Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

COMENDO A IRMÃ GOSTOSA

Comendo a Irmã Gostosa



Demorei muito para ter coragem, mas resolvi relatar o dia que transei com minha irmã. Tenho 34 anos,cabelos e olhos pretos,um pouco acima do peso,pesando por volta de 72 kg e medindo 1,70.Ela,1,68 altura,65kg,20 anos,cabelos longos e pretos e olhos castanhos.Muito provocante.Nunca imaginei que um dia fosse transar com ela,embora conversávamos muito sobre sexo,quando estávamos sozinhos em casa.Sou muito bem informado,atualizado e,principalmente,de boa conversa,o que é determinante para conseguir as mulheres.Pois, antes de uma boa transa,muitas mulheres gostam de conversas e cantadas inteligentes.Pois sempre que me dei bem com a mulherada,foi dessa maneira.



Era véspera do Natal de 2009. Nossa família iria passar o Natal na casa de minha vá.Eu e minha irmã ficamos sozinhos em casa,pois eu tinha que esperar ela,que ainda ia tomar banho,pois nossos pais já tinham ido, no carro dele, temperar as carnes e ela ia comigo no meu carro.Até aí,tudo normal.Passado algum tempo,notei que minha irmã demorava demais no banho.Fiquei preocupado.Comecei a bater na porta,chamando,e ela nada respondia.Chamei novamente por diversas vezes,quando de repente,escuto um gemido alto.Imediatamente,ela me respondeu dizendo que tinha passado um creme no rosto,porém tava ardendo muito.Duvidei,pois o gemido parecia ser de uma masturbação que pudesse estar fazendo lá no banheiro.Ela saiu do banheiro,enrolada na toalha e foi para o quarto.Resolvi ver se ela tinha deixado a calcinha no banheiro.Tinha deixado.Peguei e cheirando-a,pude perceber que realmente tava toda molhadinha.Quando menos esperava,ela chega de repente no banheiro e percebe que cheirava sua calcinha.Fiquei sem cor,sem reação,sem saber o que dizer,quando ouço ela me perguntar Â“É a primeira vez que faz isso” ? Ainda sem saber o que dizer, disse que sim, pois aqueles gemidos dela dentro do banheiro, não pareciam ser de ardência do creme que passou no rosto. Ela disse que realmente eu estava certo,mas queria saber se era a primeira vez que cheirava uma calcinha dela e se gostei.Já de pau duro nessa hora,e ela olhando claramente para o volume que meu cacete fazia atrás da calça,disse que se prometesse guardar segredo,não precisaria mais ficar cheirando a calcinha dela,mas sim a bucetinha dela e todo seu corpinho delicioso.Em menos de um minuto,me despi rapidamente,ali dentro do banheiro mesmo e em seguida arranquei a toalha dela e retirei a calcinha e soutien,dizendo que tava louco por fude-la,pois o corpo dela era provocante demais.Primeiro,nem deixei ela fazer uma boquete ou qualquer preliminar.Penetrei na buceta apertadíssima por duas vezes seguidas,gozando muita,mas muita porra mesmo e deixando a bucetinha toda vermelha de tanto realizar aquele vai-e-vem intenso. Somente depois é que disse que iria fazer o que ela quisesse. Ela começou com uma boquete super intensa e pediu que gozasse na boca dela,pois queria sentir a porra quentinha do irmão,ao invés de ficar cheirando suas cuecas,como já fazia há um bom tempo,desde que me viu um dia batendo uma puneta no banheiro.Quando ouvi essa declaração,fiquei mais louco de tesão ainda,fazendo com que gozasse imediatamente em sua boca.Ela nunca tinha engolido tanta porra assim.Cansados,fomos para seu quarto e nos deitamos.Chegamos até a cochilar alguns minutos,quando toca o telefone.Nossos pais diziam que faltava somente nás.Não podíamos ir para festa sem fazer uma penetração em seu cuzinho,que era virgem,ela dizia.Comecei com aquele vai-e-vem devagar,para ir aumentando a velocidade gradativamente,mas ela sentia muita dor,mas não deixava parar.Quando começou a sair sangue,resolvi parar,mas novamente,ela disse para enfiar com mais força,até o fim.Para não gemer tão alto quanto tava gemendo,pedi para ficar mordendo o travesseiro.Foram muitos minutos penetrando naquele cuzinho apertadinho,sangrando e cagado,até que quando gozei,ela gemeu mais alto do que iria imaginar,pois acabava naquele momento a primeira penetração em seu cuzinho virgem.Retirando meu cacete lá de dentro,ainda meio duro e todo melado,ela resolveu limpa-lo com a prápria boquinha gostosa dela,dizendo que sempre que quisesse,sua irmã gostosinha iria ter o maior prazer em lhe servir na cama e que aquele cuzinho apertadinho seria exclusividade minha,pois com outros homens ela não teria coragem.Sé isso é verdade ou não,não posso saber com precisão.Mas que mesmo apás muitas outras penetrações naquele cuzinho,ele continua muito apertadinho ainda.E como.Na festa,era visível que ela tava com dor,pois foi muito sangue e merda que arranquei de seu cuzinho,mas não sei que desculpa inventou,pois lá ficamos longe um do outro,pois não podíamos nos ver que meu cacete ficava duro e sua bucetinha molhadinha.



Mulheres que gostaram me add [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


zoofilia negao comenorme pau deixando putia loucacú guloso contos reaiscontos eroticos fui comida na fazendaDeixando a novinha laceadacontos meikilaContos eroticos da esposa safada com o marido deficientecontos eroticos fui bem comida feito cadela e chingada de vadiaa minha cunhada casada e saia justa contos com fotospuxa agarra japinha cabelos pornoproctologista me comeu gaycontos eróticos meu enteado deixou meu c* todo ardidocontos eróticos gay tio me comeucazal gay fudedo gostoso ao vivomulher leva enrabado de cachorrocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eróticos de cornocom negão dotadoscontos minha irmãzinha tinha mania de sentar no meu coloconto de encesto meu pai ficou empotentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteminha sobrinha no motel no meu pau conto eroticoconto erotico praia esposa garotosContos minha filha de biquíniamigos sexo troca troca contoscontos filha praia esposa"relatos eroticos" massage cunadaconto erotico minha namorada e meu tioContos eroticos enteadascoroa 46 anos cabelo curto enroladinho dando a buceta grandecontos eroticos fudendo a mae travesticontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteempregada deu a bucetinha ao patrao sobre chantagemfingi que dormia e meu pai meteu seu psu em mimcontos eroticos possuida por uma estranha gostosamullher careca feticheconto erótico rasgada pela turmacontos gay me depilando e pego no flagracontos eróticos de virgemContos eróticos fiquei desemprego e o nosso velho vizinho rico comprou minha mulher 3Contos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteiconssegui um cabacinho pro meu cunha do tira contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteeu vi uma pica toda arregaçadacontos eroticos com velhofotos de morena cabelo cacheado do cu apertadocontos a devassa do analcontos eróticos trai com consentimento do meu maridoBebada me bulinaram contos eroticoscontos gay fui comida por um cachorrocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetia peruca gosta de chupar pau e a buceta sai muita gozaConto erotico despedida de solteira da amiga rabudacontos eroticos trepando e marido na sala ao ladocrente buntuda mastrubocontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticonto de botei a novinha pra chora com a pica grande no cumolestei minha filhinha contos eroticoscaipirinha conto eroticoesperei meu maridinho dormir rola grossacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentexvidio masturba pesandocomi minha tia contowww foto dexoxota areganhada. com brporno brasileiro antigo so mae e filho pauzudo incesto do prazerdesenho de deus contos eróticosGiovana transando de joelhosdei para um negão desconhecidogostosa acediou o massagista pornoconto incesto mamae chupou meu pau e deu o cu rosa pra mim quando eu tava dormindoMesmo contra a vontade da minha familia eu sou mulher do meu primo viuvo conto eroticodandoprocaipiraEstuprada pelos cachorros contos eroticosConto comi a mãe da minha namoradaminha patroa gortosa e tarada por pauGGamigo do meu marido dano de bom frenre dele e mim chatagiado contos eroticocoroas gostosa contusão por sexocontos meu chefe me comeu e minha filhacontos devorei minha filha putqconto erotico sempre na rola do irmaoconto erorico o negro e a filha do amigoEncoxador contoscomendo 5 casadas na festa de confraternizacai casa dos contoscomofuder uma egua