Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

A CURRA DA VIRGEM

Meu nome é Paty, vou me descrever detalhadamente para vocês. Tenho 28 anos, 1,60m, 53 kg, cabelos castanhos claros compridos encaracolados, seios grandes com biquinhos cor de rosa, coxas grossas e tornozelos grossos, minha xoxotinha é bem gordinha, rosada e fechadinha, com pelinhos bem aparadinhos. E o que passo a contar aconteceu quando eu tinha 19 anos e por obra do acaso fiquei sozinha na casa de praia dos meus pais, coloquei um biquíni e fui até a praia, distante 1 km da casa. Fiquei por lá tomando sol até mais ou menos uma da tarde, retornei até a casa, tomei uma ducha de água doce, deitei na espreguiçadeira e adormeci. Acordei quando a casa foi invadida por três assaltantes, um deles me tapou a boca com a mão e me levou para dentro da casa enquanto os outros dois trancavam as janelas e portas e recolhiam as poucas coisas de valos que havia lá. O que me segurava dizia para os outros que a coisa mais valiosa que eles poderiam pegar era eu, soltando a parte de cima do meu biquíni e me deixando com os seios nus. Tentei lutar, mas acabei levando um tapa no rosto que me deixou tonta, eles me levaram para o quarto, arrancaram a parte de baixo do biquíni e me amarraram na cama nua, abriram minhas coxas grossas e deixaram minha xoxota gordinha e com os pelos bem aparadinhos exposta e diziam: ”olha sá que tesão, olha a boceta dela, que peitões gostosos essa piranha tem”, eu implorava que me deixassem e caí na besteira de dizer que era virgem. Isso sá os deixou com mais tesão ainda,um deles tomou a frente e começou a chupar minha xoxota,sentia a língua grossa e rápida entrando e saindo da minha xoxota,lambendo toda a rachinha,sugando o meu clitáris e tornando a enfiar a língua em mim,um segundo assaltante forçou seu pau na minha boca eu fechei a boca com toda a força mas ele disse "chupa ou morre vagabunda".comecei a chupar desajeitadamente,ele me deu um tapa na cara e mandou eu chupar direito,comecei a lamber como se fosse um sorvete.O que me chupava parou momentaneamente e dizia:”A putinha ta melada,ela ta com tesão essa vadia olha sá a boceta dela como ta molhada”agora você vai levar rola sua vagabunda”Primeiro ele esfregava a cabeça do pau na entrada da minha xoxota,batia com o pau na entradinha e forçava sá a cabeçinha,de repente numa estocada sá,meteu seu pau em mim me desvirginando,senti a rola grande e grossa estourar meu cabaço e tocar meu útero,ele começou a meter com força,a cada estocada ele tirava quase todo o pau de dentro de mim e enfiava de uma vez sá,me xingava de branquela puta,de vadia,de safada.Eu estava com as mãos amarradas acima da cabeça tendo a minha xoxota sendo arregaçada e chupava o pau dos outros dois alternadamente.Algo estranho aconteceu comigo,pois eu comecei a rebolar enquanto aquele desgraçado me estuprava e eles perceberam isso e começaram a me humilhar mais ainda:”ta gostando puta,rebola no meu pau sua cadela,vadia,piranha,a dor e o medo começavam a dar espaço para o prazer.Eles me desamarraram,um que era chupado deitou-se na cama e fez com que eu subisse nele encaixando minha xoxota no pau dele,o que me comia a xoxota ficou em pé nos pés da cama e disse:”chupa meu pau com o gosto da tua boceta sua vaca branca” comecei a chupá-lo,o outro que sobrou disse:” O cu dessa puta é meu vou foder o cu dessa branquela”tentei reclamar mas fui segura e senti ele cumprir a promessa,senti as minhas pregas arrebentando numa dor forte e uma sensação de ser partida ao meio,estava preenchida com dois cacetes, um na xoxota e outro na bunda, eles me davam fortes tapas na cara e na bunda, me xingavam de vadia, de cadela, de prostituta, mandavam rebolar que nem puta e quando eu diminuía o ritmo da rebolada levava tapões na bunda e o lembrete: ”REBOLA PUTA SAFADA”. Eles se revezavam nos meus buracos. Eu estava molhada de suor, comecei a cavalgar o cacete de um deles com vontade, perdi a vergonha, meus seios grandes de bicos cor-de-rosa realçados pelas marcas do meu bronzeado balançavam violentamente. Eu me sentia a puta mais depravada do mundo, sendo currada por tres negrões, com, um cacete no cú, um na boceta e chupando um terceiro. Eles gozaram nos meus três buracos engoli porra e gozei como uma vaca, sendo xingada de puta, cadela e vaca. Eu lourinha,branquinha,filhinha de papai sendo comida por três crioulos e adorando,eles percebendo que eu me entregava mandavam eu pedir rola e eu pedia,mandavam eu falar que era puta e eu falava.Eles pararam de me foder,um deles sentou-se na beirada da cama,mandou eu encaixar a xoxota no pau dele de costas pra ele e rebolar na sua pica,e eu obedeci,ele com as pernas fechadas e o cacete bem duro,eu abri bem as pernas e de costas pra ele rebolava no seu pau,os outros dois ficaram em pé um de cada lado,eu chupava um enquanto punhetava o outro alternadamente,os três me comeram a xoxota desse jeito,depois na mesma posição sentados na beirada da cama comeram meu cu.Eu urrava,gania igual a uma cadela,”VAI FODE A TUA PUTINHA,FODE A XOXOTA COR-DE-ROSA,FODE,EU SOU A PUTA DE VOCES,eles riam e me xingavam ainda mais,eu era um mar de suor misturado com porra,eles gozavam,saiam,vinha outro,um deles foi tomar um banho,saiu dizendo que tinha cansado de trepar com essa vagabunda,os que ficaram falaram que iriam me foder em pé,fiquei meio sem saber o que seria isso mas logo descobri.Um deles em pé com o pau duro me puxou e encaixou o pau na minha xoxota,eu instintivamente o abracei por trás do pescoço e lacei minhas pernas atrás das costas dele,ele deu uma levantada no meu corpo e eu fiquei com o rabinho exposto,o outro veio e meteu no meu cuzinho,fiquei no ar,pendurada pelas picas dos dois que me foderam com vontade,gozaram mais uma vez em mim,se vestiram e se foram me deixando nua,esparramada na cama,com o corpo dormente e toda dolorida,com muito custo me levantei e fui ao banheiro ver o estrago que eles fizeram mim,vertia porra do meu cú e da minha boceta.O sangue e a porra grudados nos meus pêlos pubianos revelavam o defloramento.Não contei isso a ninguém,mas até hoje me masturbo lembrando das cenas.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eu e meu marido adoramos ir no cinema ver pornocontos de coroa com novinhoela me contou que estava com a buceta toda assada de tanto fuder com elecontos crossdressers no cinemaconto foda com cachorromãe puta, contocontos eroticos come minha buceta priminhoContos eroticos saia rodada e fio dentalcontos eroticos meteram em mim e fiquei muito abertacontos erotico comi o hetero parte 19Fiquei parado olhando a bunda delacontos eroticos arrombando a gordacontos e vidios de patroas tranxessual fudendo empregadascontos mulher fode com vizinha e com a filha delaPorno tesao na zoofilia relatosbianca casada dando a bunda ea buceta contos eroticosseio durinho excitaçãoanus enrabadopresidiariocontoseroticosxxx conto Incesto+Minha mae saiu comigocontos de sexo com vovoesposa depilando no banho contossocando fundo no rabo da sogra chifreiracontos eroticos com eletricistacontos eroticos com fotos de mulheres com pelos loiros no corpoContos eróticos picantes pecadosContos sobre beijos e podolatriaContos eroticos mamae gulosa mamando no pauzao do seus cinco filhos bem dotados em uma orgia em cadasentei no colo contosvideo que profe girafales come cu se dona florindacomendo a coroa de 80 anos virgem contoscontos eróticos vendadaidoza caseta toda gozadacontos eróticos fazer oque a sogra me deu a bundacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos dominada por mulequinhoscontos eroticos fui bem comida feito puta e chingada feito vadia"gostosona de fortaleza"contos pornô de incesto a mamãe gritou igual uma puta quando enfiei o meu pauzao na sua bucetinha cabeludaconto erotico chupeteiro do cine pornoPorno conto evangelicacheirei a calcinha da minha cunhada safada contosmoça vai a fazenda trepar com capataz bem dotadocontos minha mulher vendo meu tioContos implando porra na bocacontos tia pede laber sua xerecaesposa de corno contos gosta na caraconto viado estupradocontos escrava lesbicasgostosa se deliciando na cademis malhando de perna abertacontos esposa bunduda so traz problemascontos eróticos ele sempre me molestavacontos er deixa que levocontos eroticos pagando divida do filhocomi a buceta da enfermeira elaine do posto de saúdechantagiei minha sobrinha contoscontos eroticos eu e minha filha pecando carona com meu sogroreal conto cunhadoDei a xana escondida contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crente30cm conto erótico doeucontos eroticos minha cadelinha manhosacontos/ morena com rabo fogosoconto marido gangbangContos eroticos tirei o cabaço da minha prima e da sua amigacontos eróticos brincadeira do leitecontos eróticos disneylandiacomo minha esposa aguentou 23cm no rabotransei com meu melhor amigo contos me chamo saraContos adoro verContos eróticos de comi a mae do meu colrvoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos de oncesto de sogra com derroenteada é chantageada pelo padrastocontos eróticos incesto férias com mamãeConto erótico filhinha querendo o pintão do papaititio e sobrinha contosnovinhaquinzeanosFernanda jeitim nuaroupa de couro esposa contosbunda redonda da coroa crente contos eroticosconto mae e filho bebados fazem sexo depois na valta de uma festaflgle minha tia ser mastubandocontos eróticos com mulher q usa vestido coladoUfa de vídeo caseiro chupando a rola do namorado dentro do carroporno esposa pedindo pra Corniacontos transei com meu filho enquanto fingia dormir