Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

O COROA DO BATE PAPO!!!

O coroa do bate papo!!!

Tarde tediosa, eu Lu, casada, insatisfeita e cheia de grilos na cabeça resolvo entrar numa sala de bate papo para desabafar um pouco. Não tenho mais meus 19 anos, nem um corpinho sarado, mas tenho atributos capazes de instigar homens em todas as idades. Morena clara, olhos castanhos, boca carnuda, seios rosados e pequenos como duas maçãs, bumbum redondo e grande.

Logo que entro começo a receber elogios e convites, mas logo me agrada a conversa de alguém, seu nick, Homem 5.0, seu nome, Carlos.

Comecei a conversar com Carlos e logo trocamos e-mails. Contei a ele dos meus problemas, minhas carências e solidão, de repente já me via amiga daquele senhor simpático. Havia sá um detalhe, apesar de conversar com ele diariamente, não o via como um homem, o via como um paizão, pois ele tinha a mesma idade de meu pai e eu nunca havia sentido atração por homens mais velhos, tinha uma visão um pouco preconceituosa

Carlos começou a se mostrar interessado por mim, fazendo elogios e deixando recados carinhosos todos os dias. Isso me incomodava um pouco mas não queria ser indelicada com ele.

Certo dia chegando ao meu cursinho, uma surpresa, o Carlos estava estacionado em frente a escola. Meio sem graça, sorri mostrando surpresa ao vê-lo, me pediu desculpas, mas disse que esse era o único jeito de me levar a tomar um chopp, já que eu sempre arrumava desculpas para não aceitar o convite.

Para não ser indelicada aceite o convitei, aos poucos fui observando aquele homem de altura mediana, entre 1,65, 1,70, corpo forte na media de 80kg, calvo de cabelos nas laterais daquele fio loiro que vai se tornando grisalho, barba serrada e lindos olhos verdes, não havia antes reparado como Carlos era bonito, foi quando comecei a ficar excitada.

Percebendo a descontração do encontro, Carlos me convidou para ir num lugar que ele gostava muito. Acabei aceitando.

Carlos me levou a um mirante de onde se via toda a cidade, nunca havia estado num lugar tão bonito. As luzes da cidade lá em baixo eram nossos únicos expectadores, conversamos um pouco até que Carlos me interrompeu com um beijo meio desajeitado. Não correspondi prontamente, me esquivei, olhei pra ele por alguns segundos e acabei me abraçando em seu pescoço e o beijando longamente, logo senti ele me apertar a cintura com força, começamos uma sintonia perfeita e sem perceber ele abaixou o banco do carro e se deitou em meu corpo, pela primeira vez eu desejava e queria um homem mais velho.

Carlos levantou meu vestido e deslizava as mãos em meu corpo acariciando minha pele e olhava com tanta admiração que naquele momento tive inveja, lamentei que ele não fosse meu marido, pois o meu jamais me olhara assim...

Comecei acariciar Carlos tocando-o por cima da calça e logo senti seu cacete duro, querendo ser acariciado, neste momento ele se levantou, me tirou do interior e me levou para o capôt do automável, entrou no meio de minhas coxas e começou a me chupar de maneira que me contorcia toda e gemia feito louca, implorando pra Carlos me penetrar logo pois já me via desesperada para senti-lo dentro de mim.

Apás me deixar louca para gozar com sua língua gostosa me invadindo, ele meteu seu cacete duro em minha boca e me fez chupar freneticamente me pedindo pra mamar como uma bezerrinha, era grosso e bem rosado com aqueles nervos salientes que pareciam querer soltar sob a pele, me dizendo que o titio coroa ia me mostrar o que era capaz de fazer pra satisfazer uma moça nova. Carlos segurava seu gozo insistentemente, pois mas não queria me deixar insatisfeita, eu amei isso, pois ele me virou, alisou com carinho meu cuzinho, enchendo de carinhos com sua mão quente e grande e quando relaxei já louca de tesão aquele coroa gostosos me enterrou aquela tora no rabo. Socou forte e fundo, me chamado de bezerrinha sapeca, dizendo que me comeria sempre naquele mirante, eu já estava quase gozando mas queria sua pica dentro de mim, então ele me presenteou socando tudo na minha buceta carente e socou como um animal até urrar bem gostoso: “Seu coroa vai te encher de porra minha sapequinha”, foi quando me encheu de sua ejaculação quente...Gozamos quase que simultaneamente, pois sentindo aquele homem me possuindo me fez ter orgasmos múltiplos, debruçada, naquele momento.

Carlos gozou tanto que eu sentia os jatos dentro da minha buceta, e isso me fazia pulsar incondicionalmente sem conseguir controlar as mordidinhas que ela dava em seu pau, fiquei assim por alguns minutos, sem deixar Carlos sair de dentro dela. Depois do gozo ele quase desfaleceu em minhas costas, dando uma risada gostosa e perguntando pra mim se ainda tinha preconceito com o velhinho, rsssss...

Não troco Carlos por dois de 25 de jeito nenhum e sempre que podemos escapar vamos gozar juntos no mirante da cidade...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


comendo a cunhada nojenta contocontos de incestos quebrei a pernacontos de mulheres ninfomaniaca por sexome fez de puta e me estrupkcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentesegurou a filha para tirar cabaçocontos eroticos carro lotado e minha mãe de saia no meu coloContos eroticos com cavaloscontos eroticos comendo a velha horrosa dormindosenti os jatos fortes de porra no fundo da minha bucetacontos eróticos reais de chantagem com fotosencontrar vídeo de sexo amador com mulheres gordinhas do Arraial do Cabo viciadas em analconto sexo dp na mendigaConto de putinha para os tarados da cidadewww.contos eroticos madrinha virgem da cu cagandocontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãocontos eroticos nifeta d loja rjcontos eroticos estourando a bucetinha minusculasou p para meu tio finjo dormircontos eroticos menina bobinha no tremcontos eroticos traindo marido na cadeiawww.contos eroticosmeu pai me fazendo carinhocristine putinha desde novinha contos eroticosTitio me prostituiu pos amigos contos eroticoscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosate que enfim comi minha sogracontos de coroa com novinhopadastro vio a enteada de bebidou e pateu uma poeta xvidioenfiando as havaianas na boca contos eroticossogra velha contostio bem dotado f****** a b******** da sobrinha no quarto dela com forçaContos Caralho grande na esposaseduzindo a minha mae e irma conto eroticoContos eroticos de mamaecontos eroticos tio da escolaconto alisando a sobrinha pequenanovinha pauzeraconto erotico esposa baladeiraconto pedi chifrecontos eroticos fui bem comida feito puta e chingada de vadia com o tio na fazendaconto lesbico tia iniciando a sobrinhacontos eróticos meu pai ta cursando minha irmãdepois de casada resolvi me depilar toda contos€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€muleres sendo chupadad e godando pelos homes com gritoscontos eróticos zoofilia meu primo comendo éguacontos eroticos minha gostosa das academiaContos de sexo a amiga da minha mãecontos wrotico com tioContos de estupro homens 100 quiloscontos eroticos com fotos de transando com a cunhada casada e com seu marido bi sexualhomem arromba mulher guandoela dormecontos de tia limpando a casaminha sobrinha eu vou sempre fuder ela no motel conto eroticominha esposa me contou suas aventuras sexuaisConto minha mulher santinhacontos eróticos de mãe ajeitando a filha para o pai comer na frente delacontos eroticos cuspe punhetacontos de incestos na madrugada ele se encaixou em mimvou castigar seu cuzinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eróticos d homem com éguaconto erotico meninos mi comeraomoleque no ônibus contos eróticos gaycontos eroticos eu minha esposa rabuda e meu tio na praia de nudismoconto porno todos abusaram de mimcontos de sonhos eroticos de casaiscontos eroticos mullher carecaconto erótico meu marido bobãopasei da fagudade com a madrasta pornodoidoconto mulher casada rabuda dei pedreirotravesti leiteira contos eróticosenteadinha putinha contoscontos eroticos rasgandocasa dos contos pastora ds buceta peludacontos eróticos infância gay com gari heterocontos genro bem dotado arronba o cu ds sogracantos eroticos com cavaloscontos eroticos de gostosas que deram o cu pra piralhoscontos de uma safada minha rosquinha começou a. se abrir e sentir aquela jeba no meu intestinocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto real comi o cuzinho de aline bem novinhasogra humilha genro contos eroticosContos erotico meu filho acariciou minha xoxotacontos eróticos chuva molhadanetinhascontosconto a coroa de 47 anosconto erótico sentada melcu esposa froxo aberto inchado dormindo contoscontos e Relatos reais de nora transando com sogro em BrasíliaContos eróticos de tio sopinhasContos gay malucosexo oline depiladora não aguentaou ver o cliente de pau duro e caiu de bocacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteTravest litoral contos buceta de cajaraContos erotico de exibi a bunda muito grande de fio dentalencochada com vestido fino crentinhacomtos fui arregacada por um negao picudocontos dei pro meu velho tiomoça vai a fazenda trepar com capataz bem dotado