Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

CASADOS E SAFADOS... COMO TUDO COMEÇOU!

Casados e safados... Como tudo começou!



Tarde chuvosa, procurava um lugar para estacionar perto, pois a chuva estava forte naquele instante, meu coração estava saindo pela boca... Estava ansiosa e ao mesmo tempo não sabia o que pensar; aquele momento era o que mais esperava, parecia uma adolescente que sente as pernas tremer, o coração acelerar, não imaginava o que estava por vir. Estava vindo do serviço, horário de almoço, estava atrasada. Sá pensava naquele corpo perfeito, ele deve ter mais ou menos 1,80m, coxas duras, corpo escultural, nenhum pêlo no corpo, pelo menos que fosse visto, tinha jeito e cara de safado, se você desse uma brecha era cantada na certa, nunca soube ao certo, mesmo hoje conhecendo ele há muito tempo, o que é para ele a mulher perfeita, porque parecia que sá o fato de ter um corpo bonitinho, ele se derretia, mas pode acreditar que muitas também faziam o mesmo por ele e parecia que eu não era diferente, sou loira, linda, sexy, atraente, comerciante nata, estava caída por ele, tanto que havia marcado aquela “bendita” avaliação. Quando consegui chegar já havia passado do meu horário, 19 minutos, já nem sabia se seria atendida; fui avisada que já tinha chego e que podia ir à sala, como vinha do trabalho, estava toda de social, salto alto, cabelos esvoaçantes, bem, estava linda! Entrei na sala, ele se virou me cumprimentou secamente, sentia uma adrenalina, que se ele colocasse a mão no meu coração iria perceber, ele estava com um short grudado no corpo, uma baby Look que ainda o deixava ainda mais sexy, sá fez um comentário: - atrasada, hein? Senti-me péssima, mas mesmo assim, continuei firme, ele simplesmente pediu, por favor, tire toda a roupa, eu fiquei vermelha, como assim?!? Mas ficarei de quê? Logo pensei, aí comentei:- estou de calcinha e sutiã; ele sorriu e disse: - esqueci de avisar que é feito de biquíni; faltou-me chão, mas ele continuou:- mas pode ser de lingerie mesmo, vamos porque não poderei demorar; simplesmente tirei minha roupa, ainda bem que estava com uma lingerie super sexy, quando ele se virou para mim, com a prancheta na mão, senti que algo nele mudou, acho que consegui surpreendê-lo com “tudo” aquilo que seus olhos viam, pois não tirou os de mim; com a fita foi medindo cada parte do corpo, começou por baixo, panturrilha, coxas, que sensação mais deliciosa, aquela mão deslizava sobre minha pele, não sabia se ele estava aproveitando ou se estava somente fazendo seu serviço, mesmo estando chovendo, era nítido meus seios arrepiados! Começou por baixo, a panturrilha, as coxas e aí subiu, mediu o quadril, mas disse que teria que baixar um pouco a calcinha para poder pegar as medidas exatas, depois a cintura, sentia sua respiração perto de mim, ofegante, assim como a minha, meu corpo a cada toque dele se arrepiava, foi quando ele pediu para eu desabotoar o sutiã porque não tinha como tirar as metidas, porque ele segurava os meus seios, que por sinal são lindos, mesmo assim ri e perguntei se era brincadeira, nesse momento ele não se conteve, disse que não, me segurou com uma força imensa contra o corpo dele e me beijou, ele mesmo tirou o sutiã, beijou meus seios, desceu chupou minha barriga, me beijou entre as coxas, nessa hora já estava sentindo toda molhada de tesão, pegou meus pés e chupou meus dedos, não conseguia segurar os meus sussurros, abaixei e peguei seu rosto e começamos a nos beijar, incontrolavelmente, que delícia, senti seu pau crescer no meu corpo sem roupa, somente de calcinha, achei que iria transar ali mesmo com ele, mas de repente o celular dele toca, a secretária avisa que a outra cliente dele já o aguardava e que ele não podia atrasar; isto foi como se tivesse tomado toda aquela chuva, que caia lá fora, ele pediu muitas desculpas, disse que se pudesse não sairia daquela sala, mas como não podia segurá-lo, me troquei, ele guardou os pertences da sala, despedi com um beijo delicioso e sai daquela sala, sentindo tudo, tesão, raiva, vontade de ter metido com ele, pirada por fazer tudo aquilo, mas sorri, estava feliz!!

Este foi mais uma das minhas estárias com ele. Mas ainda têm muitas outras!!

Bjo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos picantes dando pro professor gostosogostosa e muito branca maz mete muitohttp://okinawa-ufa.ru/conto_1767_putinha-desde-novinha---esfolada-e-sacaneada-por-h.htmlpassando a mao no grelhocontos porno obrigada engolir porra com muito nojosou loira engravidei gozoi dentro favela contos eroticoscontos eroticos de macho casado dando o rabo na pousadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos minhas filhas jeinnyamigo do meu marido dano de bom frenre dele e mim chatagiado contos eroticocontos er matagalcontos flagrando a mãe cavalona traindo o pai contos eroticos incesto com avôContos eróticos comendo um garotinho de 08aninhosconvidando amenina pra fudecontos erotikos moleke de menor comendo o cu da mulher casadacontos eroticos gay acordado na noite pelo meu paicontos eroticos incesto na infanciaComtos professoras casadas fodidas pelos alunos na aulacontos eroticoscalcinha algodaoConto erotico seduzi meu filho e ele comeu meu cuconto erotico pedi um desconto para o gerente e ele me encoxoucontos: puto dando ao ar livrecontos porno a novinha inocente malhandocontos eróticos esposa acampou com amigasme minhas buntudascontos erotico traindo maridoContos eroticos dois heteros vodkacamionista fudeu minha filha e eucontos eroticos arrombando a gordaconto erotico a pequenininhaxontos erotios menino com roupa de meninacontos sofrendo na piconalora da freti fudedoNunca desconfiei do primo da minha namorada. Contosconto gay dando ao catadorenrabado no campingtraindo na cadeia conto eróticomelhores conto erotico entre genro sogracontoseroticos comeu a namorada de calcinha fio dentalContos eroticos puta desde novinhacu ardidoconto erotico meninos mi comeraocontos eroticos travesti ativa camioneiraConto vontade de treparcontos eroticos mulheres trazando no carnavalcontos eroticos papai dormindo bebado eu aproveiteiler contos eroticos fortescontos gay papaicontos eroticos "novinha" "trapos"contos lesbicos princesa chupa princesacontos eroticos com fotos mae putacontos eroticos jovem transando com a negra escrava parte 1contos minha irmã cuzudatereza okinawa pornocomto erotico. novos com nifetinhas esetocontos esposa olhos vendados fudendoContos eróticos fui cavalgar com meu marido e o cavalo me comeu zoofilialer contos de jovens heteros iniciados por outro jovem no sexo gaycontoseroticosnamoradavirgemconto novinha amigos do papainovinho delirando na primeira gozadaconto de o negao pirocudo rasgou meu cu sem doenrabada pelo chefe contosZoofilia com mais drenacontos relatos sexuais primeira vez da filhaHistoria erotica como travesti comeu meu cu vitesposa fode com doze homenscontos/meu primeiro broche e fodacontos adorei a lingua no meu cuzinhomae fode com filho contos eroticosgenro contos eróticosconto erotico chupeteiro do cine pornocontos negao limpando quintal da casadaContos eróticos comendo uma travestir lindacomi a amiga da minha namorada contosandava só de cueca no carro. conto gay teencontos mae peituda de baby dollcontos eroticos gay-menor de idadeconto alisando a sobrinha pequenavideo porno os peões da minha fazendo me foderamcontos erotico fui fudida no banheiro do posto de gasolina pelo tarado roludocontos eroticos excitantesContos Eróticos De. Comi Minha Vizinha Do LadoContos eroticos quero ver essas tetascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos so era pra ela chupardedada esposa corninho rindo otário contoContos eróticos tirando virgindade