Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto
Click to this video!

MINHA MULHER ADORA ESPERMA 2

Já nos apresentei no primeiro relato. Resolvi que todas as nossas experiências serão transformadas em relatos e postadas aqui.

Essa aconteceu no último sábado, dia 19 agora. Depois daquela farra onde ela fez seu “debut” com meus dois amigos, o que ela tem vontade de fazer corre para me dizer e propor.

Foi o que aconteceu no sábado. Fomos à casa de um casal de amigos e lá estava também o irmão da mulher do meu amigo. Era uma reunião informal, com objetivo de rolar um papo bom e algumas bricadeiras. A bebida, como sempre, rolou legal e assim deixando as pessoas mais descontraídas.

Em certo momento começou a rolar um papo mais picante, se falando de sexo, fantasias e fetiche. Gina então (esse é o nome da minha mulher) falou que seu fetiche era “impublicável”, deixando muita gente curiosa, principalmente as mulheres (eram 3 com ela). Continua o papo e todos se divertiam. Não tardou para o cunhado do meu amigo se despedir de todos alegando compromisso no domingo, pois já eram perto de 1h e precisava ir. Levantou-se cumprimentou à todos e partiu.

Continuamos naquele papo sem pé nem cabeça, comum aos “assuntos etílicos”. A Gina adora caipirinha, e já tinha tomado umas 3. No meio do papo ela me disse: preciso pegar meu celular que deixei no carro. Levantei-me para acompanhá-la, mas ela disse que não seria necessário pois o carro estava no pátio interno de estacionamento do prédio, que não havia nenhum perigo. Realmente não haveria mesmo. Melhor, continuava na minha cervejinha.

Nem vi o tempo passar. Em certo momento ela retorna, senta ao meu lado e fica ouvindo os papos. Não deu meia hora e ela pediu que fossemos embora, pois estava cansada. Então partimos.

Dentro do carro, já perto de casa ela fala: “fiz molecagem meu amorzinho”...rsrsrs. Perguntei quando ela fez que nem percebi, Então ela começou o relato:

“Certo momento, quando o Marcelo (cunhado do meu amigo) foi à cozinha, também fui para pegar mais gelo. Ele então perguntou por que o meu fetiche era “impublicável”. Olhei bem sacana para ele e como resposta perguntei qual era o interesse dele no meu fetiche. O sacana disse que certamente seria ligado a minha boquinha carnuda, pois foi isso que ele ficou pensando enquanto eu falava. Cheguei bem perto do ouvido dele e murmurei: ADORO LEITINHO...TEM ALGUM PARA MIM AÍ? Ao falar, como ninguém estava na cozinha, apalpei o pau do Marcelo, que imediatamente ficou duro. O cara falou que estava indo embora, mas como era parente, seu carro estava na garagem. Disse para ele que desceria 5 minutos depois dele e que ele iria então me dar meu drink favorito.

Cheguei na garagem e ele me empurrou para a escada de serviço. Ficamos então entre o andar da garagem e o do piso térreo. Ele sem falar nada começou a me passar a mão em todos os lugares e a esfregar seu pau duro sem tirar as calças. Levantou minha blusa e colocou meus seios para fora, chupando-os sem parar. Enquanto chupava, desabotoei a calça e ele enfiou a mão na minha xaninha, que estava completamente molhada pelo tesão da situação.

Enfiava o dedo de leve na minha buceta e sacou seu pau melado colocando-o na minha mão. Quanto mais eu apertava o pau dele, mais ele soltava aquele caldo de tesão. Afastei-o, mostrei que minha mão estava melada do caldo dele e, lentamente, comecei a lamber tudo. Acho que isso deixou-o mais maluco, pois arriou suas calças até os joelhos e começou a bater uma punheta olhando para meu peitões e enfiando os dedos na minha boca.

Sentei no degrau da escada e comecei a lamber o saco dele. Ele batia uma punheta e dizia que a minha boquinha era de veludo...rsrsrs. Abocanhei seu pau inchado e dei uma chupeta funda, lambendo a cabeça daquela rola melada. Ele empurrava minha cabeça e enfiava até o talo na minha garganta. Comei a babar sem parar, pois a rola dele não era das menores não. Passava minha babada no saco dele, enquanto ele ficava me fitando lamber a cabeça do seu pau. Quero gozar nessa boca tesuda, ele disse. Falei então que queria comer muita porra, que se ele gozasse pouco eu iria ficar chateada.

Foi quando ele sacou seu pau da minha boca e, aproveitando minha bbada começou uma punheta forte. Na hora que ele falou que ia gozar, coloquei a cabeça da rola dele dentro da minha boca, esperando com tesão o que ele ia me dar de leite. Nossa!!! O Marcelo começou a gozar, o primeiro jato muito forte foi até a minha garganta, e os demais (uns 4 acho) foram enchendo minha boca. Fiquei com a boquinha cheia meu amorzinho...Ele ficou olhando eu brincar com a porra dele e depois engolir tudo bem devagar.”

Nisso eu falei que ela tava inventando uma histária para apimentar nossa foda quando chegássemos em casa. Ela sorriu, acendeu a luz interna do carro e disse: olha aqui as fotos no celular seu puto rsrsrsr... Tinha fotos dela chupando ele, dele passando a mão na sua buceta e, no final, duas fotos da boca dela cheia de porra!!!

Safada a minha mulher!! Se você se enquadra no perfil entre 35 e 45 anos, mora em SP, tem exame de HIV (ela gosta de comer) e gostaria de fazer parte de um grupo que pretendo montar, me escreva: [email protected]



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos de gay Fui dormir na casa do meu cunhadoa primeira vez com homem casadocache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"contos eroticos com cavalosAmigos metem em espoza enquanto corno ve futebol contoscontos enrrabadahistórias eroticas com fotos de chantagemcontos eroticos estrupando idoso no asiloJoão e chupando piru mesmo tempoComtos eroticos amiga curiosacontos eróticos de dupla penetração b*****esposa conta para o marido que ele é corno e que seu amante vai fuder ela na frente do corno e depois vai transformar o corno no maior viado e vai leva sua outra amante pra fuder com a esposacontos eroticos arrombando a gordaduas munhe vai calvaga i da pra a cavalo fude ate goza zoolconto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogrominha mulher quer me fuder o cucomi o a cunhadinha na minha casa sozinhos contoContos eroticos de mesticascontos gay fui comida por um cachorrocontos eroticos de estupros entre primosmeu marido bebeu e convidou meu cunhado pr durmi em casa e mi comeencoxando a minha tia contocontos comi a colega da minha prima a martinha.ontem eu esfregei o pau no cu da minha tia dormindo e certoconto erotico homens castradoscontos eróticos com a menininha em tambabacontos heroticos peitõesviajando com a sogra conto eroticoContos eroticos femininos - amante profissionalContos eróticos picantes pecados na igreja com padrescache:hNEcBAkab0YJ:okinawa-ufa.ru/home.php?pag=127 contos eroticos/virgens estuprada pelo padrinhogotosa pede procara goza dentodelacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos levei rola com meu marido en casapirulito do titio contos inocentemulher acima d 90kg crente contosvideo porno gostozinha de vestido preto sndo fodida com amae do ladaestrepi com baxinha bucetao.comcontos/arranquei as pregas da mae e o cabsco das filhascontos de corno com pedreiros negros hiper dotados e jumentosComo me tornei um corno mansocorno no cinema contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos erotico com o meu avo na fazendaconto herotico engravidem uma branquinhaporno conto maeconto erotico madre superiora popozudacontos de sexo so da u cu cagandocontos eróticosolha como tá duroEu e minha sobrinha de 19 anos de idade no motel conto eroticocontos eroticos eu minha mulher e um travestissubo em cima do teu paucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteRecém casadas traindo em contosconto tia safada no banhocontos eróticos de virgemGay com mulher contoconto sapequei coroa crenteamigo hetero contocontos de incesto maes gostosa na piscinaconto porno mulher adora novinhocontos eroticos descobri que era gay e não sabia parte5contos mulher da na frente dos filhosDelirando na pica do irmão contosarrombada pelo negão contocontos abusadas em grupopolicial feminina contos eroticosjanaina vem senta na picadando contoscontos eróticos de pai fudendo filha no carroconto eroticos acampando em familiaprimos q pegaram primas pela cinturacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico facilitei para fuderem minha mulhercontos eróticos virei marido da minha irmãcontos meu comedor de cuaproveitam da inocência da mulher b******* na academia conto eróticorelato erotico calcinha fio dental da madrinhaContos vovô pegando peitinho da netacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crente