Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

CLUBE DA PUNHETA - O CHURRASCO PART 1

Fui convidado por um amigo a ir com ele em um chrrasco de punheteiros. Achei a ideia engraçada, mas ao mesmo tempo legal, pois sou um punheteiro também. Segundo ele era confraternização de um grupo de conhecidos que sempre batiam uma punheta juntos, eles se reuniam na casa de um deles viam uns filmes pornô e batiam uma, sá rolava punha mesmo, mas um batia para o outro. Fui cheio de espectativa, mas com um frio na barriga, claro, não sabia direito o que me esperava. Chegamos lá era uma casa grande, dessas que se alugam para eventos, quando entramos já tinha uns 19 caras, todos de sunga, já tomando uma cerveja e conversando, parecia um churrasco normal. Fui ao vestiario e vesti minha sunga também, junto com o meu amigo fomos nos enturmar com a galera, ele ma apresentou alguns que ele conhecia e foi apresentado para outros, começamos a beber, enquanto mais gente chegava. Passou uma meia hora e já tinha uns quinze caras no local. Um dos caras, que devia ser o organizador do evento subiu em uma mesa e pediu a palavra, ele disse que era um prazer estar ali e que esse era o primeiro encontro da turma da punheta, ele falou que apartir daquele momento quem quisesse poderia ficar pelado. Alguns caras foram logo tirando a sunga, eu fiquei vestido, estava timido ainda. A cerveja rolava solta e o pessoal foi ficando desinibido, derrepente os papos foram para sacanagens, ai os paus foram ficando duros, essa hora eu já estava bem excitado. Os grupinhos foram se formando e algumas punhetas começaram. Eu fiquei com o meu amigo e mais dois caras um deles de mais ou menos 30 anos, branco, outro mais moreno e que aparentava pouco mais de 40 anos. O papo era sobre o que dava tesão experiencias sexuais essas coisas, meu pau já duraço, ai resolvi tirar a sunga, os outras já estavam nús. Começamos então a mexer nos paus, cada um no seu, batendo de leve, derrepente o cara mais moreno e o meu amigo começarama bater um para o outro, com isso o outra rapaz já veio para mais perto de mim, ele começou passando a mão em minha perna e perguntou se poderia pegar no meu pau, deixei ainda meio tenso. O cara foi pegando, com uma experiencia incrivel e foi batendo de leve, ele pegou minha mão e pos no pau dele, que não era grande, mas era bem grosso e estava duraço, eu nunca tinha pego em um assim antes, ele ia batendo e passando a mão no meu corpo, aquilo me deixou com muito tesão, fui batendo e pegndo no saco dele, que delicia. Olhava pra frente e via meu amigo e o outro cara fazendo a mesma coisa. Derrepente chega um cara e senta do meu lado e pega a minha outra mão e põe no pau dele, esse sim um pau grande, fiquei maluco de tesão batendo para dois caras de uma vez, e ainda com um batendo uma no meu pau e outro me alisando igual louco. O pau do cara mais branco babava muito e minha mão já estava muito melada, quando olhei para meu amigo ele estava punhetando o cara e o cara estava punhetando ele sá que percebi que o cara estava dedando o cu de meu amigo que gemia muito. Toda aquela situação era nova pra mim e eu estava louco de tesão. O cara mais moreno pediu para eu e o outro cara ficar em pé, ele ficou no meio e colocou meu pau junto com o do cara e começou a bater os dois juntos, nessa hora tivque segurar muito para não gozar. Por todo lado que a gente olhava tinha grupinhos batendo e se pegando. Todos respeitando a regra de não poder haver penetração, sá punheta e pegação. Como meu pau ficou por cima do pau do cara quando estavam sendo punhetados juntos, o pau dele foi melando meu saco todo, que delicia, o cara mais moreno se levantou e começamos a punhetar os 3 paus juntos, o tesão nessa hora era demais, um dos caras, que nem lermbro mais qual, começou a passar a mão na minha bunda, fiquei arrepiado, nunca tinham feito isso comigo. Quando o tesão estava no maximo o cara mais moreno avisou que não aguentava mais e iria gozar, ele então virou o pau para o lado e gozou igual uma mangueira para o chão, era muita porra. Aquela visão me deixou louco, não aguentei, virei para o outro lado e gozei, muita porra também, muito tempo eu não gozava tanto. O cara, mais branco, me pediu para ajuda-lo a gozar, ajoelhei na frente dele e comecei a punheta-lo, a visão de um pau tão de perto eu nunca tinha tido, o cara gemia, eu fui passando a mão na perna dele, e dedpois na bunda, ele pegou minha cabeça e puxou para bem perto do saco dele meu nariz quase encostava. Ele olhava pra cima e sentia o tesão, e eu louco com aquele pau na mão e o cheirão do saco dele, que me deixava doido de tesão. O pau dele começou a pulsar na minha mão, ele avisou então que iria gozar, e ai como estava louco, pegou minha cabeça e apertou para junto do seu saco, ai não teve jeito, quando vi estava com a boca no sacão dele, ele começou a tremer de leve e o primeiro jato saiu e a porra fou toda nas minhas costas, logo veio asegunda, a terceira e mais nem sei quantas, todas em mim. O cara me soltou e a porra escorria nas minhas costas, quando ele caiu em si, pediu mil desculpas por ter gozado em mim, eu disse que não tinha problema, na verdade eu tinha curtido aquilo, fui ao banheiro me limpar e encontrei o meu amigo, ele me perguntou o que tinha rolado, eu contei, ele adorou e disse que tinha gozado muito também e com o dedo do cara atolado no cu dele. Essa tinha sido sá a primeira gozada do dia... (Vem ai a Parte2 )

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos gay com menininhos infanciacoloquei tudo no cu da jovem contoFernanda jeitim nuaCegonhas com rola muito grande e bem grossa no pornô doidocontos eroticos comendo giovanamensagemquentesdoido pra brincar na bundinha da sobrinha novinha inocente gratiscontos pornôs vingança marido transformar esposa em putacontos eroticos gay-menor de idadecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos de vendas passei gelo no corpo deleconto comendo travesti bundudoConto gay viagem onibus longacomtons picantes recentes de coroas casadas no seu primeiro analno seuincesto fudi a minha mae na casa de swing sem saber que era a minha mae desabafo verdadeno cuzao da coroa casada contocontos a cunhada da primaConto erotico tia dano cuzinho pro sobrinho titabuceta inchada da cunhada...contosContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposaconto mulher casada rabuda dei pedreirocontos eu durmo de saia sem calcinhacontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosDando o cu por cocaina contos gaysVanessinha criando pelo na xaninhadepilei a buceta,e fiz de cornocontos eroticos dormindoconto troquei de papel com a minha mulhercontos eroticos travesti sendo estrupadafui encoxada no tremContos eroticos comendo a policialhomens lanbendo o xinou da mulher na cama fotoscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosconto eróticos ninfetinha q gosta de pica peitos cai de bocacontos eroticos adoro velhosconto erótico gay com estuprocontos arrombei o cu dela no pique escondeconto tia peludacontos de sexo de tias com sobrinhosconto erotico corno pede a funcionario comer sua esposacontos eroticos escrava sexual estupro brutalConto d esposa safadinha fico d pau durogay aperta,amassa e masturba o pau do parceiro e ele goza gostosochupar em tetas impinadasirmã transformassem roupa vídeos pornô doidoenrabada pelo meu filho especialsexo com muito expormos pornodoidocomi a minha mãe na chantagemConto inses bebados transando.virei cadela contos gayscontos eroticos meninos padrinhonova esperiencia.contosporno  Quando tinha 22 anos, adorava comer lekes mais novos. Uma das minhas aventuras mais excitantes foi quando descobri que meu primo Tiago , que morava na mesma rua , esta liberando geral nas brinacediras de pique-escondi da rua.Até então já havia tra  contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentenao queria mas fui obrigado a foder a novinha contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentenovinhas de malhação se distrai e paga bucetinhascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteestórias eróticas abusivasbuceta carnuda comtos de sexocontos fui fodida pelo meu pai betinhaquero ver bundas gostosas e peitossa e peitoscontos filha se fode pra aguentar a geba do pai no cucontos eroticos de putas casadas que fodem por dinheirocontos eroticos brincando escondido infanciaContos eróticos fiquei desemprego e o nosso velho vizinho rico comprou minha mulher 3contos eróticos fizemos amor no carro delecontos eroticas professora e alunoCegonhas com rola muito grande e bem grossa no pornô doidocontos ela sentou no meu colo sem calcinhainterracial mulher meia cousa fudendocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosrelatos arrombei a amiga da minha irmacontos fui fodida pelo meu pai betinha