tinha nove anosconto erótico de padrasto tiracontos eróticos seios devem ser mamadoscontos erótico de primo trazendo e gozando na bocitinha e no cuzinhojakelini meu sogro tem pauzaocontos erotcos sonhos compapaio meu padrasto me arrastou pro matagal contosconto sou doida pra da pro meu sobrinhocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eroticos de padres e pastores roludos com meninascontos de sexo com patroameu vizinho fica me olhando de shortcontos eróticos da quarta-feira de Cinzascontos eroticos meu marido contratou um dominador pra me adestrarContos ai no cuzinho naoconto engravideicontos homes muito bemdotado comeu mia filinha gostosa contosContos euroticos amiguimha novinha da minha filha.cu gulosoConto mete ui ui ui meu cucontos porno de zoofilia minha buceta cabeluda engoliu o pintao do cachorrocontoseroticoscomendo a baba e minha sograrelatos de cornos meu tio Rui comeu minha esposa na minha frentesambado se caucinha pra da pra pau grande e se deu maucontos eróticos cheirando a bunda de minha sogracontos porn minetespirulito do titio contos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordaContos eroticos velha com 110cm de bundazoofilia dssasvídeo de sexo de duas mulher gulosa beijo gosmentoconto erodico com mae gostosalésbicas infia arma gelada na ppk até gozarcontos seios mamadas coroascontos eroticos com irmãscontos eroticos mae e filha fodendo o papaifodendo gostosa e esporo contos eróticoscontos inocênciacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto erotico minhas filhas lindas do papaicontos o avô do meu marido me arromboubucetas gostosas e grandes e bonita cm tela bem ajustadacontos de aluciando pela buceta peluda da maecontos eroticos fodi minhas enteada gemeasconto novinha gravida do tio